Destaques


1 – BRASIL 2019: VOLTA AOS “PADRÕES ÉTICOS E MORAIS” E ANTI SOCIALISMO
2 – CHINA CONTROLA ESTUDANTES POR MEIO DE CHIPS
3 – DECLARAÇÃO ESCANDALOSA DO CARDEAL SCHÖNBORN SOBRE O “CASAMENTO” HOMOSSEXUAL
4 – MAIS MÉDICOS: O QUE O PT NÃO QUIS VER

Para alternar entre os tópicos, utilize os botões “Anterior” e “Próximo” abaixo:

1Brasil 2019: volta aos “padrões éticos e morais” e anti socialismo

Destacamos, do discurso de posse do presidente Jair Bolsonaro, estes tópicos: (o presidente defendeu) “restabelecimento dos “padrões éticos e morais” do Brasil, do direito à legítima defesa e se comprometeu a “libertar” o país do “do socialismo, da inversão de valores, do gigantismo estatal e do politicamente correto.”

“Vamos restabelecer a ordem neste país”, afirmou diante da multidão que acompanhou o evento na praça dos Três Poderes.”

“Não podemos deixar que ideologias nefastas venham a dividir os brasileiros. Ideologias que destroem nossos valores e tradições, destroem nossas famílias, alicerce da nossa sociedade. E convido a todos para iniciarmos um movimento nesse sentido. Podemos, eu, você e as nossas famílias, todos juntos, reestabelecer padrões éticos e morais que transformarão nosso Brasil”.

* * *

Entende-se os motivos que levaram o PT a se ausentar da Cerimônia de posse do presidente Bolsonaro. Tradição, familia, propriedade são os genuínos alicerces de nossa brasilidade.

Fonte: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/01/01/bolsonaro-faixa-presidencial-discurso-brasilia.htm

2China controla estudantes por meio de chips

A mídia tem publicado informes sobre o controle férreo (digital, em termos modernos) que a China exerce sobre a população; agora, com os “campi inteligentes”, monitora os alunos nas escolas.

Informa o telegraph.uk.news, Crystal Reid, de 26 de dezembro: “Escolas no sul da China estão forçando as crianças a usarem uniformes embutidos com chips de computador que rastreiam seus movimentos e disparam um alarme se eles faltarem às aulas”.

A notícia, de acordo com o jornal estatal The Global Times, informa que “mais de 10 escolas na província de Guizhou e na região autônoma vizinha de Guangxi estão exigindo que os estudantes usem “uniformes inteligentes””, com dois chips nos ombros das jaquetas”.

“Em seu site, Guizhou Guanyu se vangloria de que a empresa foi criada em resposta ao pedido do Partido Comunista para a criação de “campi inteligentes”.

Os alarmes também soarão se um aluno adormecer na aula.

* * *

Os livros de ficção, Maquiavel, Lenine, Stalin, Hitler ou Mao Tse-Tung não levaram tão longe o controle sobre as pessoas.

A China se torna, assim, um imenso campo de concentração e de controle das consciências.

E ainda tem ingênuos (?) que consideram a China “boazinha” e interessada apenas em relações comerciais com o Brasil, “sem viés ideológico”.

Fonte: https://www.telegraph.co.uk/news/2018/12/26/china-schools-make-pupils-wear-micro-chipped-uniforms-thwart/

3Declaração escandalosa do Cardeal Schönborn sobre o “casamento” homossexual

Es.news de 30 de dezembro reproduz declações do Cardeal de Viena, Christoph Schönborn: “O cardenal de Viena, Christoph Schönborn, um ardente partidário da causa homossexual, disse em 29 de dezembro à radio austríaca que ele conhece homossexuais “que são muito felizes em poder selar sua associação na forma suprema que é o matrimônio””.

* * *

Essa é mais uma consequência catastrófica da crise progressista que assola a Igreja Católica do pós Concílio Vaticano II.
Um cardeal afirmar que uma união, em si mesma, pecaminosa participa da “forma suprema que é o matrimônio” — o qual foi elevado por Nosso Senhor à condição de Sacramento — é uma aberração e bem mereceria lhe ser tirado o chapéu cardinalício, passar os seus dias em algum local recluso, lendo as Escrituras Sagradas, bons moralistas católicos, e fazendo penitência.

Ai daqueles por quem vem os escândalos…

Fonte: https://gloria.tv/article/uyNU2FJPvZy43p9NW2aHLkq62

4Mais Médicos: o que o PT não quis ver

Em recentes declarações o Ministro da Saúde, o médico Luiz Henrique Mandetta, nos dá um quadro bem diferente do jargão petista a respeito do Mais Médicos.

“Eu não diria que o programa vai acabar, mas vai se transformar. Estamos com uma geração enorme de médicos recém-formados endividados. Se vamos gastar dinheiro para formar médicos, trazer médicos de fora é assinar um atestado de incompetência. O Estado brasileiro precisa de uma medida estruturante, que é a carreira de estado para a atenção básica”.


1. Uma proposta seria “oferecer um abatimento na turma que está com o Fies” e estes médicos atuarem em áreas de difícil provimento.
2. “As Forças Armadas convocam 4.500 médicos todos os anos para serviço militar obrigatório. Áreas indígenas poderiam de alguma maneira serem atendidas na ótica desse serviço militar?”
3. “Há também residências médicas nas quais os preceptores pedem, historicamente, por remuneração. Poderíamos prever um mês nessas áreas como atividade de residência, com essas pessoas devidamente remuneradas? Se temos milhares de residências, será que precisaríamos desse tipo de improviso externo”?

O Ministro conclui com o bom senso: “O país não pode ter uma receita de bolo que vai do Acre ao Rio Grande do Sul”.

Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2018/12/politica-de-prevencao-a-hiv-nao-pode-ofender-as-familias-afirma-novo-ministro.shtml

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here