Destaques


1 – ÍNDIO, NEGRO E CIGANO EM SECRETARIA: SADIA POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO RACIAL
2 – “O ESTADO FOI CRIMINOSO QUANDO DESARMOU O CIDADÃO SEM CONDIÇÕES DE DESARMAR O BANDIDO”
3 – PRIMAZ DA IRLANDA DO NORTE PREGA RESISTÊNCIA CONTRA O ABORTO
4 – POLÔNIA: 1,2 MILHÃO NA CELEBRAÇÃO DA EPIFANIA

Para alternar entre os tópicos, utilize os botões “Anterior” e “Próximo” abaixo:

1Índio, negro e cigano em Secretaria: sadia política de valorização racial

“Sandra Terena minimiza a mudança da demarcação de terras indígenas da Funai para o Ministério da Agricultura: “não haverá prejuízo”. Divulgação/Arquivo Pessoa”

Gazetadopovo, Catarina Scortecci, correspondente, 4 de janeiro: “A jornalista de Curitiba Sandra Terena, com 37 anos de idade, e indígena da etnia Terena, se prepara para se mudar para Brasília, onde comandará a Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.”

“Acho que as minorias no Brasil muitas vezes foram utilizadas como massa de manobra”.

“Eu sou indígena. O meu secretário adjunto [Esequiel Roque do Espírito Santo] é um negro. Dentro da diretoria, também temos um cigano [Igor Shimura]. Ou seja, o governo Bolsonaro está dando uma visibilidade inédita para minorias, até então nunca dada.

* * *

A nova Secretária e seus auxiliares são um bom exemplo de como ir inserindo na sociedade, nos órgãos do governo os autênticos valores das diversas raças.

Exatamente o contrário do “indigenismo” do CIMI que prega o congelamento cultural do índio nas selvas fruto do paganismo.

Fonte: https://www.gazetadopovo.com.br/politica/parana/quem-e-sandra-terena-a-1-indigena-a-assumir-uma-secretaria-no-governo-federal-4yrhyiipy0hwbz0bkcegho1nt/

2 “O Estado foi criminoso quando desarmou o cidadão sem condições de desarmar o bandido”

O General Carlos Alberto dos Santos Cruz : as feições duras, a barba bem-feita e os cabelos grisalhos combinam com a firmeza nas ações (Foto: Diego Bresani)

Em gpsdoagronegocio, lemos que “em sua entrevista ao Valor, o general Santos Cruz defendeu também a posse de armas:”

“Isso não está relacionado só à segurança pública, mas a um princípio de legítima defesa de liberdade individual. Da sua liberdade de defender o seu patrimônio e sua vida. Se você for ver o Uruguai é um dos países com o maior índice de posse de arma e um dos menores índices de crime.

“O Estado foi criminoso quando desarmou o cidadão sem condições de desarmar o bandido. O bandido que chega no sinaleiro assalta você e tem absoluta certeza de que no carro não tem ninguém armado. Você tem milhares e milhares de armas de guerra no Rio de Janeiro” (na mão dos bandidos).

* * *

As ONGs do pacifismo têm algum projeto para desarmar os bandidos? Esperam essas ONGs que os criminosos vão entregar suas armas?

Fonte: http://gpsdoagronegocio.blogspot.com/2019/01/o-estado-foi-criminoso-quando-desarmou.html

3Primaz da Irlanda do Norte prega resistência contra o aborto

Bispos irlandeses em perfeita sintonia com o mundo.

Segundo o catholicherald, 6 de janeiro, “o primaz da Irlanda do Norte insistiu que a nova lei de aborto do país, que entrou em vigor em 1º de janeiro, não tem “força moral” e “deve ser resistida” pelos católicos”.

“O arcebispo Eamon Martin, de Armagh, Irlanda do Norte, que também é presidente da Conferência dos Bispos da Irlanda, disse em uma mensagem para marcar a legislação que a nova lei “em boa (reta) consciência não pode ser apoiada””.

“O Arcebispo Martin exortou os católicos a “continuarem a convocar e trabalhar diligentemente por sua limitação, emenda e revogação””.
Uma lider ativista pró familia, Cullen, disse que “Vamos lutar pacificamente, mas incessantemente, para expor as mentiras que foram contadas durante a campanha do referendo.”

* * *

Desconhece-se que o episcopado católico irlandês tenha feito árdua campanha contra o aborto por ocasião do plebiscito.

Perder uma batalha não é perder a guerra, mas lamentar a perda quando não se lutou é vergonhoso. Aborto é pecado gravíssimo, mais grave ainda quando se torna pecado de uma Nação.

Fonte: https://catholicherald.co.uk/news/2019/01/06/archbishop-says-irish-catholics-must-resist-new-abortion-law/

4Polônia: 1,2 milhão na celebração da Epifania

Varsóvia – Multidão de 40 mil pessoas participam na procissão de comemoram a Epifania. que é a Visita dos Reis Magos ao Menino-Deus.

ABCnews, (AP) 6 de janeiro: “centenas de milhares de pessoas participaram de procissões coloridas da Epifania em mais de 700 localidades na Polônia predominantemente católica.”

1,2 milhão em todo país

“Cerca de 40.000 pessoas de todas as idades, usando coroas de papel, entraram na procissão no centro de Varsóvia, que incluiu atores ricamente vestidos como os três reis magos e um dragão de papel”.

“A porta-voz da Fundação Epiphany Procession, Jolanta Stachacz, disse no domingo que cerca de 1,2 milhão de pessoas participaram em todo o país”.

* * *

A Fé exige manifestações públicas.

Já comentava o Prof. Plinio o “desejo dos católicos de que o Brasil não seja mais um país em que se adore Deus apenas no segredo do íntimo dos corações ou no recesso dos lares, mas em todos os campos da atividade humana”[1].

Fonte: https://abcnews.go.com/International/wireStory/latest-hundreds-thousands-polish-epiphany-parades-60192652

1 – https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG330115_LigaEleitoralCatolica.htm

Deixe uma resposta