De acordo com o censo oficial de 2011, há na Inglaterra 31.000 mulheres que são bruxas por profissão. O vaticanista Giaccomo Galeazzi estima que o número real seja muito maior, em virtude do impulso às artes diabólicas, incentivadas por filmes e novelas tipo Harry Potter. Elizabeth Dodd, ex-bruxa de Oxford convertida ao catolicismo, denunciou que as práticas da magia abrem as portas para o satanismo, por vezes ligado ao crime ritual. A Catholic Truth Society de Londres publicou livro alertando os pais de família para as ameaças contidas nessas práticas.

Fonte: Revista Catolicismo, Abril de 2011.

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 
COMPARTILHAR
Artigo anteriorO repouso do guerreiro
Próximo artigoRússia: passado sombrio, futuro rumo à extinção

Catolicismo é uma revista mensal de cultura que, desde sua fundação, há mais de meio século, defende os valores da Civilização Cristã no Brasil.

A publicação apresenta a seus leitores temas de caráter cultural, em seus mais diversos aspectos, e de atualidade, sob o prisma da doutrina católica. Teve ela inicio em janeiro de 1951, por inspiração do insigne líder católico Plinio Corrêa de Oliveira.

1 COMENTÁRIO

  1. Como não se alarmar com as más influências que no trato natural e cotidiano possam causar às crianças e também às não tão crianças assim a propagação da bruxaria? A contradição é flagrante: na Europa e aqui no Brasil tenta-se proibir nos locais públicos como a escola os símbolos católicos do crucifixo, por exemplo, mas os de bruxaria estão plenamente admitidos, leia-se halloween.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome