Em tempo: Em dois cliques, envie seu protesto contra a Ideologia de Gênero aos vereadores de São Paulo

CCJ-PLANO-MUNICIPAL-DE-EDUCACAO-10-06-2015-FRANCA-03218-300ABRE

Na manhã de do dia 10 de junho último, católicos de todas as regiões de São Paulo e de algumas partes do Brasil saíram de seus lares para defender os princípios morais da Lei Divina na câmara de vereadores, dedicada à São José de Anchieta, padroeiro e fundador da capital paulista.

Em todos os aspectos, a diferença entre os defensores da Lei Divina, da família, e da civilização Cristã e os agitadores sociais era gritante. No plenário, felizmente, os agitadores, militantes da Ideologia de Gênero, estavam em menor número. Em sentido oposto, era predominante os católicos, ostentando crucifixos e cartazes.

Tais agitadores, entre eles alguns militantes homossexuais e feministas, sem fundamento algum, gritavam slogans ofensivos contra os princípios cristãos da família. Nos discursos dos vereadores contrários a tal Ideologia de Gênero, ao magote de agitadores não restava nada senão tentar interromper berrando seus slogans falaciosos típicos “fascista!, transfóbico (sic!)” e outros.

O único vereador que votou favorável à teoria de gênero, foi o próprio relator, Paulo Fiorilo (PT), de vida política iniciada nas Comunidades Eclesiais de Base (CEB’s) e ex-chefe de gabinete da ex-prefeita Marta Suplicy.

Depois de uma votação massacrante de 7 votos dos parlamentares para a retirada da Ideologia de Gênero contra apenas 1, já não adiantava mais os berros, calúnias, xingamentos e slogans repetidos dos inimigos da lei Divina. Vence a causa cristã.

A honra da Sagrada Cruz, fixada no alto do plenário, venceu mais uma vez e a maioria católica presente comemorava ostentando seus rosários. Para desagrado dos ativistas da Ideologia de Gênero  – ditos defensores do povo – só restava gritar de ódio contra o mesmo povo que agora derrotava sua teoria neo-pagã… a Ideologia de Gênero.

Saiba como fazer sua parte!

Clique aqui e junte-se a nós nesta luta em defesa da família! Você receberá alertas sobre as datas e situação dos projetos em tramitação que visam destruir a família!

Envie este artigo para seus amigos e familiares e nos ajude nesta luta em defesa da família! Quanto mais pessoas souberem do fato, mais dificilmente eles conseguirão aplicar este tipo de leis! A força deles está em agir na surdina!

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 

47 COMENTÁRIOS

  1. Essa gente não tem mais o que fazer, vão trabalhar seus estúpidos da ideologia de gênero e deixem as crianças em paz deixem que elas tenham esse tipo de aula em casa com seus pais existem homem e mulher o que passar disso é problema de cada um Não das crianças deixem elas estudarem em paz…

     
  2. este site esta pregando a discordia entre a comunidade lgbt, deve ser denunciado ao ministerio publico, é o que farei, seus idealizadores devem responder legalmente. quem nao teve filhos com esse tipo de problemas nao tem o direito de prejudicar quem vive esse drama, cadeia nessa corja.

     
  3. Caríssimos irmãos de fé do IPCO, se for possível solicito permissão para expor um link complementar no sentido de contribuir para esclarecer um pouco mais todos os aqui presentes, e que os mesmos possam conhecer em detalhes as propostas da política de gênero. É mportante informar que o fórum em questão é fiel ao Sagrado Magistério da Igreja Católica Apostólica Romana.

    Graça e Paz dos irmão beneditino ao integrantes do IPCO.

    http://www.veritatis.com.br/doutrina/documentos-da-igreja/6616-a-ideologia-do-genero-seus-perigos-e-alcances

     
    • Que triste prazer em destilar odio contra pessoas ja tao massacradas
      A igreja esta cheia de gays que se acovardam e vivem se enganando
      Hipocresia e mentira podre

       
  4. Os professores que ousarem a impor uma pedagogia própria sobre o assunto aos alunos poderão ser processados pelas famílias, e suporte jurídico a eles em defesa do menor não faltará.

    Não cometam esse erro pois irão pagar com o próprio bolso, é só um aviso! Cumpram a missão de vocês conforme as regras estabelecidas pela sociedade.

     
  5. Talvez vc não saiba,mas esse projeto não quer transformar qq criança ou adulto em nada. Só fará com q aprendam a respeitar todos os tipos de pessoas,inclusive e principalmente as mulheres q sofrem com a desigualdade de gênero exatamente por ser mulher e ser inferiorizada na sociedade. Todas as mulheres já deixaram de fazer algo por medo. Sou professora e sei o q estou dizendo. É dentro deste ambiente q deveriam os proteger q ocorrem os maiores bullings de suas vidas.

     
  6. Karla,

    Talvez vc não saiba, mas é isso mesmo, querem tornar as crianças libertinas sim. Não defenda o que vc não conhece. A Igreja Católica e os protestantes se uniram para defender os direitos da família. Procure pesquisar e se inteirar mais a respeito. Suas filhas podem correr risco sim. E se vc fosse professora, estaria sim preocupada. Aliás, os professores cristãos, estão presentes em massa nessa luta.

    Há muito material na internet e o próprio Papa Francisco também tem se pronunciado a respeito e contra a ideologia de gênero. Ideologia são idéias, ideias, vc sabe, não tem limites, elas são como pragas, quando se desviam da realidade, quando são usadas para acabar com a família e a pureza das crianças.

     
  7. Agora se for derrotado novamente, teremos de fazer nossa parte, em caso de detectados qualquer ensino nesse sentido nas escolas sua nossos filhos, teremos de ter a coragem da denúncia, que o Senhor Jesus nos ajude,e Maria interceda pdr nós.

     
  8. eurico f barbosa,

    Parabéns Vereador. Com certeza você é um defensor dos princípios republicanos, democráticos e da família brasileira. Não moro no Paraná, mas não pude deixar de parabenizá-lo por sua postura corajosa e coerente.

     
  9. Parabéns aos Vereadores de São Paulo. As famílias do Brasil estão orgulhosas. Parabéns ao Instituto Plínio Correa, que faz um trabalho abençoado e primoroso. Na escola particular em que minha filha estuda não tem nem sombra desta falsa Teoria de Gênero. No dia que chegar qualquer material de educação sexual, FAREMOS UMA GRANDE FOGUEIRA COM O MATERIAL, no meio rua, em frente à escola. A Direção sequer se atreverá. Vamos continuar na luta gente, e arrancar esta esquerda nefasta do poder. Os democratas e liberais e cristãos estão retomando os espaços. Coragem e avante.

     
  10. Karla,

    Mas que idade tem suas filhas?Certamente não 3 ou 4 anos de idade,quando não sabem ainda defender a ideia que os pais lhes passam,quanto a sexo.E pelo visto,voce não leu ou não entendeu essa maldita lei. Crianças dessa idade terão ensino de que não nascem meninos ou meninas.E voce deve saber o quanto pesa para as crianças,a primeira professora. Na questão de ensino,dirão aos pais que não foi isso que a professora ensinou,e até acreditarão mais nela que nos pais. Quanto mais,como vem em livros do MEC,que não contem aos pais sobre oque aprendem em aulas de sexologia,porque eles não entenderiam. Ou voce nunca viu no Youtube,livros que foram mostrados e impedidos de serem usados com esses dizeres?No caso da aprovação,claro que os utilizariam! Pense nos filhos de pais que além de menores do que os teus,ainda não tem tempo de ensinar as suas,que são do sexo que nasceram,pois os pais menos ‘letrados’,não ensinam aos filhos essa parte,antes dos 7 anos +..

     
  11. Eu como católico não tenho o direito de ficar indiferente quando as Leis de Deus são violadas, principalmente quando o poder público que tem a missão de dirigir toda a sociedade para o bem comum, entendido este como sendo o favorecimento da prática da virtude e com isso a salvação das almas. Missão precípua da Igreja, mas deve ser auxiliada pelo poder temporal.

    Não há direito de ensinar o mal e por isto nenhum professor o pode fazer e nem permitir, máxime se é católico, ou deixará de o ser pelo simples fato de que católico é aquele que professa a Fé católica.

    Felizes dos pais que com a boa educação aos filhos os preparam para enfrentar os erros do mundo, as ciladas. Louvados os pais que desarmam as armadilhas que podem fazer cair os filhos de pais não tão bem preparados. Seria uma falta de caridade para com outros pais e filhos permitir que as ciladas possam aprisionar e causar danos.

    Assim, os verdadeiros católicos se preocupam com o bem dos outros também.

     
  12. SOU VEREADOR PELO TERCEIRO MANDATO EM PALOTINA PR, E SOU ASSEMBLEIANO. DEFENSSOR DOS VALORES DA FAMILIA. E FUI AUTOR DE UMA EMENDA AO PROJETO DE LEI QUE APROVOU O PME NA TARDE DE HOJE NA CAMARA MUNICIPAL. A REFERIDA EMENDA TINHA POR BASE PROMOVER, OS PRINCIPIOS, E RESPEITO A FAMILIA.E ERRADICAR DE TODAS AS FORMAS, A BANALIZAÇÃO DOS PRINCIPIOS DA FAMILIA. E QUE FOSSE DADO ENFASE AS NOMENCLATURAS PAI, MÃE, MENINO E MENINA. QUE FOI APROVADO POR UNANIMIDADE. GRAÇAS A DEUS.

     
  13. Sou católica, mas se há famílias que não conseguem educar, as escolas infelizmente terão a tarefa de esclarecer dúvidas sobre sexualidade.

    Sinto informar, vivemos em um estado laico. Isso quer dizer que se eu, católica, fosse professora e em minha sala de aula tivessem alunos homossexuais, transgêneros, etc..eu não poderia impedí-los do direito à educação. Só vou poder cobrar o respeito com os semelhantes do mesmo modo que cobraria dos que são heterossexuais.

    Do jeito que colocaram a matéria, parece que querem ensinar na escola as crianças a serem libertinas, a transgredir o gênero em que nasceram. Não é nem nunca será função da escola, minhas filhas frequentam escola pública e estão muito bem obrigada, continuam católicas apesar das influências a que são submetidas. Sabem muito bem o que querem e como se portar. E não é um livro com uma história sobre uma menina que joga futebol que vai fazer minhas filhas serem lésbicas.

     
  14. Luca, e por quê os milhões de homossexuais que lotam a Av Paulista na parada gay, ao invés de fazerem obscenidades em plena luz do dia, em local público (o que é atentado violento ao pudor!), não protestam contra a corrupção no país.
    Esqueçamos que o objeto que aquele rapaz introduziu no ânus era um crucifixo. É isso que vocês defendem? Isso é liberdade de expressão? Ou é normal pra vocês que qualquer pessoa que seja, protagonize cenas como essa em locais públicos, por onde transitam mães (talvez até a sua!), pais, crianças? Concordo que todos merecem respeito, sem exceção. Mas aprendi desde cedo, que temos que fazer por merecê-lo. Abraço.

     
  15. Como Presidente da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia e Formação Profissional da Câmara de Vereadores da cidade de Niterói – Estado do Rio de Janeiro parabenizo os colegas paulistas e, aguardo recebimento de mais informes sobre o assunto.

     
  16. JOSÉ PLÍNIO DE OLIVEIRA, o IPCO já divulgou uma carta para ser encaminhada aos diversos vereadores(as) do País para que eles rejeitem no Plano Municipal de Educação a implantação da Ideologia de Gênero. Segue abaixo a carta para que todos nós brasileiros possamos usar e encaminhar aos vereadores(as) o mais urgente possível. Na carta, o que está em negrito é para que você modifique se se trata de vereador ou vereadora. A carta é esta:
    Repúdio à Ideologia de Gênero no PME
    Prezado Sr. Vereador,
    Venho, por meio desta, manifestar meu firme protesto contra a inclusão da Ideologia de Gênero no Plano Municipal de Educação (PME). Tal ideologia foi rejeitada no texto final do Plano Nacional de Educação (PNE), em abril de 2014 no Congresso Nacional, mas foi inexplicavelmente incluída, de modo sorrateiro, nos programas dos quase 6.000 municípios brasileiros.
    Não só vemos o descompasso disto que se propõe em nosso município com a decisão do Congresso Nacional, mas também o desacordo com a própria natureza humana criada por Deus, que fez homem e mulher. Não existe assexualidade física nem psicológica, Sr. Vereador, como propugnam os idealizadores da nefasta teoria de gênero. E não queremos que esse absurdo seja ensinado a nossos filhos, os quais confiamos (mesmo por que é obrigatório…) às instituições públicas de ensino para a instrução básica.
    Nossos filhos são vítimas de uma revolução sexual promovida por uma aliança de poderosas organizações, forças políticas e meios de comunicação, a qual atenta contra a própria existência da família como célula básica da sociedade.
    Já sofremos uma imposição implacável de costumes imorais, contrários à lei natural e divina, e não queremos que nossas escolas sejam mais um adversário da instituição familiar.
    Rejeitamos o ensino da Ideologia de Gênero, a qual muitos PME querem implantar na cabeça de nossos filhos desde a mais tenra infância.
    Sr. Vereador, pedimos instantemente que verifique se no PME de nossa cidade estão contidos termos como: “gênero”, “identidade de gênero”, “transsexualidade”, “diversidade sexual” e mesmo educação sexual, a qual é reservada à família e não à escola.
    Se tais termos estiverem no PME, pedimos que rejeite o texto e exija a EXCLUSÃO dos mesmos. O atendimento a esse nosso justo pedido, servirá de critério favorável para nossa escolha nas próximas eleições.
    A família brasileira agradece a atenção e espera sua colaboração nessa luta desproporcional para nós, pais e mães, cujo tempo é tão escasso, e por isso não podemos acompanhar pessoalmente as votações. E vemos com muito temor o aparecimento de claques de agitadores que se fazem passar pela “voz do povo”, exigindo absurdos como a “Ideologia de Gênero” e similares.
    Aguardamos sua resposta.
    ASSINATURA
    CIDADE/ESTADO

     
  17. E por que os políticos gayzistas não fazem nenhum projeto lei contra a corrupção???? Parece que os homossexuais não comem, bebem, adoecem, se locomovem, pagam contas e etc. Pelos projetos dos políticos gays, a impressão que dá é que gay só vive de sexo e amor.
    Luca,

     
  18. Rosendo,

    Infelizmente ainda temos instituições tão importantes como a Igreja que em vez de porem os olhos onde de fato podem mudar a vida das pessoas, estão colocando onde pode destruir suas vidas, negando-lhes o direito de serem que são. Como se isso fosse um grande bem parte dos cristãos em vez de promoverem a vida, já colocam em prática aquilo que se dizem contra, estão abortando diversas vidas, e fazendo isto propositalmente. Abortar não é um mal, por que querem abortar milhões de brasileiros?

     
  19. Luca,

    procede como o insensato que insulta o sol. Saiba que continuará brilhando, assim como, família só pode ser entre homem e mulher como Deus os fez. Gênero dissociado do sexo homem ou mulher é um absurdo é contrario à natureza. Negar isso é insultar o sol criado pelo mesmo Deus que criou esta ordem.

    Tentar essa manobra de desviar o assunto é infantil. A corrupção é assunto da moral e ética que se aprende na família respeitando a ordem natural estabelecida por Deus, portanto, uma política sem moral é corrupta por definição.

     
  20. Luca,

    Dando opinião onde não é chamado e sobre assunto que não entende né?

    Como vc chegou a conclusão de que o Cristo está preocupado com salvação da política e não está nem aí para a salvação da família.

    Aqui não tem hipócrita, mas com certeza tem um burro.

     
  21. Enquanto isso o Brasil é massacrado pela corrupção…então é muito fácil colocam assuntos polêmicos sem a menor importância (pigrejasa coisa é querer ser anparado pela lei e outra é continuar vivendo como sempre se viveu, com o gênero que lhe convém), e ai as pessoas comemoram uma vitória que na verdade não existe (repito as pessoas vão continuar com sua vida da forma que elas acham que convém).

    Ora meu povo, não seria muito melhor estarem na luta contra corrupção? Que essa sim acaba com a família pela falta de saúde, saneamento básico, educação e tantas outras coisas muito mais importante?

    De boa vocês são uns HIPOCRITAS, o próprio CRISTO teria nojo de vocês por se impotarem com assuntos que nem se quer ferem as igrejas. Lamentável.

     
  22. JOSÉ PLÍNIO DE OLIVEIRA,

    Muito mais que eleitores,somos família, temos como ética respeitar, dialogar e amar nossos filho e semelhantes. Não precisamos de leis para respeitar quem quer que seja. Nossos valores vem do berço e não de um Estado corrupto e ausente de valores morais. Temos princípios éticos e religiosos que norteiam nossas relações familiares e sociais.
    Olha só que maravilha o povo nas tribunas, votando contra, mais esta aberração. Só poderia ser providencia divina e justo neste dia consagrado ao Sagrado coração de Maria e a Santo Antonio.

     
  23. Realmente acredito que tem coisas mais importantes que isso,mas as pessoas são massa de manobra,e se distraem por assuntos que não agregam.Como vão espalhar o evangelho desse jeito,raça de víboras malditas,assim só conseguem afastar as pessoas de Deus,pois confundem o Deus do amor com pessoas cheias de ódio.

     
  24. Poruqe não ao invés de lutar pela familia seja lá oq realmente é sem ser o conjunto de pessoas que se amam não pregamos a paz entre os povos se queremos paz então dêem a paz imaginem se ser católico fosse crime que horrível seria então se não queremos que algo aconteça conosco porque fazer com o próximo afinal o grande mestre Jesus pregava o amor acima de tudo independente da origem sexo ou religião foi ele que acolheu Maria Madalena vamos acolher e não reprender

     
  25. Graças a Deus vencemos mais uma batalha. Aqui no PR alguns municípios também deram a mesma resposta.
    Desejo que SP organizem – se contra a parada GLBT que provou mais uma vez ser uma vergonha para o UF e para o BR.

     
  26. Deus é soberano, supremo, onipresente, onisciente e onipotente, o mundo e todas as coisas pertencem a ELE. As pessoas que negam a palavra Divina serão destruídas, assim como aconteceu com Sodoma e Gomorra. Por fim o Sagrado Coração de Nossa Senhora triunfará!!! Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!!!

     
  27. LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO!
    Vamos vencer todas as batalhas, pois essa guerra terá um fim com o triunfo do Imaculado Coração de Maria. Continuemos com nossas campanhas, o Senhor Deus não ouvirá os gritos de ódios e as calúnias proferidas pelos ativistas defensores da ideologia de gênero e sim ouvirá sempre as nossas preces em favor da moral, da vida cristã e o bem da família.

     
  28. Que pena que alguns setores da Igreja, apoiaram ou apoiam alguns partidos de esquerda ou outros, totalmente contrários aos princípios cristãos. Foi um tiro no pé! Caiu a máscara dos falsos cristãos.

     
  29. LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO!
    Resta-nos saber agora como as câmaras dos municípios miseráveis do sertão do Estado da Bahia vão se comportar perante essa imposição macabra da chamada Ideologia de Gênero. Preocupa muito porque as escolas municipais deste imenso interior da Bahia nem sequer conseguem alfabetizar dignamente os meninos e as meninas que as frequentam. Também tamos problemas com alunos violentos, alcoólatras e dependentes de outras substâncias químicas. Temos docentes acuados, ameaçados por discentes, com medo de serem agredidos e mortos, deprimidos e impedidos de exercer o magistério como convém. Se a nossa educação pública não consegue oferecer instrução elementar ao público discente, como será possível ensinar Ideologia de Gênero, LGTB e etc.? O que poderá ocorrer será o incentivo ao ódio ao homossexual, à homofobia e ao extermínio de homossexuais. É imprescindível levar em consideração as realidades culturais, humanas e sociais das nossas regiões abandonadas e postergadas ao flagelo deplorável.

    JOSÉ PLÍNIO DE OLIVEIRA
    (Serrinha-Bahia)

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome