Primeira foto oficial do pequeno príncipe
Primeira foto oficial do pequeno príncipe

O nascimento do filho do príncipe William e da duquesa de Cambridge Kate Middleton desencadeou uma onda de alegria e simpatia no mundo inteiro.

Passado o primeiro momento, a reflexão sobre o acontecimento provoca surpresos e admirados comentários.

“O porvir da dinastia Windsor está garantido”: a manchete não foi de um jornal sério, mas do tabloide “The Sun”, o qual percebeu que seus leitores, inclusive os republicanos, se regozijavam de forma esmagadora com a feliz notícia para a monarquia.

Sociólogos, peritos e comentaristas ‘progressistas’ queimam os neurônios tentando “explicar a enorme popularidade da família real britânica” – comentou o jornal progressista e socialista francês “Le Monde”.

As pesquisas apontam o príncipe William, o feliz pai, como mais popular do que a rainha, cujo índice de aprovação superou 90% durante o Jubileu de Diamante em 2012. Só 17% dos interrogados se disseram abertamente republicanos, mas muitos deles partilhavam a emoção e o entusiasmo pelo bebê real.

A coroa da Inglaterra se mostra mais sólida do que nunca. Entretanto, a mídia parecia ter feito tudo para demoli-la, sobretudo com a exploração do caso da princesa Diana.

Com seus 87 anos, Elizabeth II triunfa, representando a imagem venerável do velho Império que hoje faz parte da história.

Mas também hoje – lacrimeja “Le Monde” – o lobby anti-família real só recruta adeptos no jet-set intelectual e artístico de Londres. A república protestante radical que Cromwell instalou de 1649 a 1660 só deixou a imagem de um ditador envolto em más lembranças.

“Times”, o velho jornal de Londres, escreve que “o soberano é um símbolo do país e ajuda a defini-lo”.

E “Le Monde” conclui que a sobrevivência da dinastia remonta à noite dos tempos, repousa sobre a aprovação de seus súditos, e que “os Windsor compreenderam perfeitamente isso”.

Após redigir seu artigo, o jornalista francês pode perfeitamente ter saído para tomar um delicioso lanche numa cafeteria de Paris. E ali então terá voltado a ouvir os intérminos impropérios faiscantes dos franceses contra o presidente socialista Hollande.

Críticas feitas com a penetração com que em anos anteriores eles vituperavam seus predecessores à testa da République Française.

8 COMENTÁRIOS

  1. juscelino, Meu caro entendo seu posicionamento que em ‘pleno século XXI’ isso mostra que a sociedade evoluiu com tempo e continua evoluindo mas que não necessariamente tem que mudar tudo tão pouco mudar o que dava certo quando você disse que reis esbaldam em dinheiro, isso não é verdade talvez fosse em uma monarquia absoluta mas em uma monarquia parlamentar isso não ocorre. Vamos aos números : Em 2005 o Lula comprou e modificou o AeroLula gastou US$ 56,7 Milhões e em 2012 a Dilma comprou o AeroDilma por nada mais nada menos do que R$ 400 Milhões. Já a Rainha Isabel II do Reino Unido viaja em vôos comercias[claro que na primeira classe] e seu neto o Príncipe Willian recentemente foi fotografado em um voo comercial na classe ECONÔMICA.

    A Monarquia Britânica custa anualmente a quantia de U$ 1,20 a cada um dos seus súditos, o preço de um pão no mercado local. Em seqüência vêm as Monarquias Sueca e Belga – US $0,77 –, a Monarquia Espanhola – US $0,74 –, a Monarquia Japonesa – US $0,41 – e a Monarquia Holandesa – US $0,32. A título de comparação, a Presidência dos Estados Unidos custa ao contribuinte americano quase cinco dólares por ano.

    No total, em 2006, os cofres britânicos desembolsaram £ 37,4 milhões (R$ 138 milhões) para financiar sua Monarquia. Ao mesmo tempo, as propriedades da Coroa, que pertencem à Rainha e são administrados pelo Governo, renderam no ano passado £ 184,8 milhões (R$ 683 milhões) – ou seja, se a Monarquia fosse abolida na Grã-Bretanha, as contas públicas teriam perda automática de R$ 550 milhões.
    Por outro lado, o custo da Presidência da República para o Tesouro Nacional foi avaliado, em 2004, em R$ 2,6 bilhões – a mesma quantia investida em 2006 no Programa Luz Para Todos. Aristide Briand, Primeiro-Ministro francês e maior dirigente do radical-socialismo no começo do século passado, disse certa vez sobre Portugal que era “um país muito pobre para sustentar uma República.”

    IDH 2014 (10 mais bem colocados)
    01.Noruega – Monarquia
    02.Austrália – Monarquia
    03.EUA – República
    04.Holanda – Monarquia
    05.Alemanha – República
    06.Nova Zelândia – Monarquia
    07.Irlanda – República
    08.Suécia – Monarquia
    09.Suíça – República
    10.Japão – Monarquia
    6 Monarquias e apenas 4 repúblicas
    Veja mais em : http://noticias.uol.com.br/infograficos/2013/03/14/brasil-fica-na-85-posicao-no-ranking-mundial-de-idh-veja-resultado-de-todos-os-paises.htm

    Não vou me estender mais apenas dizer que nesse fatores apresentados e em tantos outros, a monarquia ganha de letra da república.

    “Eu acho um equívoco dizer que a Monarquia existe para satisfazer os interesses do Monarca. Não é. Existe para os interesses do povo.”

    Príncipe Phillip, Duque de Edimburgo

    E afinal se até Jesus é monarquista, porque nós não podemos ser?
    Oração do Pai Nosso ensinado por Jesus ‘Pai nosso que estas no céu, santificado seja vosso nome, venha à nós o vosso REINO…’ ele não ensinou ‘Pai nosso que estas no céu, santificado seja vosso nome, venha à nós a vossa REPÚBLICA…’.

    Fonte :
    http://joanisval.com/2013/01/02/monarquias-sao-mais-baratas-que-republicas-fato/
    http://www.istoe.com.br/reportagens/203983_AERODILMA
    http://noticias.terra.com.br/mundo/america-latina/mais-modesto-que-aviao-dos-eua-quotaerolulaquot-tem-suite-de-luxo,fc79fa2aa9aea310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html
    http://noticias.uol.com.br/infograficos/2013/03/14/brasil-fica-na-85-posicao-no-ranking-mundial-de-idh-veja-resultado-de-todos-os-paises.htm

  2. Celso Tadeu Sapata Ribeiro,

    Caro Celso Tadeu, em resposta a seu questionamento, informo que sou freguês assíduo do FACEBOOK/OLAVO DE CARVALHO. E tem mais, quase tudo que ele escreve assinaria embaixo se fosse necessário. E te diria que dentro da minha opinião ele precisaria bater mais forte , muito mais nos homens da nossa república. Porque não compactuar com o pessoal lá não quer dizer que tenha uma única posição favorável a nossos dirigentes..nenhuminha mesmo. É questão de opinião a qual deve ser respeitada , senão estaremos jogando no facismo no time deles. Né gugu..

  3. Gustavo Francisco Bueno,

    Caro gugu, não leio nada do que citou, mas de acordo com meu intelecto você não passa de um tupiniquim bobão que tem queda para ser vassalo de um bando de come e dorme.
    Ao outro colega aí que me replicou , vou te falar um negócio acho que é do mesmo naipe os homens da nossa republica com a diferença que estes ainda fazem por interesses próprios alguma coisa. A realeza do gugu só come e dorme e pelo jeito ele adora esse tipo de amenidades.
    Gugu seja vassalo e compactue com as sandices que queira velho, mesmo que essas estejam lá do outro lado atlântico onde você na sua síndrome de colonizado vê com os olhos e lambe com testa.
    Até mais e fique com sua posição e eu fico com minha.

  4. juscelino,

    Juscelino você está lendo matérias erradas para teu grande intelecto olha você deveria fazer uma subscrição dos jornais Pravda (em russo) ou se preferir Gramma em espanhol tem também em mandarim os de dialética maoísta, ou seja você tem muitas escolhas que acho são muito boas para ti.

  5. Com todo respeito, eu sigo e leio os email-s do IPCO e as maioría das suas posições vem de encontro a meu pensamento, mas pelo que entendí desse , estão defendendo esse estrovenga chamada Monarquia INglesa?. Espero que tenha entendido mal. É inadimissivel que em pleno século XXI ainda tenhamos seres amebióticos que ainda se esbaldam em dinheiro público e se intulam , reis, rainhas, principes, duques.. EXTREMAMENTE RIDÍCULO, e abestalhado. É o tipo de coisa que para o bem dos plebeus deveria ser sumariamente extirpado, só existir nos livros de história. Esses contos da carochinha em tempos presentes são hilários.
    Não esqueçamos que em nome da rainha muitos povos foram saqueados e mortos.

  6. Os detratores da monarquia Inglesa no passado, fizeram uma tentativa de abalar o prestígio da Instituição. Como a troca da Guarda da Rainha atraia muitos turistas,cuja receita dava argumentos para a defesa da continuação do regime, tentaram desqualificar aquela cerimônia com seguinte manobra:
    Havia uma troca da guarda real as 00.00 horas, numa noite extremamente fria, em meio a um intenso nevoeiro, com presença de público zero, equipados com câmeras de filmagens estrategicamente colocadas, as escondidas,os adversários do regime esperavam filmar uma “transmissão de cargo” totalmente displicente, ou um simulacro de cerimônia, para a surpresa dos autores da ideia, a cerimônia transcorreu observando todas os detalhes do ritual, sem um erro, sem nenhum deslize. Não tiveram o devido cuidado com o material produzido, que acabou caindo nas mãos dos adversários, passando a ser usado como propaganda a favor da monarquia.
    O feitiço virou contra o feiticeiro!!!

  7. A MONARQUIA representa nosso passado político, social e econômico, e
    as pessoas, (ao menos as que se dão a conhecer HISTÓRIA), pesquisam e
    comparam o ontem com o hoje. Nós brasileiros, tivemos em nossas terras a COROA PORTUGUESA,e ela trouxe para nossa nação produtos agrícolas,animais de criação, fundou escolas e instituições CRISTÃS, graças a Pedro II, tivemos em nossa cultura a introdução do gás, da luz, do transporte coletivo, (o bonde, o trem, por ex.),entre outras tecnologias da época. Vinda a REPÚBLICA, (sem um tiro sequer),o novo
    regime sócio-político-econômico, trouxe-nos a implantação da indústria do comércio, as origens do agro-negócio, porém, trouxe também outras ideologias de cunho ateu, o comunismo, por ex., e esse fato se dá ao conchavo do ainda endeusado Getúlio, (no meu modesto entender UMA BESTA), e Jorge Amado, um comunista de “M” e de carteirinha. Ora!!! As pessoas analisam a HISTÓRIA e comparam o passado com o presente, assim sendo, torna-se claro que no passado houve progressos, MAS, todos participaram/trabalharam, fizeram por merecer… Hoje, alguns poucos se dedicam em uma atividade visando progresso, prosperidade paz, harmonia, saúde, educação, etc.; INFELIZMENTE alguns milhões preferem as “bolsas da miséria” distribuídas pelo (des)governo central; futebol,cachaça, novelas e carnaval. Sem sombra de dúvida, o passado deixou saudade, muita saudade, tanto no que se refere a MONARQUIA, quanto ao passado mais recente da nossa HISTÓRIA, com os governos dos GENERAIS.
    SEMPRE LEMBRANDO QUE COMUNISMO E MISÉRIA ANDAM DE MÃOS DADAS COM O ATRASO, (SOCIAL/CIENTÍFICO/TECNOLÓGICO/EDUCACIONAL/ASSISTENCIAL/ETC.)
    E QUE, AINDA HÁ AVE RARA QUE NÃO VOA,
    PAZ E BEM À TODOS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome