Católicos enfrentam Perseguição Religiosa

Em mais um ato público de fé e resistência ao regime comunista, 5.000 católicos chineses desafiaram a neve, o intenso frio (30ºC abaixo de zero) e a polícia, para dar digna sepultura a Mons. Leo Yao Liang, bispo coadjutor de Xiwanzi.

O bispo anti-comunista passou 30 anos na prisão, por recusar a Associação Patriótica (igreja cismática submissa ao regime marxista).

Desde 2006 a polícia manteve-o seqüestrado por causa do mesmo “crime”.

As autoridades comunistas proibiram que ele fosse tratado como bispo, mas no momento da sepultura os fiéis inseriram clandestinamente as insígnias episcopais no caixão.

A agência AsiaNews, uma das raras fontes que conseguiu furar o bloqueio das informações feito pela ditadura socialista, lamentou que os fiéis não recebessem nenhuma mensagem de condolências do Vaticano, e que o jornal vaticano “L’Osservatore Romano” não publicasse em tempo uma necrologia do heróico mártir.

4 COMENTÁRIOS

  1. CONTINUA . . . porque é transgredir a base natural oficial primeira, modificada pelos de muito t4empo depois achar que deve modificar. A TRADIÇÃO, O BERÇO DE NOSSA ORIGEM JAMAIS DEVERÁ CEDER EM NADA, DEVERÁ SER SEMPRE ETERNAMENTE A MESMA ATÉ O FIM DOS TEMPOS.

    Alguém me cortou no meio do texto, por isto esta emenda.

  2. Roma e seguidores do catolicismo, não querem nem saber de qualquer um ou qualquer coisa, que lhes possa trazer responsabilidade, comprometimento, assumir os católicos da China, “Nem a pau”, eles não querem saber de nada disto, mesmo não, então digo a esta altura – o que é que tem ainda em Roma que preste, se não se importam nadica de nadinha com seus seguidores. Na hora do vamos ver, se escondem, fazem de conta que não sabem de nada, fingem que não viram, ou ouviram, isto eu tenho a certeza de que Deus não está aprovando e por isto mesmo Roma = Católicos – será sim capturada nesta guerra sem fim dos jihadistas, até que consigam detonar as cabeças dos mandantes de Roma Clérico. Eu falo isto porque eu fiz um abaixo assinado a favor de um Bispo na China pelo AVAAZ para libertá-lo da prisão que hoje, já faz mais de 5 anos que isto se deu, e foi quando ele foi celebrado bispo, ele disse que era da Igreja Católica Apostólica Romana, e o que recebeu em troca ? – cadeia
    até hoje, e provavelmente já morreu, porque este abaixo assinado foi uma piada quando eu pedi para muitos católicos de seminários, colégios de freiras, e querem saber, nadinha, nenhum voto destes e até de gente que trilha e posa de católico seguidor de Cristo e outras demonstrações, mas o voto – NÃO – o que vocês acham disto, frieza brutal, sou catolic, mas tenho a certeza de que não por mais muito tempo, da forma como estamos todos agindo, esta bravataria vai aguentar muito tempo, tem que mudar radicalmente, tem que se assumir e assumir o que Cristo nos falou em seus dois mandamentos se não querem saber dos 10 mandamentos da lei de Deus. Da forma como está eu aposto que não vai longe. A desagregação está a passos largos e não tardará o que menos esperamos. Querem apostar pra ver. E eu sei o que estou escrevendo. Não o faria se não fosse verdade.
    E tem mais, tem algumas entidades lá em Roma que não param de pedir, pedir, pedir dinheiro – se não tem como se manter não se atreva a se estabelecer, serve para todos.
    Quando se pensa que são do meio clerical, o são mas convidam para suas palestras, bandidos, traidores de nossa fé cristã, e quem de fato deve estar nestes lugares lhes é escondido até acontecer, depois incitam os participantes a provocar outros do porque de ser ou não ser convidados por estes grupelhos. Isto é mais do que sujo, isto é mancomunismo clerical com seus próprios opositores, traidores, possíveis enfrentadores em futuro próximo, se assim continuar a ocorrer, seus (nossos) próprios algozes…. A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA NÃO DEVE CEDER UM MILIMETRO DAQQUILO QUE CRISTO DISSE E FEZ, porque é transgredir a

  3. Infelizmente, a imprensa capitulou e está a serviço dos “senhores do mundo”. Por isso não divulga essas informações. Pior ainda é o “L’Osservatore Romano” não fazer nenhuma menção assim como nas homilias das paróquias. Graças ao trabalho corajoso do Instituto Plínio Corrêa de Oliveira é que tomamos conhecimento de informações tão relevantes. Pena que a CNBB também não faça o mesmo que o Instituito. Pax.

  4. Que nível baixo atingiu a imprensa nacional! Qualquer assalto é cantado em prosa e verso. Notícias como essas são censuradas. Mas Deus está vendo e com certeza o sangue dos mártires chineses conquistarão aquele país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome