A começar pela China de Xi Jinping a pandemia do vírus de Wuhan, também no Ocidente, carece de transparência.

Quarentena indiscriminada repete os erros da ditadura

A prorrogação da quarentena indiscriminada e socialista repete os erros de uma ditadura revolucionária na medida em que suspende os direitos individuais.

Conforme explica o Prof. Plinio “há circunstâncias que exigem, para a salus populi, uma suspensão provisória de todos os direitos individuais, e o exercício mais amplo do poder público. A ditadura pode, portanto, ser legítima em certos casos.”

“Deve suspender os direitos, não para subverter a Ordem, mas para a proteger. (…) Por definição, esta suspensão deve ser provisória, e deve preparar as circunstâncias para que o mais cedo possível se volte à ordem e à normalidade. (…)

“A intervenção do Poder público nos vários setores da vida nacional deve fazer-se de maneira que, o mais breve possível, cada setor possa viver com a necessária autonomia.”  https://www.pliniocorreadeoliveira.info/RCR_0103_5f_ditadura.htm

https://www.youtube.com/watch?v=uWJ9lKgQsg0

Recente marcha em Berlim contou com a presença de centenas de milhares de pessoas insatisfeitas com a quarentena socialista que se prolonga por meses. A midia, além de subestimar o número de participantes, atribuiu a legitima insatisfação dos alemães a movimentos pró nazismo. Nosso Site já mostrou, pelo contrário, que nazismo e comunismo são verso e reverso da mesma medalha. Também confere.

No mesmo sentido “a ACU, Comissão Extraparlamentar de Inquérito da COVID-19, iniciada na Alemanha, visa reunir o máximo apoio para exigir transparência na gestão da epidemia de COVID-19.”

Heiko Schöning, Dr. Bodo Schiffman e Prof. Martin Haditsch “deixam claro desde o início que o que estão fazendo “é totalmente apartidário”. Suas posições, suas afirmações e suas perguntas são muito claras.”

“Nós, cidadãos, temos de recuperar a nossa soberania e também temos o direito, porque o temos”, pois “nem os parlamentos, nem os partidos da oposição, nem os partidos no poder convocaram uma comissão e ainda não está na fase de planejamento, já é hora de resolvermos o problema por conta própria.”

Um apelo internacional

“Os médicos alemães estão organizando e lançando um apelo internacional para a realização de investigações independentes e o esclarecimento sobre a gestão da epidemia de COVID-19 e suas consequências colaterais para a sociedade. Em particular, eles destacam os perigos das vacinas em desenvolvimento ou a necessidade de usar uma máscara.”

Comissão Extra parlamentar de Inquérito

“Um de seus desejos: sem dogmatismo. “Vamos convidar e ouvir aqui especialistas de todas as esferas da vida, das áreas da medicina, assuntos sociais, direito, economia e muito mais. Todos, mesmo aqueles do lado ‘oposto’, poderão falar e tudo o que eles disserem ‘ficará completamente transparente. Os depoimentos dos especialistas serão transmitidos ao vivo, sem edição, você poderá assisti-los pela internet.”

Vítimas colaterais: não puderam ser operadas devido à pandemia

“Em particular para saber o número de vítimas colaterais do COVID-19, por exemplo, entre pessoas que não puderam ser operadas desde o início deste período caótico. Para descobrir por que tais medidas de privação de liberdade de saúde foram tomadas quando “as taxas de mortalidade não são maiores do que com as fortes ondas de gripe” e que “Não temos a peste! ” Para descobrir por que você não pode visitar seus pais em casas de repouso. E por que “tratamos como mentirosos, charlatães ou teóricos da conspiração” os médicos e cientistas que questionam certas informações oficiais. (Veja nosso vídeo filmado com o Professor Perronne)”

A luta contra medidas de saúde insidiosas

“Os governos precisam tomar decisões e, em emergências, como uma pandemia, também precisam tomar medidas que podem, superficialmente, restringir direitos básicos. Mas eles também são obrigados a revisar constantemente essas medidas e relaxá-las o mais rápido possível, a fim de evitar danos colaterais. “”

***

O princípio adotado é muito claro. A Quarentena indiscriminada e socialista, na medida em que se prolonga, repete os erros da ditadura. Pelo contrário, deve “revisar constantemente essas medidas e relaxá-las o mais rápido possível, a fim de evitar danos colaterais”, assinala o manifesto.

Fonte: https://www.nexus.fr/actualite/news/medecins-allemands-commission-denquete-covid-19/

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta