18 DE DEZEMBRO

Hans Kung. Ele foi nomeado por João XXIII perito do Concílio Vaticano II, junto com outros prestigiosos teólogos como Karl Rahner, Yves M. Congar, Bernhard Häring, Henri de Lubac, Gérald Philips, Joseph Ratzinger, etc. Hoje sofremos as graves consequências da aplicação do Concílio Vaticano II.

1941: – O governo brasileiro proclama a sua neutralidade absoluta no conflito entre Japão, Inglaterra e os Estados Unidos, depois de Pearl Harbour.

1961: – Depois de ameaças, começa a invasão da Índia às possessões portuguesas de Goa, Damão e Diu, que estavam em poder de Portugal desde o século XVII.

1970: – Entra em vigor a lei do divórcio na Itália, apesar da oposição da Igreja Católica.

1979: – O Vaticano condena o teólogo suíço Hans Kung, por “desprezo ao magistério da Igreja”, e o priva de sua cátedra universitária.

1983: – A Rádio Moscou sai em defesa da esquerda católica chilena, em polêmica com a TFP.

2012: – A rainha Isabel II de Inglaterra torna-se a primeira figura da monarquia a participar num conselho de ministros do governo britânico desde o século XVIII.

Deixe uma resposta