Destaques


1 – QUAL O CRIME DESTA ANCIÃ QUE PINTOU A IMAGEM DE GUADALUPE?
2 – TFP STUDENT ACTION EM DEFESA DOS VALORES CATÓLICOS DO NATAL
3 – GUERRILHEIROS COLOMBIANOS DO ELN INTENSIFICAM AÇÕES NA VENEZUELA
4 – MAIS MÉDICOS, OPAS E O ESQUEMA DE CONTROLE CUBANO

Para alternar entre os tópicos, utilize os botões “Anterior” e “Próximo” abaixo:

1Qual o crime desta anciã que pintou a imagem de Guadalupe?

Millie Francis afirma que não retirará sua pintura de Nuestra Señora de Guadalupe / Crédito: Cortesía de Mark Young – Bradenton Herald

Aciprensa, 8/12, informa que “um parque de casas rodantes, na Flórida está ameaçando iniciar uma ação legal contra Millie Francis, uma mulher de 85 anos de idade que pintou uma imagem da Virgem de Guadalupe na frente de sua casa rodante.

Ela recebeu um aviso dos advogados (do parque) Bradenton Tropical Palms que tinha 30 dias para retirar a pintura ou enfrentar uma ação legal.

A senhora de 85 anos respondeu à altura: “teriam que matar-me primeiro. Não vão dizer a esta anciã o que fazer. Isto é América. Enquanto tenha dois braços e duas pernas eu o farei”.

* * *

Em sentido contrário o culto a Satã tem intentado a construção de templos satânicos (ja existem alguns nos EUA) e promover públicamente cultos ou paródias sacrílegas de cerimonias católicas.

Informa o catholicherald.co.uk, 6/12, que uma estátua satânica (para o holidays) foi erigida no Capitólio de Illinois.

Fontes: https://www.aciprensa.com/noticias/amenazan-con-llevar-a-mujer-de-85-anos-a-juicio-por-pintar-a-la-virgen-de-guadalupe-26615
https://catholicherald.co.uk/news/2018/12/06/satanist-statue-erected-for-the-holidays-in-illinois-capitol/

2TFP Student Action em defesa dos valores católicos do Natal

O ensino médio da Virgínia proíbe canções natalinas que mencionem o nome de Nosso Senhor Jesus Cristo.

LifeSiteNews, MIDLOTHIAN, Virgínia, 4/12 – “Uma escola de ensino médio na Virgínia está barrando canções de Natal ‘de natureza sagrada’ que mencionam Jesus Cristo em prol da diversidade” (sic)

“David Allen, pai de uma criança na Robious Middle School, forneceu à NBC 12 uma cópia de uma troca de e-mail na qual um professor de coro explica: ‘Tivemos alguns alunos que não se sentiam confortáveis cantando uma peça — como eu fiz muitas vezes no passado, — mas é de natureza sagrada e menciona Jesus.’”

“O grupo socialmente conservador TFP Student Action coletou mais de 17.000 assinaturas para uma petição pedindo ao diretor da Robious Middle School, Dr. Derek Wasnock, e ao Conselho Escolar do Condado de Chesterfield para reverter a política”.

Argumenta a petição da TFP americana: “respeitosamente peço que você restabeleça músicas natalinas que mencionam o nome de Jesus em sua escola”; e conclui afirmando que remover a Cristo do Natal é o mesmo que remover por completo o significado do Natal.

* * *

De pleno acordo: a existência de Jesus Cristo é um fato histórico certo, digno de ser catalogado e ainda confirmado na Revelação. O Ocidente católico não tem o direito de negar a Jesus Cristo seu lugar próprio nas canções de Natal por receio de desgostar a alguns que não creem.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/virginia-middle-school-bans-christmas-carols-that-mention-jesus

3Guerrilheiros colombianos do ELN intensificam ações na Venezuela

Guerrilheiro do ELN: expansão de operações na Venezuela Foto: REUTERS/Federico Rios

Fernanda Simas, O Estado de S. Paulo, 9/12: “A presença da guerrilha colombiana — Exército de Libertação Nacional (ELN) — na Venezuela aumentou nos últimos meses. Analistas alertam que a expansão deve continuar e afirmam que o governo de Nicolás Maduro tem sido conivente com a situação”.
“Segundo estudo do InsightCrime, que monitora o crime organizado na América Latina, com base nos relatórios da guerrilha e de ONGs, o ELN está presente em pelo menos 12 Estados da Venezuela”.

“O grupo aproveita a expansão para angariar mais recursos financeiros por meio de contrabando de gasolina, extorsão, tráfico de drogas e mineração ilegal”.

“A presença do ELN na Venezuela contribui para o fortalecimento militar e financeiro do grupo, o que leva a um aumento dos atentados contra infraestrutura e empresas do setor de mineração e energia (dentro da Colômbia)”, disse ao Estado Claudia Navas, analista da Control Risks que atua em Bogotá”.

* * *

A guerrilha colombiana continua atuando, portanto, em duas frentes: uma, parlamentar (FARC) com direito a cotas de deputados e senadores e outra (ELN) que atua na guerrilha convencional.
A esse resultado nos levou o “acordo” de Manuel Santos com a guerrilha colombiana!
Esperamos que o novo governo de Ivan Duque saiba reverter essas concessões feitas por Manuel Santos de cota-deputados-guerrilheiros e cota-senadores-guerrilheiros.

Fonte: https://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,eln-intensifica-acoes-na-venezuela,70002638338

4Mais Médicos, OPAS e o esquema de controle cubano

José Alberto Gutiérrez, em matéria para o Istoé,7/12 nos dá importantes esclarecimentos sobre o esquema de controle intimidatório a que estavam submetidos os profissionais cubanos do Mais Médicos.

“Áudios, mensagens, documentos e depoimentos obtidos pela revista Istoé revelam que profissionais cubanos do programa Mais Médicos que pretendiam ficar no Brasil e não retornar a Cuba foram ameaçados por consultores da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) para mudar de ideia. Houve ameaças veladas a suas famílias e o “alerta” de que eles seriam proibidos de entrar em Cuba por oito anos se ficassem no Brasil”.

Os 36 “consultores internacionais” contratados pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), todos eles cubanos, formam “uma rede de vigilância montada pelo regime para exercer controle total sobre os profissionais enviados pela ilha – tratados por esses agentes cubanos quase como escravos desde que desembarcaram em solo brasileiro.”.

* * *

Agiu bem o presidente eleito Jair Bolsonaro pondo as condições mais sensatas e razoáveis para a continuidade de contratação dos profissionais cubanos.

E, é bom frisar, libertou muitos deles da servidão comunista.

Fonte: https://istoe.com.br/as-atrocidades-do-mais-medicos/

Deixe uma resposta