A reação conservadora tem marcado uma forte presença no Mundo Livre. Nosso site publicou matérias elucidativas sobre o fracasso de sucessivas investidas da esquerda na Terra de Santa Cruz.

Hoje abordamos a guerra fake da China (PCCh) contra o presidente Trump e a favor de Joe Biden. E a longa trajória de Biden, enquanto vice de Obama, em favor do PCCh.

Quais os favores que Biden prestou à China (PCCh)?

Joe Biden, vice de Obama, amigo da China

— “Joe defendeu a entrada da China na Organização Mundial do Comércio (OMC) como uma “nação em desenvolvimento”, o que permitiu à China o acesso aos mercados americanos enquanto protegia os seus próprios. Este desastroso acordo comercial contribuiu para a perda de 60.000 fábricas americanas.

— “Joe permitiu que a China comunista esvaziasse a manufatura americana, enviasse empregos para a China e degolasse milhões de empregos americanos de sustento familiar.

— “Joe isentou as empresas chinesas de listar nas bolsas de valores dos EUA de supervisão, permitindo-lhes continuar a cozinhar seus livros enquanto levantavam trilhões de investidores desavisados ​​dos EUA.”

Joe apóia aborto na China e nos EUA; silencia sobre perseguição

— Em vez de criticar os abusos dos direitos humanos na China, China Joe disse em uma visita à China que entendia a necessidade de uma política brutal do filho único. Ele disse recentemente que apóia o aborto “em qualquer circunstância“. Alguém precisa perguntar a ele se isso inclui o aborto forçado de mulheres da minoria uigur na China.

— Joe disse que “uma China em ascensão é um desenvolvimento incrivelmente positivo” para os EUA, ignorando o fato de que o poder crescente da China se baseia em roubo e opressão: roubo de propriedade intelectual, transferência forçada de tecnologia, manipulação de moeda, dumping abaixo do custo, preços predatórios por empresas estatais ou controladas e o uso generalizado de trabalho escravo.”

— Obama colocou Joe no comando do “Pivô para a Ásia”, que tinha como objetivo conter o contínuo aumento militar da China. Ainda assim, durante o curso do governo Obama-Biden, enquanto a China militarizava o Mar da China Meridional e intimidava seus vizinhos menores, Biden não fez nada.

Prova provada: jornal pró PCCh prefere Biden presidente

“O Global Times, o jornal de propaganda em inglês do PCC, diz “Joe Biden é mais fácil de lidar do que Donald Trump”, depois que ele ganhou a indicação democrata.”

Como se sabe o exército chinês “50 Cent” – centenas de milhares de trolls da Internet que recebem 50 centavos por postagem – está trabalhando horas extras para influenciar os eleitores americanos postando mensagens anti-Trump e pró-Biden usando contas falsas de mídia social.

Uma rede de Spam ou fake news

“Analistas norte-americanos também descobriram uma rede chinesa de disseminação de spam – eles a chamaram de “Spamouflage Dragon – que postou ataques violentos ao presidente Trump no YouTube e em outros lugares.””

“A escala e sofisticação da interferência eleitoral de Pequim é tão grande que faz com que as supostas tentativas anteriores da Rússia pareçam infantis em comparação. E seu objetivo é tão transparente que o diretor do National Counterintelligence and Security Center, William Evanina, disse: “Avaliamos que a China prefere que o presidente Trump – que Pequim considera imprevisível – não ganhe a reeleição”.”

Como observa LifeSiteNews a “avaliação de Evanina está apenas parcialmente correta. A liderança do PCC certamente prefere Biden. Mas eles odeiam Trump não porque o veem como “imprevisível”, mas porque ele provou ser totalmente “previsível”: (…) ele está recalibrando nosso relacionamento com a China em todos os domínios, desde combater o roubo de propriedade intelectual da China até nivelar o jogo no comércio através da imposição de tarifas.”


A notícia conclui afirmando que Biden já provou, durante décadas, ser um bom aliado e defensor da China comunista.

E ainda tem gente “ingênua” no Brasil acreditando na China, em seus acordos “sem viés ideológico” (sic). E a espionagem e roubo intelectual, perguntamos?

Em boa hora o Mundo Livre acordou: China (PCCh) go home. A agenda do PT e do falso Centrão é prestigiar a China e afastar-se dos EUA, pelo menos enquanto os democratas estejam fora do Poder.

https://www.lifesitenews.com/blogs/china-communists-want-biden-to-become-president-because-trump-isnt-letting-them-rip-off-america?utm_source=featured&utm_campaign=standard

Deixe uma resposta