O Procurador-geral William Barr argumenta que todo o povo americano, independentemente de seu candidato ou partido preferido, possa ter plena confiança nos resultados de nossas eleições”. “O povo americano e os líderes que ele elege livremente não merecem nada menos.”

É exatamente essa a nossa posição: o povo americano precisa “ter plena confiança” nos resultados da eleição. É parte essencial da alma nacional americana que se sente violentada com a falta de transparência nas apurações.

***

Informa TheEpochTimes: “A Suprema Corte divulgou em 20 de novembro a lista de atribuições de circuito (pdf) que mostra juízes conservadores lidando com os circuitos contendo quatro dos seis estados onde a campanha de Trump disputou a eleição.

“Os juízes conservadores Samuel Alito, Clarence Thomas, Brett Kavanaugh e Amy Coney Barrett vão lidar com os apelos de emergência dos estados de batalha eleitoral da Pensilvânia, Geórgia, Michigan e Wisconsin, respectivamente. A justiça liberal Elena Kagan cuidará do circuito que contém os outros dois estados contestados, Arizona e Nevada.

“Embora nenhum dos processos eleitorais ainda tenha chegado à Suprema Corte, tanto a campanha de Trump quanto terceiros entraram com ações em todos os seis estados.

“A Suprema Corte encerrou a disputa eleitoral em 2000 entre George Bush e Al Gore. Considerando o número de ações judiciais pendentes, a mais alta corte do país pode, novamente, desempenhar um papel central.”

***

Sem entrar em disputas partidárias, o que desejamos, como todos os norte-americanos também o querem, é transparência nas eleições. Isso se chama honestidade, veracidade, transparência à favor da “Integridade Eleitoral”.

Os Democratas (e a esquerda Black Lives Matter) pediram contagem até o último voto. Os conservadores pedem Integridade Eleitoral para que o americano aceite — sem violentar sua identidade e alma nacional — de bom grado, o resultado das eleições.

Fonte: https://www.theepochtimes.com/conservative-scotus-justices-assigned-to-4-of-6-contested-election-states_3588062.html?utm_source=morningbriefnoe&utm_medium=email&utm_campaign=mb-2020-11-21


Deixe uma resposta