Destaques


1 – RÚSSIA REFORÇA APOIO DIPLOMÁTICO E MILITAR A MADURO
2 – VENEZUELA: PAPA FRANCISCO, CHINA E RÚSSIA NA CONTRAMÃO
3 – ACORDO SINO-VATICANO PÕE EM RISCO A PERSEVERANÇA DE SACERDOTES CHINESES
4 – HOMESCHOOLING NA META DO GOVERNO

Para alternar entre os tópicos, utilize os botões “Anterior” e “Próximo” abaixo:

1Rússia reforça apoio diplomático e militar a Maduro

A Rússia de Putin é um dos governos que sempre apoiou Maduro
Foto: DW / Deutsche Welle

Estado, 26 de janeiro, Roberto Godoy: “Moscou anunciou que vai manter todos os programas de ajuda militar que conserva com a Venezuela desde 2005 cobrindo o fornecimento de equipamentos e o treinamento de pessoal.
“O acordo bilateral, iniciado há 14 anos, envolve contratos avaliados em cerca de US$ 10 bilhões. As primeiras negociações, decididas em Moscou diretamente entre Vladimir Putin e Hugo Chávez, resultaram no fornecimento de 24 avançados caças Su-30, helicópteros de ataque e sistemas eletrônicos de comando. O processo nunca foi interrompido.
“A lista cresceu e na rodada mais recente incorporou a entrega de novas baterias de sofisticados mísseis S-300, de defesa antiaérea, 100 tanques pesados T-72B1V, pouco mais de uma centena de blindados sobre rodas BTR-80/90 e ao menos mil
“O vice-primeiro-ministro Yury Borisov, “destacou ainda que o governo Putin “apoia o presidente Maduro legitimamente eleito”.
O vice-ministro da Defesa, general Nikolai Pankov, “comentou que estuda a eventual instalação de uma base militar da Rússia no litoral caribenho da Venezuela, provavelmente em Puerto Cabello, para dar apoio técnico a navios e aviões de combate em missões de longa distância”.

* * *

E ainda tem gente ingênua que se ilude com Putin e a Rússia.

Poderia haver declaração mais clara de apoio militar e diplomático ao ditador socialista venezuelano?

Fonte: https://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,cenario-russos-reforcam-ajuda-militar-ao-chavismo,70002694853

2Venezuela: Papa Francisco, China e Rússia na contramão

O Papa Francisco na Missa de hoje na JMJ Panamá 2019. Foto: David Ramos / ACI Prensa

AFP, 24 de janeiro – Rússia -“Consideramos a tentativa de usurpação do poder na Venezuela como uma violação do direito internacional. Nicolás Maduro é o legítimo chefe de Estado” afirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

China -“A China defende o princípio de não-interferência nos assuntos políticos internos de outros países, e se opõe à interferência na Venezuela de forças externas”. – Porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Hua Chunying”.1

AFP, 24 de janeiro, Panamá – “O papa Francisco apoia “todos os esforços para aplacar o sofrimento dos venezuelanos” após o agravamento da crise no país, declarou no Panamá, nesta quinta-feira (24), o porta-voz interino da Santa Sé, Alessandro Gisotti”.

“Em dezembro, na missa do Urbi et Orbi, Francisco desejou que a Venezuela pudesse encontrar “harmonia” e que a sua sociedade trabalhasse “fraternalmente pelo desenvolvimento do país, ajudando os setores mais enfraquecidos da população”.

* * *

Como se sabe, “a Conferência Episcopal Venezuelana tem sido dura com o questionado presidente” (Maduro)2.

Ensina Pio XI: “Velai, Veneráveis Irmãos, por que se não deixem iludir os fiéis. Intrinsecamente mau é o comunismo, e não se pode admitir, em campo algum, a colaboração recíproca, por parte de quem quer que pretenda salvar a civilização cristã. E se alguém, induzido em erro, cooperasse para a vitória do comunismo em seu país, seria o primeiro a cair como vítima do próprio erro”3.

Fonte:

1 – https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2019/01/24/veja-as-reacoes-internacionais-a-situacao-na-venezuela.htm
2 – https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2019/01/24/papa-apoia-todos-os-esforcos-para-aplacar-o-sofrimento-dos-venezuelanos.htm
3 –  Vozes, Petrópolis, Documentos Pontifícios, fasc. 1, 6ª ed., 1959, p. 30.

3Acordo sino-vaticano põe em risco a perseverança de sacerdotes chineses

O “Acordo Provisório” do Vaticano com a China cria graves problemas de consciência em sacerdotes fieis à Roma.

Notícia de AsiaNews, 25 de janeiro, Padre Peter: “Lembro-me do que o cardeal Joseph Zen (Chen Ri Jun) disse: se a Santa Sé e o governo chinês realmente chegassem a um acordo, permitindo que os bispos ilegítimos liderassem suas dioceses, os sacerdotes da Igreja não oficial poderiam seguir livremente suas consciências. Se não pudessem proclamar o Evangelho, poderiam ir para casa e trabalhar nos campos. Eu não esperava que a profecia do Card Zen se tornasse realidade”.

Assim, AsiaNews cita alguns fatos: “O padre prosseguiu explicando que “há mais de 30 anos que tenho lutado contra a Associação Patriótica, e agora eles querem que eu me torne o padre assistente de um padre da Associação Patriótica. Eu não posso aceitar, não tenho escolha a não ser ir para casa.” Ouvindo essas palavras, senti uma dor indescritível no meu coração. O que podemos ainda dizer sobre a Santa Sé? Eu ainda respeito a consciência deste meu irmão. Ele tem o direito e a obrigação moral de obedecer a sua fé e sua consciência”.

* * *

Faz lembrar uma frase da Escritura Sagrada: tornei-me estrangeiro na casa de meu pai.

4Homeschooling na meta do governo

Ministro Onyx Lorenzoni (ao microfone) apresenta metas dos 100 primeiros dias do governo Bolsonaro — Foto: Guilherme Mazui/G1

Notícia de O Globo, 23 de janeiro, informa que “o governo federal pretende editar uma medida provisória para regulamentar a educação domiciliar das crianças brasileiras em idade escolar, conhecida também como “homeschooling”. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (23), durante a divulgação das metas da nova gestão para os 100 primeiros dias de governo. A meta está ligada ao Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos”.

“Atualmente, a prática de ensinar as crianças em casa não é regulamentada (…) a maioria dos ministros admitiu que a prática poderá se tornar válida se aprovada uma lei que permita avaliar não só o aprendizado, mas também a socialização do estudante educado em casa.

“Segundo Lorenzoni, a proposta do governo de Jair Bolsonaro (PSL) é criar as regras exigidas pelo STF por meio de uma medida provisória. Ainda de acordo com o novo governo, atualmente 31 mil famílias já praticam o “homeschooling””.

* * *

Bom começo, esperamos que caia logo mais essa impostura petista de sobrepor o Estado ao direito natural dos Pais.

A família é anterior ao Estado e de direito natural. Fala-se tanto em “direitos humanos” e se esquece de que educar os filhos é função e direito primordial dos pais.

Fonte: https://g1.globo.com/educacao/noticia/2019/01/23/regulamentar-a-educacao-domiciliar-e-uma-das-metas-prioritarias-dos-100-primeiros-dias-do-governo-bolsonaro.ghtml

Deixe um comentário!