Flórida proíbe o passaporte-vacina e protege a liberdade individual

1

Excelente notícia, contra os projetos socialistas de nossos gestores-ditadores da pandemia, nos vem da Flórida: proibido o passaporte-vacina. Também o Texas segue o caminho da liberdade individual contra a tirania.

Há pouco, a Assembleia Legislativa de São Paulo, aprovou a obrigatoriedade do passaporte-vacina inclusive para acesso ao transporte público. Ou seja, ditadura socialista à moda de Xi Jinping, Castro ou Maduro.

O slogan midiático, usado pelo autor do projeto, tão ao gosto da mídia de esquerda, é “saúde pública” que se sobrepõe aos direitos individuais, à liberdade, à privacidade. Isso se chama socialismo, acrescentamos.

Esperamos que o governador João Doria proteja os direitos individuais vetando o projeto. Também a comssião de justiça enquadre essa tentativa na violação dos direitos constitucionais.

Direita e esquerda face ao passaporte-vacina

Fica cada vez mais evidente o posicionamento ideológico que orienta os gestores-ditadores socialistas da pandemia. Prefeitos se julgam no direito de decretar toque de recolher, de segregar produtos em supermercados, de impor lockdowns. A nova fase do sonho socialista é o passaporte-vacina. E assim, de controle em controle, cairemos nos regimes nazistas ou comunistas que nem Hilter ou Stalin conseguiram realizar. Xi Jinping, com as técnicas de reconhecimento facial, subjuga o povo chinês na maior ditadura da História. Quererão os socialistas brasileiros ou americanos seguir os passos do ditador chinês?

Ao contrário, médicos da linha de frente, que estão face a face com os doentes da covid-19, recomendam o tratamento precoce, o único meio de estancar a superlotação em hospitais e evitar mortes … mas os governadores-ditadores e os prefeitos alinhados à esquerda só entedem dos métodos tirânicos empregados pelo socialismo.

Nossos cumprimentos aos prefeitos que ousam enfrentar a midia e colocam à disposição de seus munícipes a assistência médica, o acompanhamento, o tratamento precoce. Enfrentar a onda midiática é entrar no rol dos verdadeiros líderes que despontam nessa pandemia, dos verdadeiros amigos da saúde, do bem estar, da prosperidade nacional.

Incluímos no rol desses líderes a abnegação de médicos da linha de frente que prescrevem o tratamento precoce e o acompanhamento individual do paciente. A História lhes fará justiça.

Flórida proíbe o passaporte-vacina

“A Câmara (Estadual) da Flórida aprovou em 28 de abril um projeto de lei que definiria a ordem executiva do governador Ron DeSantis proibindo os chamados passaportes de vacina, credenciais que poderiam assumir a forma de um aplicativo ou um documento físico que indica se alguém foi vacinado contra o PCCh vírus, que causa a doença COVID-19.”

“Os legisladores votaram 76-40 para aprovar a proibição do passaporte da vacina como parte de um projeto de lei de emergência mais amplo, chamado SB 2006, que inclui disposições sobre a autorização de financiamento de emergência e limitação de pedidos de emergência locais, e ao mesmo tempo buscando “minimizar os efeitos negativos de uma emergência prolongada, ”, Como aqueles associados ao fechamento de escolas e empresas.

Parte da medida impede as agências de emitir passaportes COVID-19 e proíbe as empresas da Flórida de exigir que os clientes mostrem a documentação de que foram vacinados ou se recuperaram do COVID-19.

“Uma entidade empresarial … não pode exigir que os patronos ou clientes forneçam qualquer documentação que certifique a vacinação COVID-19 ou recuperação pós-infecção para obter acesso, entrada ou serviço das operações comerciais neste estado”, afirma o texto, que prevê uma multa de $ 5.000 por violação.

***

Nova York, cujo governo democrata também envolto em graves denúncias nessa pandema, lidera o ranking socialista criando o chamado Excelsior Pass.

“O estado de Nova York lançou neste sábado (27, março) o “Excelsior Pass”, uma espécie de passaporte sanitário que comprova a vacinação contra a Covid-19 ou o último resultado negativo para a doença. É a primeira iniciativa do tipo nos Estados Unidos.” (2)

O governador de NY, Andrew Cuomo, conhecido por suas posições pró aborto, pró agenda lgbt. Aliás, com processos de investigação de sua má gestão na pandemia. Como, seus similares no Brasil …

***

Também o Texas é favorável à liberdade individual, contra o passaporte-vacina.

Cada vez mais os gestores-socialistas da pandemia vão arrancando a máscara e mostrando sua face … em tudo semelhante a Castro, Maduro ou Xi Jinping.

“Saúde pública” é palavra-talismã, envolta em um clima psicológico que só se desenvolve nas crises alimentadas pela midia alarmista. Em nome da “saúde pública” deputados de São Paulo querem nos tirar a liberdade, a privacidade, o direito de decidir … bem à moda socialista.

Fonte: https://www.theepochtimes.com/mkt_breakingnews/texas-bans-covid-19-vaccine-passports_3764045.html

https://www.theepochtimes.com/florida-house-approves-vaccine-passport-ban_3795835.html?utm_source=CCPVirusNewsletter&utm_medium=email&utm_campaign=2021-04-29

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta