Destaques


1 – “Mais Médicos” e os véus da “cláusula de confidencialidade”
2 – Paródia das “Tábuas da Lei” na Academia de Ciências do Vaticano
3 – Católicos chineses perseguidos pela “Sinicização”
4 – ‘Não se meta com meus filhos’ se espraia pela América Latina

Para alternar entre os tópicos, utilize os botões “Anterior” e “Próximo” abaixo:

“Mais Médicos” e os véus da “cláusula de confidencialidade”

UOL, 20/11- “O MPF-DF (Ministério Público Federal do Distrito Federal) entrou nesta terça-feira (20) com uma ação civil pública na Justiça contra o termo de cooperação técnica que trouxe médicos cubanos para o Brasil para atuar no Mais Médicos”.

Acrescenta que “Com a ação, o MPF pede que a Justiça obrigue, em caráter de urgência, o governo federal a prestar contas detalhadas dos valores repassados à OPAS (Organização Pan-americana de Saúde)”.

E completa: “A destinação específica de tais valores financiados pelo Sistema Único de Saúde brasileiro é desconhecida. É que a informação é protegida por suposta ‘cláusula de confidencialidade’ pactuada entre a OPAS e Cuba, negando ao Ministério da Saúde qualquer ato fiscalizatório”.

* * *

Qual a responsabilidade de Dilma Rousseff em todo esse cambalacho? Agora que os véus começam a descerrar e os crimes petistas afloram continuará a ex Presidente com todas as regalias?

Fonte: https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2018/11/20/mpf-entra-com-acao-por-falta-de-transparencia-na-contratacao-de-cubanos.htm?

Paródia das “Tábuas da Lei” na Academia de Ciências do Vaticano

Jeffrey Sachs e D. Sánchez Sorondo junto ao Papa

Infovaticana, Carlos Esteban, 19/11, comenta: “com a forma estereotipada das Tábuas da Lei” foi apresentado no Vaticano os “10 mandamentos contra a mudança climática” “um dogma” que Roma parece estar inusualmente interessado.

E segue uma paródia dos 10 Mandamentos:

“Não levantarás mais centrais de carvão”.
“Não realizarás novas prospecções de petróleo ou gás”.
“Não cometerás ‘fracking’”.
(…) “Reduzirás o consumo de carne (salvo a de insetos).

Na Conferência Internacional sobre Mudanças Climáticas, Saúde do Planeta e Futuro da Humanidade que se celebra no Vaticano sobre os auspícios da Pontifícia Academia de Ciências, presidida pelo arcebispo D. Marcelo Sánchez Sorondo foi apresentada essa paródia dos 10 Mandamentos pelo economista Jeffrey Sachs, líder do chamado Desenvolvimento Sustentável.

* * *

Por que razão usar uma paródia dos 10 Mandamentos que foram dados diretamente por Deus a Moisés no Monte Sinai?

Um “futuro da humanidade” que volta as costas, deliberadamente aos Valores Morais, aos preceitos da Lei de Deus e da Igreja?

Quem brinca com fogo nele perecerá!

Fonte: https://infovaticana.com/2018/11/19/presentan-en-el-vaticano-las-tablas-de-la-ley-contra-el-cambio-climatico/

Católicos chineses perseguidos pela “Sinicização”

Partido Comunista Chinês nomeia bispos pelo acordo provisório com o Vaticano.

LifeSiteNews, 19/11, faz importantes observações sobre a situação dos católicos chineses após o “acordo provisório” Sino-Vaticano.

“Ao permitir que o governo (comunista) da China indique bispos, ele (Vaticano) entregou a autoridade da igreja a um regime opressivo e entregou dogmas católicos a mestres comunistas que moldarão a doutrina cristã de acordo com o programa “Sinicização” do presidente (ditador) chinês Xi Jinping”.

* * *

Vários sites têm comentado o chamado “crédito social” do regime “no qual cada palavra, ação e pensamento de uma pessoa é avaliado de acordo com as políticas do governo, com recompensas e punições.” (…) “Ser autenticamente cristão é não receber crédito social”.

Esse é o governo comunista que acaba de convidar o PSL a visitar aquele Pais. Esperamos que o novo Governo saiba defender a nossa Pátria diante das insídias do comunismo chinês.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/opinion/church-throwing-chinese-christians-to-the-lions

‘Não se meta com meus filhos’ se espraia pela América Latina

El Pais, São Paulo, Breiller Pires, 15/11, em documentado artigo sobre o “movimento ´Con Mis Hijos No Te Metas´- CMHNTM (“Não se meta com meus filhos”, em livre tradução do espanhol) espera reunir mais de um milhão de pessoas em manifestações previstas para esta quinta-feira em cidades da Argentina, Bolívia, Paraguai e Peru.”

Ainda segundo El Pais: “Com o intuito de estender seu alcance ao Brasil, as lideranças do grupo já articulam uma aproximação com o presidente eleito Jair Bolsonaro, visando a atuação conjunta em oposição às políticas de discussão de gênero por todo o continente.

Nossos filhos não são propriedade do Estado
“Se for necessário, estamos dispostos a dar a vida para proteger a dignidade dos nossos filhos”, afirma Nancy García, uma das coordenadoras do CMHNTM na Argentina. “Eles não são propriedades do Estado.”

* * *

De pleno acordo: a Família é anterior ao Estado. Afirmar que a liberdade de cátedra está acima da Lei Natural e ao direito dos pais sobre os filhos é impostura das esquerdas.

Fonte: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/11/14/internacional/1542229156_126326.html

Deixe um comentário!