Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

Igreja de Sankt Jacobus 01, Utrecht, Holanda
Igreja de Sankt Jacobus em Utrecht, Holanda, já virou residência

Entre 600 e 700 igrejas católicas serão dessacralizadas e entregues a uso profano nos próximos cinco anos, informou o jornal oficioso vaticanoL’Osservatore Romano, citado por CWN. 

O jornal vaticano citou estatísticas da “Future for Religious Heritage”, associação dedicada a preservar os prédios religiosos. Entre 400 e 500 locais de reunião protestantes também serão desafetados até 2018.

A Holanda conta com 1.267 igrejas paroquiais católicas, só ficam 2.804 padres e apenas 179 seminaristas, segundo as estatísticas Vaticanas.

Na Holanda fecham duas igrejas por semana, segundo a agência Reuters. Um dos problemas menores – mas quão importante – é o destino das obras de arte sacras.

Em sentido contrário, congregações tradicionais andam à procura desses objetos religiosos tão simbólicos e necessários para o culto, acrescenta Reuters.

Esta observação faz sentir que o fechamento das igrejas está ligado à modernização promovida nas últimas décadas em nome do “espírito do Vaticano II”.

Objetos sagrados podem acabar como neste Cafe em Toquio
Objetos sacros podem acabar como neste Café em Tóquio

Esse “espírito” dizimou clero e fiéis, e agora chegou ao ponto – aliás, anunciado como objetivo do progressismo – de liquidar o patrimônio eclesiástico.

Na igreja de Eindhoven, o altar foi enviado para a catedral da República Dominicana, mas o prédio sagrado foi transformado num posto de saúde, bem no gosto do progressismo miserabilista e anti-tradicional.

Ouras igrejas católicas viraram livrarias ou teatros, enquanto os objetos religiosos foram repassados para igrejas na Ucrânia.

Essas transferências são as menos chocantes. Segundo Eugene van Deutekom, arquivista e historiador diocesano reconheceu que há tantos objetos religiosos sobrando que custa achar igrejas que os aceitem. A solução menos pior seria doá-los a museus.

A frequentação dos católicos à Missa dominical foi a mais alta da Europa antes do Vaticano II, mais de 90%, disse o Pe. Jan Stuyt de Nijmegen.

Igreja transformada em residência, Northumberland, Inglaterra
Também na Inglaterra:
igreja transformada em moradia, Northumberland

“Agora estamos abaixo do nível da Franca”, com uma frequentação inferior a 10% dos fiéis. A igreja modernizada não atraiu ninguém e repeliu a maioria.
Entre 1970 e 2008, já foram demolias 205 igrejas católicas holandesas, enquanto outras 148 foram convertidas em lojas, centros de saúde, restaurantes, apartamentos ou ainda outros usos não explicados.

Marc de Beyer, curador do Museu Catharijnecovent de Utrecht reconheceu que há um super-fornecimento de obras de arte religiosas provenientes das igrejas dessacralizadas: por volta de 150.000 objetos sagrados.

Entrementes, o temido risco de esses objetos sagrados serem usados de formas que tocam na blasfêmia ou escarnio da religião tem se verificado. Alguns bares e discotecas utilizam desrepeitosamente ou com intenções blasfemas.

Sem falar do temor, que muitos dos prédios sejam convertidos em mesquitas.

 

