No Natal de 2017, dois soldados da Coreia do Norte comunista fugiram para a Coreia do Sul. Um deles, ferido gravemente, foi hospitalizado e se recuperou. Estava cheio de vermes, até mesmo de uma espécie exclusiva de caninos, e padecia de hepatite B – todas doenças resultantes da falta de saneamento básico. O Dr. Lee Cook-Jong [foto ao lado] disse que em 20 anos “só havia visto um caso assim, num livro de texto médico”. O Dr. Choi Min-ho, especialista em parasitas e professor na Universidade de Seul, afirmou que 50% da população da Coreia do Norte têm parasitas. Mais uma comprovação de que a vida miserável é uma constante nos regimes comunistas, sendo o caso mais recente o colapso do sistema de saúde da Venezuela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here