Os números são eloquentes, mas o governo PT, assim como muitos candidatos petistas, insistem em fingir de surdo. O governo sabe, mas finge não perceber o óbvio: que a maioria dos brasileiros é contrária ao aborto, contrária ao “casamento” homossexual e contrária à legalização da maconha. É o que constatou recente pesquisa realizada pelo Instituto Ibope e divulgada no dia 4 último.

Só lamento que as cifras relativas às pessoas contrárias a práticas tão antinaturais — práticas tão opostas às Leis de Deus — não sejam ainda mais elevadas, mas, em qualquer caso, a maior parte é contra.

Eis um excerto da notícia publicada no “O Estado de S. Paulo” no dia 4 último:

IBOPE: QUASE 80% SÃO CONTRA LEGALIZAR MACONHA E ABORTO

Daniel Bramatti e José Roberto Toledo

A pesquisa Ibope/Estado/TV Globo revela que 79% dos eleitores brasileiros são contra a descriminalização da maconha, e apenas 17% a favor. Um placar semelhante envolve a questão do aborto: 79% são contrários à legalização e 16% favoráveis. A maioria — ainda que por margem não tão larga — também rejeita o casamento homossexual: 53% a 40%.

 

7 COMENTÁRIOS

  1. SE O BRASIL CHEGOU A ESSE PONTO DE ALIENAÇÃO POLÍTICA, QUEM SERIA DOS GRANDES RESPONSAVEIS?
    Seria um desses a CNBB que estaria aparelhada pelo PT, apesar de não representar os bispos, passa por tal junto à opinião pública, parece representa-los e que saiba, nenhum a desafia como fazia Dom Luiz Bergonzini, apontando-lhe o dedo e encarando!
    Imaginemos se ela apresentasse os nomes e partidos comunistas, pró aborto e anti Igreja como o PT e PSB da Dilma e Marina, mesmo doutros idem de modo explícito à população – não mandando votar – mas apelando para a doutrina cristã que veta promover inimigos de Deus e da Igreja, e advertindo até de riscos de excomunhão a quem desobedecesse, é real a exclusão, mas a critério da consciência de cada um a decisão final, duvido que não seriam rapidamente apeados do poder!
    Lembra de D Odilo com seus 300 sacerdotes ripando o Russomanno-IURD-Edir Macedo que sucedeu em apenas 15 dias?
    Ao contrario, caso CNBB – a TL já é declarada esquerdista da pesada – não se vê ou ouve um pio contra os comunistas e, às eleições, só pedem para votar com “consciência” de um povo de modo geral muito ignorante, muito dopado por ideologias marxistas, bastante relativizado ética-moralmente, e sempre contando com silencio e/ou conivencia dos que o deveriam instruir e não deixar que fosse levado para o matadouro!

     
  2. Tudo o que esses comunistas estão propondo além de ser uma desgraça para toda a humanidade mesmo utilizando a dialética marxista e outros derivados inventados por esses facínoras não deixa lugar a dúvidas : o que perseguem com sua verborragia nada clara é levar aos poucos à desintegração de todo tipo valor moral para poder depois dominar aos confusos e acabar com a Nação.
    Para zelar pela Patria Brasileira devemos dizer NÃO !! a todas essas imposições que querem instalar por decreto agora no BRASIL !!

     
  3. Claudecir Rêgo dos Santos,

    Consoante ao que disse, “não é fácil agradar a todos”, não pretendo ser agradável a todos mas únicamente e tão somente a Deus. Digo, peremptoriamente que o aborto em nenhum caso é lícito. Não se oponha a técnica à moral ou a fé à ciência é falsa a disjuntiva.

     
  4. Toante aos assuntos deq cuida a matéria, tb temos opinião contrária. Países, a exemplo da Holanda, q permitiram a legalização da maconha, continuam vivendo o dramaq tinham anteriormente e agora, com agravantes. Noutro dizer: nada mudou e, tudo indicaria, q ficou pior. Quanto ao aborto, tb somos contrário, porém com alguma ressalva, mesmo n~ sendo especialista. No aborto pelo aborto, puro e simples, n~ vemos qualquer razãoq o justifique. Entretanto, casos há – e são do conhecimento de todos – emq o aborto n~ apenas seria recomendável, como tb e, principalmente, absolutamente necessário. Assim sendo e, ao nosso sentir de leigo na matéria técnica, mas como cidadão, entendoq n~ basta apenas ser contra ou favor. Peloq acreditoq as matérias deq cuida a espécie deveriam ser objeto de discussão tanto pelo povo quanto pelas autoridades e, o mais importante, sempre no melhor nível, com isenção e visando, naturalmente, o consenso em derredor dos temas. Dizemq n~ é fácil agradar a todos, mas isto n~ significaq n~ se possa tentar o melhor para todos, ou seja, para o País Brasil dos brasileiros.

     
  5. chegou o momento das familias se unirem e fazerem as suas vozes serem ouvidas.todos sabemos que a maiorias das pessoas sao contra aborto, maconha e casamento homossexual. Nao temos nada contra os homossexuais, mas sim contra o casamento homossexual, o que nao é discriminaçao.

     
  6. De que adianta essa posição conservadora da grande maioria da população brasileira se isso não se reflete nas urnas?
    O povo brasileiro é maciçamente burro, incoerente e desinformado: não sabe sequer escolher um candidato que mais se aproxima de suas convicções, se é que sabe o que é convicção.
    É contra o aborto, mas vota em abortista. O PT é um partido que quer implantar o aborto a todo custo no Brasil, mas está há 12 anos no poder. De que adianta essa maioria contrária ao aborto que votará num partido que quer legalizar o aborto?
    Não sei se é verdade, soube que em vários países da América Latina muitos bispos e até conferências episcopais declaram aos fiéis para não votarem em certos candidatos que são a favor do aborto e de outras “políticas” anticristãs. E dão nomes aos bodes. Nominam os candidatos, dessa forma os fiéis sabem quem é quem. Que maravilha se isso for verdade.
    No Brasil isso é impensável, o maiores obstáculos para isso não ocorrer vem parte do governo e parte da própria Igreja. Há muitos idiotas nela que pregam que a Igreja não deve se intrometer em política. $%#&%%@$%@¨#$&%
    O que esses tolos não sabem é que a Igreja não pode lançar nenhum candidato e nem se filiar a partidos, todavia tem o dever moral de esclarecer os fiéis sobre candidatos e partidos que são contrários às leis de Deus.
    O Lula disse uma vez que jamais chegaria onde chegou se não fosse com a ajuda da igreja (leia-se CEBs, Teologia da Libertação[TL]…). O pior é que ele tinha razão. Esse pessoal TL moldou muitíssimos fiéis e moldou “intelectuais espiritualizados” que hoje estão na mídia, que por sua vez molda a opinião pública…

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome