As crescentes sanções que os EUA têm imposto ao PCCh se ampliam agora às empresas que colaboraram na expansão militar, criando ilhas artificiais bélicas, no Mar da China.

Ilhas artificiais militarizadas internacionalmente contestadas

“O governo dos Estados Unidos impôs sanções a dezenas de empresas chinesas por ajudarem Pequim a avançar em suas reivindicações territoriais no Mar da China Meridional – a primeira ação punitiva desse tipo nas águas disputadas e que quase certamente aumentará as tensões entre os países.”

Ilhas artificiais militarizadas condenadas internacionalmente

“Em um comunicado na quarta-feira, o Departamento de Comércio dos EUA disse que as 24 empresas estatais – incluindo várias subsidiárias da China Communications Construction Company (CCCC) – desempenharam um “papel em ajudar os militares chineses a construir e militarizar as ilhas artificiais condenadas internacionalmente em o Mar da China Meridional “e” deve ser responsabilizado. ”

O anúncio inclui também restrições de visto.

Alguns fatores de tensão

E há outros fatores de tensão entre EUA e a ditadura chinesa:
— pela repressão de Pequim às minorias muçulmanas na região de Xinjiang,

— A Nova Lei de Segurança Nacional, aumentando o controle sobre Hong Kong

— e as preocupações com a segurança nacional americana como roubo de propriedade intelectual, suborno de cientistas.

O fechamento do consulado chinês em Houston — um centro de espionagem de alta tecnologia — também outro sinal de que a reação anticomunista cresce nos EUA.

***

Não se trata de xenofobia. Queremos que o povo chinês realize sua missão dentro do Direito Natural, do Direito Internacional. O PCCh não representa o povo chinês, pelo contrário, impõe um controle ditatorial sobre a população, sem eleições diretas e livres.

Quer ter a simpatia do Ocidente? Abra os portões de ferro, permita eleições livres, a propriedade individual, a família. Desde a tomada revolucionária do Poder por Mao (1949) onde estão as eleições?

Fonte: https://edition.cnn.com/2020/08/27/asia/us-sanction-south-china-sea-intl-hnk/index.html

Deixe uma resposta