Governador do Arizona proibe cirurgias de mudança de sexo para menores e restringe aborto

0

A batalha entre conservadores e progressistas (e esquerdistas) amplia seu campo de ação: aborto, garantia de eleições livres e seguras, cirurgias de mudança de sexo para menores.

Governador restringe aborto e garante integridade eleitoral

PHOENIX (LifeSiteNews) – “O governador do Arizona, Doug Ducey, assinou projetos de lei conservadores na terça-feira

  • proibindo cirurgias de “mudança de sexo” para menores,
  • homens confusos (em gênero) em esportes escolares femininos
  • e quase todos os abortos após 15 semanas de gravidez.
  • Ele também aprovou uma lei exigindo prova de cidadania para votar nas eleições presidenciais.”

Proteção às jovens e mulheres em esportes femininos

A ação de Ducey faz do Arizona um dos 14 estados que restringiram os esportes femininos a mulheres reais nos últimos anos e o terceiro a promulgar legislação protegendo menores de procedimentos perigosos e experimentais de transgêneros.

“Hoje assinei S.B. 1138 e S.B. 1165, legislação para proteger a participação e a justiça para atletas do sexo feminino e para garantir que os indivíduos submetidos a cirurgias irreversíveis de mudança de sexo sejam maiores de idade”, disse Ducey em uma carta na quarta-feira. Ele descreveu as medidas como “bom senso”.

O SB 1138 proíbe procedimentos irreversíveis de “mudança de sexo”, incluindo cirurgias de mutilação genital, histerectomias e mastectomias, para crianças menores de 18 anos. Uma versão anterior também teria restringido os medicamentos hormonais, mas um republicano solitário, o senador estadual Tyler Pace, bloqueou-o no mês passado.

Um perigo para menores de idade

Cirurgias transgêneros são realizadas em crianças menores de idade nos Estados Unidos, embora ativistas LGBT frequentemente afirmem o contrário. Em um estudo de 2018 no JAMA Pediatrics sobre mastectomias ou “reconstrução torácica” para mulheres jovens e com confusão de gênero, 33 das 68 meninas que fizeram as cirurgias disseram que o fizeram antes de completar 18 anos. Duas meninas tinham apenas 13 anos quando fizeram as cirurgias.

Histerectomias e procedimentos cirúrgicos genitais também são realizados nos chamados menores “transgêneros”, de acordo com um relatório compilado pela Child & Parental Rights Campaign. O relatório identificou vários cirurgiões na Carolina do Norte e na Califórnia que fornecem abertamente esses procedimentos a menores.

A decisão protege crianças de decisões irreversíveis

O governador Ducey observou em sua carta que as cirurgias de “mudança de sexo” podem “afetar dramaticamente o resto da vida de um indivíduo, incluindo a capacidade desse indivíduo de se tornar um pai biológico mais tarde na vida”. “Por toda a lei, as crianças são protegidas de tomar decisões irreversíveis, incluindo comprar certos produtos ou participar de atividades que podem ter implicações para a saúde ao longo da vida”, acrescentou.

Protegendo as futuras eleições

A campanha em diversos Estados pela Integridade Eleitoral vai em franca expansão. Vamos proteger as eleições de forma transparente e confiável

***

Vemos, em todos os países, que somente a agenda conservadora protege a vida, as crianças e adolescentes contra a pornografia e operações irreversíveis para mudança de sexo. Também os estados americanos, governados por republicanos, promulgam leis para garantir a integridade eleitoral.

Já sabemos quem está lutando pela Lei Natural, protegendo a vida, protegendo crianças e adolescentes contra a pornografia e contra a agenda lgbt. Vamos apoiar e fazer a nossa parte.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/arizona-gov-signs-bills-banning-trans-surgeries-for-minors-males-in-girls-sports/

Deixe uma resposta