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

19 COMENTÁRIOS

  1. Os adeptos de outras Igrejas costumam dizer que a Virgem Maria teve outros filhos, contradizendo os católicos que afirmam ter ela permanecido sempre virgem.
    Como se firmou, desde o início do Cristianismo, a crença na virgindade permanente de Maria.
    Se Maria, mãe de Jesus, tivesse outros filhos, logicamente, quando Jesus morreu na cruz, ela teria ficado com um dos outros filhos ou com uma das filhas. Mas isto não aconteceu. Jesus a entregou ao apóstolo São João e desde aquele momento o citado apostolo a recebeu em sua casa (Jo 19,26-27). Isto porque ela não tinha outros filhos.
    Também era costume entre os judeus entregar o cadáver do condenado à morte a sua família. Más isto não aconteceu com Jesus porque Ele não tinha irmãos. Quem recebeu o corpo e o sepultou foi um amigo seu de nome José de Arimatéia (Mt 27, 57-60; Mc 15, 43-46; Lc 23, 50-53).
    Donde concluímos que Maria mãe de Jesus permaneceu virgem.
    Também devemos observar que aos pés de Jesus crucificado o apóstolo São João, no seu Evangelho, nomeia entre outras pessoas, Maria mãe de Jesus e a irmã dela Maria mulher de Cléofas (Jo 19,25). Como se explica que duas irmãs tenham o mesmo nome? Isto leva-nos a crer que eram primas, conforme o costume dos povos orientais de considerar os primos como irmãos. Mesmo entre nós existe a figura do primo-irmão.
    Pelos evangelistas Mt 27, 56 e Mc 15, 40 vemos que, além de Maria, mãe de Jesus, citada por São João no capítulo 19, 25, estava junto à cruz Maria mãe de Tiago e José. Certamente a mesma citada por São João como mulher de Cléofas, porque entre as mulheres, além delas só estavam Maria Madalena e Salomé.
    São Mateus 13, 55-56 e São Marcos 6,3 citam como irmãos de Jesus, Tiago, José, Simão, Judas e as irmãs.
    Como vimos acima, Tiago e José são filhos de Maria mulher de Cléofas, e Judas é irmão de Tiago (Lc 6, 16 e Judaa 1,1). Simão é irmão dos outros três. Portanto, não são filhos de São José nem da Virgem Maria. São primos de Jesus, porque são filhos de uma prima de sua mãe. São filhos de Maria, mulher de Cléofas. Na língua hebraica, falada pelos judeus não existe a palavra primo, por isto usam a palavra irmão. O uso da palavra irmão no lugar de primo podemos ver também em 1Cr 23, 22 e como pessoas da mesma fé em Mt 23, 8 e em 1Cor 15, 6.
    No Velho Testamento lemos que Deus, referindo-se a Maria, mãe de Jesus, disse a Satanás, representado pela serpente: “Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a descendência da mulher; esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gn 3,15).
    Quem é inimigo de Nossa Senhora?

  2. Quando o Papa falou ……… quem sou para julgar. Cheguei a aplaudi-lo. Para qualquer pessoa católico ou não, mas com conhecimento da palavra de Deus, deve ter aprendido desde criança que haverá um dia um julgamento. De Deus é claro. Uns vao para o céu, outros para o inferno. O Papa estava se referindo a vida eterna. Quem julga para a eternidade é Deus. O Papa foi muito humilde. Ele quis dizer. Se um homossexual buscar a Deus, se buscar, é claro que Deus vai ouvi-lo. Deus julgará sua vida, seus desafios. Quem busca a Deus reza muito e Deus ouve, ajuda e “julga”. O ato de julgar as coisas do mundo conforme as leis cabe aos juízes, mas para a vida eterna é Deus, não a Igreja. A função da Igreja ´´e orientar para levar almas para Deus. Viva o Papa.

  3. Concordo com alguns comentários anteriores, DEUS É O MESMO, ONTEM, HOJE E AMANHÃ ELE NÃO MUDA. Quanto aos comentárioS do Papa sobre homossexualismo e ateísmo, é certo que o comportamento homossexual é proibido na Bíblia Sagrada, e deve ser combatido, e esse combate deve ter início no seio familiar e no exercício da cidadania quando vamos votar, devemos eleger candidatos, que publicamente tenham se declarado contra esse comportamento, que é uma doença, devemos eleger candidatos que façam leis que proíbam programas televisivos ou do tipo que mostre o homossexualismo como uma coisa normal, que coloquem no currículo escolar que tal comportamento é uma doença, e que criem programas públicos de saúde para que as pessoas que desejam se tratar e não tenham condições, tenham acesso ao tratamento. É certo que pessoas com essa doença não podem trabalhar com CRIANÇAS ou exercer profissões onde vão se tornar formadores de opinião. Contudo não é por isso que vamos perseguir tais pessoas (doentes) que tenham comportamento homossexual (espancando, assinando). Que atire a primeira pedra aquele que não tenha nenhum pecado. Quando um Ateu entrar no reino do céu, é difícil contudo não é impossível, NEN TODOS AQUELES DE FALAM SENHOR, SENHOR ENTRARÃO NO REINO DO CÉU. Respeito a opinião dos comentários anteriores, a Bíblia Sagrada diz que DEUS fez o mundo não só nosso planeta em sete dias, e segundo o FILHO DE DEUS, o tempo de DEUS é diferente do nosso. IRMÃOS QUE TEMEM A DEUS, NÃO VAMOS NOS DIVIDIR, POIS ISSO É QUE ESTA ACABANDO COM O CRISTIANISMO, VAMOS SIM PREGAR OS ENSINAMENTOS DE NOSSO MESTRE JESUS QUE SE RESUME EM DOIS MANDAMENTOS: AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E AO PROXIMO COMO A SI MESMO

  4. Cesar Rik,

    Hipocrita – quem adora Maria? Cego quer guiar cego, conheça um pouco mais para falar. TEm gente que le uma frase na biblia e quer ser dono da verdade. Quanto mais se conhece, menos se critica e coloca-se com uma reflexão mais profunda. O cristianismo que está sendo extinto na europa meu caro, não o catolicismo. Lê os dados que o Pastor acima citou. Seria o fato do protestantismo ter nascido de interesse de um rei Henrique XIV que queria possuir todas as mulheres? Mostre na biblia, mostre você na biblia onde estão os irmão de Jesus, nome a nome e quantos esram? Maria “apenas” intercede a Jesus como fez na bodas de canãa, fazei tudo o que Ele vos disser. Não seja convarde e critique a igreja catolica em sites, face ou outra coisa. Leve suas duvidas até um catolico e converse com ele, alias ao invés disso vai levar o evangelho a todos, afinal como disse, não é o catolicismo que está tendo evasão de pessoas, mas o cristianismo porque pessoas como você querem empurrar religião e não o amor ao proximo, curas, milagres e a boa nova. Faça mais e fale menos, afinal vc tem duas orelhonas e uma boca grande para falar muito. Ouça mais e fale menos.

  5. Gostaria de perguntar: O que os senhores dizem das últimas declarações do Papa Francisco?
    “Se um homossexual busca a Deus, quem sou eu para julgar”. Me parece que o líder máximo do catolicismo não lê a Bíblia. Não é para condenar, mas precisa dizer o que a palavra de Deus diz: que homossexualidade é “abominação ao Senhor” (Lv 18.22; 20.13).
    Quando um repórter perguntou se um ATEU pode ser salvo. Ele disse que sim, desde que faça o bem! E a salvação é por obras? O que S. Paulo ensinou, pelo Espírito Santo, não tem mais valor? “Por que pela graça sois salvos; por meio da fé. E isso não vem de vós. Não vem DAS OBRAS, para que ninguém se glorie” (Efésios 2.89). Não vale mais?
    Ele disse, segundo site Mundo História, que Adão e Eva nunca existiram. Com base em que? Se está escrito, na palavra de Deus, é mito, é lenda? Se o capítulo 01 do Gênesis é mito, lenda, o capítulo 02 também? E os demais capítulos do Antigo Testamento? É tudo mito, lenda? Me parece que Sua Santidade apenas segue a linha liberalista progressista, de que “a Bíblia não é a palavra de Deus”. “Apenas a contém”. O mesmo que teólogos liberalistas protestantes afirmam, como Carl Barth e outros. De que Deus não criou o homem. Mas o fez EVOLUIR a partir de uma AMEBA (organismo unicelular), que se transformou em invertebrado, vertebrado, anfíbio, mamífero, MACACO, e….(pum!), POR ACASO, POR ACASO! Se transformou em homem, inteligente, com espírito, alma e corpo; com autodeterminação; com livre-arbítrio. Isso é o que diz DARWIN, o homem que, usado pelo diabo, ajudou a levar milhões de pessoas para o inferno, por negar a existência de Deus. O estrago é incalculável. Teillard de Chardin, pensador católico e outros entendem que A Evolução é verdadeira, mas sob o controle de Deus! Ou seja: A CIÊNCIA TEM MAIS VALOR QUE A BÍBLIAS! Parece que o Papa Francisco, como seus antecessores, entende assim. Deus não é ONIPOTENTE, a ponto de fazer as coisas aparecerem como diz o Gênesis. Nem capaz de combinar as substâncias químicas, pelo SEU PODER SOBRENATURAL e criar o homem. E, do homem, criar a mulher. Nâo. O Gênesis é mito. Darwin está certo. Só tenho a lamentar. Mais almas deixarão de ir para o céu. Com certeza irão para a condenação eterna. Gostaria de ver Sua Santidade abrir a Bíblia, sim, A BÍBLIA CATÓLICA MESMO! E dizer com todas as letras o que o Espírito Santo mandou escrever. O que Jesus disse. QUEM CRÊ SERÁ SALVO. QUEM NÃO CRÊ SERÁ CONDENADO (Mc 16.16). Um ATEU crê? JESUS CRISTO, filho de Deus, nascido da bendita Virgem Maria, disse: “QUEM NÃO CRÊ JÁ ESTÁ CONDENADO, pois não crê no unigênito Filho de Deus…” (João 3.18). UM ATEU NÃO CRÊ. MAS Sua Santidade disse que tal pessoa pode ser salva. Outra afirmação: TODAS AS RELIGIÕES ESTÃO CERTAS, disse o Papa. É isso mesmo? As religiões de feitiçaria estão certas? As bruxas estão certas? O espiritismo, o budismo, o hinduísmo, o xintoísmo, que são reencarnacionistas, estão todos certos? E a devoção a Maria, tão cara aos católicos, é a mesma coisa? Pra que pregar o evangelho? E por que a Inquisição matou tantos bruxos? Sinceramente, se eu fosse católico, estaria com as orelhas ardendo e com o coração em suspense. Minha oração é que Deus ilumine o Papa, para que, com sua boa intenção de reverter o êxodo do catolicismo, não deixe de ser fiel às sagradas escrituras.
    Santos,

  6. Não dê dica a eles não! Vai que eles resolvam se “converter”! Ai como ficará a à Grande Queda da Babilônia? Da Prostituta? Estará contradizendo às Escrituras.

    Se “eles” se converterem, como ficaremos sem o Apocalipse?

    Cesar Rik,

  7. João Paulo dos Santos:
    Culpa do Vaticano II? É, no mínimo, uma imbecilidade, para não dizer uma heresia, dizer isso. O que destruiu as igrejas holandesas foi o descaso do clero em relação ao kerigma, ao evangelho, deixaram as preocupações burocráticas tomarem conta da agenda pastoral, assistiram sentados a “revolução” cultural nas décadas de 60 e 70, sem nem ao menos pensar em uma aproximação com o clero. Os padres, na maioria estrangeiros, não foram capazes de transmitir o anúncio da boa nova sema ajuda dos leigos.

    Sim, o Vaticano II é a maior causa dessa decadência, pois introduziu o espírito do mundo na Igreja, bem ao contrário do que fez Nosso Senhor: “Se fôsseis do mundo o mundo vos amaria. Mas como não sois do mundo, ele vos odeia.”
    O Vaticano II dessacralizou completamente a Igreja. Há poucos dias entrei numa igreja onde há muito estava querendo entrar. Quando a adentrei, fiquei horrorizado, pois mais parecia um templo protestante, ou ainda um plenário da ONU…, pois por fora é muito bonita, mas a modernizaram completamente por dentro.
    Embora houvesse uma estátua sofrível de São Francisco Xavier, padroeiro da cidade, havia outra que talvez pretenda insinuar ser de Nossa Senhora, mas não convence àqueles de nós que somos tradicionalistas,pois é tosca,sem expressão, totalmente modernista…
    O Concílio Vaticano II introduziu a “missa nova”, a qual, segundo um chefe protestante de então, não haveria problema algum em ser celebrada num templo protestante… Essa mesma “missa” se comparada àquela antes rezada, dita Missa de São Pio V, não parece Missa, mas sim um culto protestante, pois suprimiu toda e qualquer reverência, sacralidade, respeito, e introduziu em seu lugar um igualitarismo (entre Deus e o homem e entre a Igreja docente e a Igreja discente) inexistentes no genuíno Ofício Divino e antes do Concílio Vaticano II.
    O Concílio Vaticano II minimizou a devoção aos Santos e sobretudo a Nossa Senhora, com o pretexto de atrair os protestantes.
    Esse Concílio negou a influência ou mesmo o fato do pecado original, adotando a mesma posição dos protestantes, enfim, engulindo todos os erros que estes adotaram com a “reforma” de Lutero.
    Tal Concílio não é outra coisa que a entronização do progressismo, que é a continuação do modernismo condenado por São Pio X no começo do século XX. “O modernismo, disse esse Santo, é uma síntese de todas as heresias.”
    A “Revolução Cultural dos anos 60 e 70” foi engolida com farinha pela maior parte do clero, pois este já estava “preparado” para não se opor a ela. Prova disso é a apostasia de muitos clérigos desde o Concílio Vaticano II, influenciados pelo ateísmo que permeou desde então a Igreja.
    Seria bom que você lêsse o elucidativo e muito bem documentado livro O Concílio Vaticano II, Uma História Nunca Escrita, de Roberto de Mattei, publicado em 2012.

  8. Sou evangélico, pastor protestante. Lamento muito que a Europa, berço de grandes movimentos religiosos, em séculos passados, esteja,hoje, sendo palco da decadência geral do cristianismo. Quase 300 igrejas evan´gelicos fecharam, em Portugal; 340 igrejas fecharam na Alemanha, berço de Lutero; agora, vem essa notícia de que 600 a 700 igrejas católicas vão fechar; e 400 a 500 igrejas protestantes também cerrarão suas portas; sendo todas substituídas por museus, discotecas, prédios públicos, e até Mesquitas! Quem deu começo a isso?: A Reforma Protestante? Só quem não lê a História do cristianismo pode afirmar isso; o que acabou com o cristianismo na Europa foi o descaso que as famílias cristãs tiveram por sua fé; no Iluminismo e na Renascença, os cientistas materialistas “mataram” Deus (mas eles é que foram enterrados). Darwin, usado pelo diabo, afastou das crianças, dos jovens e adolescentes, a ideia de Deus como Criador; e disse que o homem veio de uma ameba. AS gerações foram se sucedendo, sendo afastadas de Deus, pelo materialismo, pelo secularismo e pelo ateísmo. Os crentes em Deus dormiram! Católicos e protestantes deixaram de pregar a simplicidade do evangelho e a centralidade em Cristo. Jovens não criam em Deus, deixaram de ir às igrejas; nestas, só ficaram velhos e doentes. Depois, não puderam pagar a manutenção dos velhos templos, e tiveram que vender ou entregar aos governos. Agora, a Europa é o continente onde o cristianismo está em decadência contínua. O mesmo está acontecendo com os EUA, que vão no mesmo caminho. 40% dos jovens americanos não querem saber de igreja, de Deus, de Bíblia, de fé. Só querem divertimento, causas sociais, meioo ambiente, etc. Só a evangelização intensiva, em cumprimento ao “ide ” de Jesus pode reverter esse quadro de miséria espiritual.

  9. Isto é o poder mão de Deus sobre a Igreja Romana, vcs ficão cultuando e colocando Maria no mesmo patamar de Jesus. A salvação só vem por meio de Jesus Cristo, o unico e verdadeiro Salvedor, está escrito na Bíblia, cultuando estatua e Deus abomina a adoração a estátuas.Aceitem que o unico salvador é Jesus Cristo e assim a igreja Romana poderá sobreviver. O nosso Deus disse que só teremos salvação se aceitarmos o seu filho amado Jesus Cristo como o unico e verdadeiro, não há outro meio de chegar ao Pai.Lembrem-se que Maria teve outros filhos e como pode continuar virgem?me respondam Biblicamente.

  10. Onde está a responsabilidade da Igreja ao permitir que ícones sagrados venham a ser expostos ao sacrilégio? Acredito que, não havendo recursos para o encaminhamento a outros templos ou mesmo a residências católicas interessadas mundo afora, estátuas e outros objetos tradicionalmente utilizados ao culto divino deveriam ser destruídos. Para preservação das dignidades associadas contra o escárnio ignorante.

  11. ACREDITO QUE TENHA SIDO A INFILTRAÇÃO MAÇÕNICA,´COMUNISTA E PROTESTANTE QUE DESVIRTUARAM A IGREJA APÓS O VATICANO II, COMO PRINCIPAL.
    Basta conferir a listagem de dezenas de cardeais tidos como maçons infiltrados no V II e eles teriam favorecido enormemente o mal que se disseminou após ele, estando aí a TL do D Hélder e seguidore não poucos que ajudaram na subida do PT ao poder; o pentecostalismo protestante vulgo RCC do cardeal Leo Suenes, a Missa do cardeal Bugnini e mais não poucos prelados e pessoas ligadas ao Papa Paulo VI em especial.
    Em geral, têm o costume de atribuir tudo ao VII, como se antes o proprio Santo papa Pio X já enfrentasse serios problemas de infiltração da Igreja do modernismo, mesmo do anterior Leão XIII que sentenciou: Os comunistas, socialistas e niilistas são uma peste mortal que como a serpente se introduz por entre a articulações mais íntimas da Igreja, a a coloca num perigo extremo.
    Antes de descer a lenha no VII, seria bom analisar se antes a Igreja vivia num mar de rosas ou se a coisa piorou mesmo foi a partir da Reforma (Rebelião) protestante.
    Vejam o que faz a socialista CNBB em defesa da Igreja tradicional, quando não prestigiando os teelistas e ideologias marxistas, ainda que não ostensivamente, mas caladiiiinha, enquanto os comunistas impõem suas leis satanistas nas barbas da CNBB…

  12. Gostaria de saber quais medidas o Vaticano II tomou para provocar tamanha debandada na Igreja Católica, a gravidade do problema se sente pela análise dos números: 1 267 igrejas e apenas 179 seminaristas, é quase uma sentença de morte para a instituição!
    Para tomar qualquer medida para reverter o processo, é preciso ter o conhecimento da causa do problema, que pode não ser o Vaticano
    II, mas a atração exercida pelas Igrejas evangélicas.

  13. É uma tristeza, as pessoas se afastarem de Deus dessa forma, mas é o mundo e seus atrativos. Poucos querem ouvir Deus. Tomara que a presença de Deus ainda fique nesses locais, pois já que as paredes são sacramentais, e assim as pessoas vão se convertendo.

  14. Até agora estavam expulsando Deus de agir nas escolas, nas universidades, no Congresso Nacional, no Senado, nas repartições públicas, nos Bancos, nas Empresas. Agora já começaram a expulsar Deus de agir até nas igrejas. Depois vão querer expulsá-lo de agir nas pessoas, individualmente.

  15. Culpa do Vaticano II? É, no mínimo, uma imbecilidade, para não dizer uma heresia, dizer isso. O que destruiu as igrejas holandesas foi o descaso do clero em relação ao kerigma, ao evangelho, deixaram as preocupações burocráticas tomarem conta da agenda pastoral, assistiram sentados a “revolução” cultural nas décadas de 60 e 70, sem nem ao menos pensar em uma aproximação com o clero. Os padres, na maioria estrangeiros, não foram capazes de transmitir o anúncio da boa nova sem a ajuda dos leigos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome