31 de maio

1232: – Canonização de Santo Antônio de Lisboa ou de Pádua.

1653: – O papa Inocêncio X condena as doutrinas jansenistas, disseminadas sobretudo na França.

1793: – Começa o período do Terror na Revolução Francesa, com a prisão dos deputados girondinos e moderados, que seriam depois guilhotinados.

1820: – Supressão da Inquisição no México.

1889: – Na Pensilvânia, dois dias de copiosa chuva rompem a represa South Fork, morrendo 2209 pessoas.

1906: – Em Madri o rei Alfonso XIII se casa com Vitoria Eugênia de Battemberg. À saída da cerimônia o anarquista Mateus Morral lança uma bomba contra a comitiva que não alcança os reis, mas causa a morte de 30 pessoas.

1912: – A empresa naval White Star aprova e atesta a lista original de passageiros do Titanic, a única que se conserva na atualidade.

1962: – Execução, em Jerusalém, do nazista Adolf Eichmann, antigo chefe das SS, responsável pela deportação de judeus para os campos de extermínio, seqüestrado na Argentina por agentes israelitas.

1963: – João XXIII, agonizante, recebe mensagem do grão rabino de Jerusalém: “Os judeus não se esquecerão de que sois um seu amigo”.

Campanha Espanha Anestesiada

1988: – Lançamento, na Espanha, da campanha do livro “Espanha anestesiada”.

1989: – Em um bar em Tarapoto, no Peru, membros do grupo terrorista MRTA assassinam 8 travestis, por serem “flagelos sociais para corromper a sociedade”.

1995: – Manifesto da TFP colombiana: “Si el Estado no lucha contra el crime narco-guerrillero, se dejará dominar por El”.

2003: – Depois de 26 anos de existência, a Air France põe fim à exploração comercial de seus cinco aviões supersônicos Concorde, com um último vôo para Nova York.

2005: – O antigo diretor do FBI Mark Felt revela ter sido a fonte secreta dos jornalistas do Washington Post, “Garganta Funda”, durante a investigação do caso Watergate.

2009: – O Airbus A330 da Air France em sua viagem entre o Rio de Janeiro e Paris, cai no Oceano Atlântico. Entre as vítimas estava D. Pedro Luís de Orléans e Bragança, príncipe do Brasil, filho de D. Antônio João de Orleans e Bragança, terceiro na linha de sucessão ao trono brasileiro.

Deixe um comentário!