Alberto Távora

Lazer, conforto e dinheiro é o que queremos. Enquanto isso, outros pensam em fazer revolução. Deixa eles, são sonhadores idealistas! Um dia compreenderão como é melhor ser pragmático, ter dinheiro e poder ir a um shopping! Mas… ihh!, onde está o shopping?

De acordo com O Estado de S. Paulo de 04/11/10, o shopping não é mais shopping. Na Venezuela, ele é agora parte da “Corporação de Comércio e Fornecimento Socialista”. Hugo Chavez simplesmente decretou a expropriação do gigantesco Sambil. E os proprietários das 305 lojas e 10 salas de cinema, o que foi feito deles? A notícia só diz que estão em “um limbo legal e financeiro”.

Segundo Chávez, o shopping não combina com o socialismo. Discordo do ditador. O que não combina com o socialismo é a propriedade privada e a livre iniciativa. Além de uma longa lista que com ele não combina: família, moral, nascituros, livre iniciativa, etc…

Essa é mais uma do governo socialista venezuelano. E pensar que a Venezuela não será a única exceção daqui a pouco… Ai meu lazer, meu conforto, meu dinheiro! Do que valerão então?

Veja o vídeo do primeiro pronunciamento do ditador sobre a expropriação (leia-se roubo) do Sambil. A claque dele parece contente. Só ela…