franciscoI1

Tendo em vista a convocação feita pelo Papa Francisco de um Sínodo sobre a família, para outubro próximo, a Santa Sé elaborou um questionário-sondagem, intitulado Lineamenta, para conhecer a opinião dos fiéis a respeito de problemas referentes ao tema e o enviou aos Bispos do mundo todo para que colhessem sugestões.

Uma reunião sinodal prévia já foi realizada no Vaticano em 2014, provocando as maiores controvérsias entre aqueles Bispos que desejavam manter a doutrina da Igreja, tal qual ela foi ensinada por Nosso Senhor Jesus Cristo, e os que, pelo contrário, em nome de uma pastoral “atualizada”, desejavam facilitar a comunhão para casais vivendo em adultério e tinham opinião favorável ao acolhimento dos que se entregam a práticas homossexuais.

O Centro Cultural Catolico Fe y Razón, associação privada de fieis com sede em Montevideo (Uruguai), elaborou uma resposta às questões levantadas pela Santa Sé, e a publicou em sua revista online Fe y Razón.(1)

Dessa resposta, extraímos alguns pontos que nos pareceram especialmente cogentes para ajudar o leitor a dar-se conta dos graves problemas que se levantam em face do próximo Sínodo. Seguem eles.

*        *        *

“A mudança fundamental que se faz necessária hoje na Igreja Católica nesta matéria [família] é um ajuste total da prática à doutrina. Ora, só pode haver esse ajuste se os fiéis católicos conhecerem a doutrina católica e nela crerem. Mas, como a conhecerão e crerão, se ela é tão pouco ensinada, ao menos em alguns de seus aspectos fundamentais? Nisto os pastores têm uma grande responsabilidade”.

É preciso “denunciar o pecado com uma linguagem clara e com um forte apelo à conversão”.

“A principal causa da crise da família cristã é a crise da fé”.

Há uma “frequente infidelidade à doutrina católica sobre o matrimônio na catequese e na pastoral. Este fato se inscreve dentro da crise do pós-concílio”.

“Durante essa crise, que persiste até hoje, floresceram e se desenvolveram dentro da Igreja muitos erros, heresias e abusos, que afetaram todos os aspectos da vida cristã (doutrina, moral, culto etc.).”

“Certamente os erros mais ruidosos são aqueles referentes a questões de moral sexual ou matrimonial (aceitação da anticoncepção, o aborto, a homossexualidade ativa, o novo ‘casamento’ dos divorciados etc.), mas na realidade eles derivam de erros doutrinários mais básicos e mais graves.”

“A ideologia de ‘gênero’, vinculada ao feminismo radical e a uma espécie de neomarxismo, transfere a dialética da luta de classes para dentro da família.”

Com referência ao matrimônio e à família “conviria que o próximo Sínodo os apresente de modo mais abrangente (incluindo entre outras coisas uma rejeição explicita dos pecados contra a castidade) e que aprofunde a reflexão sobre como promover mais e melhor a castidade dos fiéis cristãos em todas as etapas de sua vida, e portanto também a virgindade das pessoas solteiras.”

“Conferências Episcopais inteiras, Cardeais, Bispos e Sacerdotes saem publicamente a contestar partes fundamentais da doutrina católica, sem que se saiba de nenhuma consequência em nível disciplinar ou canônico.”

*        *        *

Em face dessa situação de grave confusão, o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira, juntamente com diversas outras associações de diferentes partes do mundo, está colhendo assinaturas para uma filial súplica ao Papa Francisco, no sentido de que, no próximo Sínodo, ele intervenha com clareza em defesa da doutrina católica em matéria de família.(2)

423
***
DownloadPDFfilial

(*) OBS: Se preferir o arquivo PDF sem o logotipo do IPCO, clique aqui.

_______________

Notas:
1. http://www.revistafeyrazon.com/
2. http://www.filialsuplica.org

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 

6 COMENTÁRIOS

  1. Na minha opinião Sua Santidade, o Papa Francisco, deveria expressar com clareza a defesa da Doutrina da Fé Católica. Sendo ele o sucessor do trono de São Pedro, Pastor e principal representante da Igreja, deveria erguer bem alto a voz em defesa da Família.
    Os últimos redutos mais ou menos organizados em defesa da família são as Igrejas Cristãs – a Igreja Católica Apostólica Romana e as diferentes denominações Protestantes. Aqui no Brasil alguns líderes protestantes já levantaram a voz e mobilizaram os fiéis com bastante repercussão na mídia; agora nós católicos precisamos mobilizar a opinião pública, que está desmobilizada, como ovelhas sem pastores.

     
  2. É muito importante ver os comentários de irmãos católicos, principalmente todos que amam a Virgem Maria. Obrigado irmãos e irmã, temos que ser fortes e continuarmos com nossa fé viva. Nós nunca vamos permitir que haja mudança no Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Outras igreja que queiram mudar, que mudem, más nós nos manteremos no atual Catecismo da Igreja Católica. Parabéns a vocês.

     
  3. Concordo inteiramente com as palavras de Sra. Solange de Oliveira Pedroso…. Resta-nos cumprir os pedidos de Nossa Senhora de Fátima – Penitência e Oração.

     
  4. Reforçando o que disseram Epaminondas e Solange … a DOUTRINA DA SANTA IGREJA CATÓLICA PERMANECE A MESMA DE DOIS MIL ANOS…é portanto “imutável…imexível”. A pastoral verdadeira nada mais é do que a Aplicação da Doutrina de Sempre; da forma como Nosso Senhor determinou. Ninguém tem autoridade para mudar o que quer que seja. Portanto, leitor católico, NÃO ACEITE NOVIDADES…RESISTA!!!Continuemos com o Catecismo de João Paulo II, ratificado por Bento XVI. Obedeçamos Nossa Senhora da Salette que nos diz:Combatei Filhos da Luz, Pequeno Rebanho que VÊ”. Em face da tremenda crise de fé ora reinante DEVEMOS SER LUZEIROS para os que nos circundam, compartilhando o que aprendemos dos legítimos Santos Padres até Bento XVI.Sigamos pela Porta Estreita e chegaremos ao Céu. O inimigo peleja contra a Verdade, contra a Igreja….mas Nossa Senhora garantiu:POR FIM O MEU IMACULADO CORAÇÃO TRIUNFARÁ! Frequentemos os Santos Sacramentos da maneira mais intensa possível. Sigamos rezando o Terço ou o Rosário todos os dias. É a arma do Católico a todo instante. Nas mãos ou no bolso esteja sempre conosco o QUERIDO ROSÁRIO!

     
  5. Achei corretíssima a reflexão desses irmãos. está na hora e já passou, da igreja tomar as rédeas, ou seja deixar de ser laxista,pois nisto não sentimos misericórdia, mas sim um medo de perder “clientes”….nossos bispos e sacerdotes em sua maioria,já não pregam pra valer nossa doutrina, não denunciam o pecado e alguns nem anunciam a Jesus de forma convícta,estamos indo à igreja, porque temos conciencia da presença do senhor,mas muitos estão indo para outro lado, devido a falta de acolhida dos sacerdotes, e dos caciques de sacristia…. que infelizmente não conhecem o amor,e portanto fazem de seus carguinhos um trampolim para satisfazer o ego,maltratando mesmo que seja com um olhar os fiéis que buscam ajuda…sabe, as vezes falamos de políticos e acabAMOS COMO IGREJA FAZENDO PIOR!NÃO TOMAMOSDECISOES SÉRIAS POR MEDO DE RETALHAÇOES DAQUELES QUEE PODEM COLOCAR EM PÚBLICO NOSSAS FALHAS!!AMO MINHA IGREJA, QUERO VE-LA RESPLANDECER , CHEIA DO ESPÍRITO SANTO…MAS NÃO PERMITEM QUE ELE ATUE REALMENTE…TEMOS MEDO…. MEDO….

     
  6. A Igreja deve continuar pautando sua conduta dentro dos princípios ditados por Nosso Senhor Jesus Cristo através de suas palavras inseridas nos Evangelhos, não se iludindo com filosofias exóticas à fé Cristã, como a pregada por Gramsci.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome