17 de junho

1094: – Rodrigo Díaz de Vivar, o famoso Cid Campeador, conquista Valência.

1429: – Batalha de Beaugency, a terceira vitória de Santa Joana d’Arc em sua campanha para libertar o Vale do Loire no verão desse ano.

1665: – Os espanhóis são derrotados pelas forças portuguesas na Batalha de Villaviciosa, que se enquadra dentro da Guerra de Restauração portuguesa.

1789: – Paris a caminho da Revolução: Juramento da Sala do Jogo da Pela, pelo Terceiro Estado, resultante dos Estados Gerais, que se proclama a si mesmo Assembléia Nacional, e se compromete a não abandonar o local até à elaboração da Constituição, e convida a todos a unir-se a si.

1793: – Pio VI condena a falsa concepção da igualdade e liberdade da Revolução Francesa (leia a nota.

1839: – No reino do Hawai, Kamehameha III concede a liberdade aos católicos para trabalharem nas ilhas.

1856: – Primeira Convenção do Partido Republicano dos Estados Unidos, em Filadélfia.

1885: – Chega a Nova Iorque a Estátua da Liberdade, oferecida pela França para comemorar os 100 anos da Independência dos Estados Unidos (1776-1886).

1911: – Em Londres, manifestam-se 50 mil sufragistas.

1936: – Hitler nomeia Henrich Himmler chefe da Polícia do Reich.

1939: – Último guilhotinado em público na França. Eugênio Weidmann é executado em Versalhes.

1940: – Durante a II Guerra Mundial, o navio RMS Lancastria é afundado pela Luftwaffe alemã perto de Saint-Nazaire. Morrem 3 mil pessoas.

– As três repúblicas bálticas caem sob a ocupação soviética.
– O General De Gaulle funda, em Londres, o Comitê Nacional da França Livre, para coordenação da resitência à ocupação nazista na França.

1953: – Sublevação na Alemanha comunista. Uma revolta obreira em Berlim Oriental exigindo maiores salários, mais liberdade pessoal, e a reunificação das Alemanhas é esmagada violentamente pelo Exército Vermelho com tanques.

1963: – Nos Estados Unidos se declara inconstitucional o rezar-se nas escolas.

1966: – A CNBB tenta acautelar os católicos contra a TFP, quando esta está em campanha contra o divórcio.

1967: – A China anuncia o êxito de suas provas com armas termonucleares.

1972: – São presos cinco homens funcionários da Casa Branca são detidos após arrombarem os escritórios do comitê do Partido Democrata a fim de fazerem escutas ilegais de membros da oposição. É o primeiro passo no Caso Watergate, que culminará com a demissão de Richard Nixon, em 1974.

1987: – É lançada à água, nos estaleiros de Vila do Conde, a réplica da caravela com que Bartolomeu Dias passou o Cabo das Tormentas,500 anos antes.

1991: – O Parlamento da África do Sul suprime o “apartheid”, vigente desde 1950, e derroga a lei sobre classificação racial da população.

1992: – Os presidentes Bush e Boris Yeltsin assinam históricos acordos sobre aredução dos arsenais nucleares de seus países, e de Cooperação e Amizade entre ambas nações.

1992: – É atribuído o prêmio da Associação Portuguesa de Escritores ao romance do comunista José Saramago, “Evangelho Segundo Jesus Cristo”.

1999:– Morre o ex-governador de São Paulo André Franco Montoro, fundador do PDC e adversário assanhado da TFP.

2001: – O pretendente ao trono da Bulgária Simeão II, depois de um exílio de 50 anos na Espanha, vence as eleições legislativas, assumindo a liderança da República.

2007: – O partido de direita UMP, do presidente francês Nicolas Sarkozy, vence o segundo turno das eleições legislativas, com maioria absoluta.

2011: – O Governo do Marrocos, presidido pelo rei Mohamed VI, aprova uma nova Constituição que pretente avançar na separação dos poderes. Em 1º. de julho é ratificada em referendo.

2014: – Míssil que derrubou o avião  do vôo MH17 da Malasya Airlines era controlado pelas forças russas de Putin. Foram assassinadas 298 pessoas que iam a bordo. É o segundo desastre aéreo desta companhia em menos de três meses.

Deixe um comentário!