Palestra promovida pelo Instituto Plinio Corrêa de Oliveira sobre novo Código Penal atraiu grande público em 25/10. Veja galeria de fotos ao final deste artigo

O Instituto Plinio Corrêa de Oliveira promoveu mais um importante evento no auditório do Club Homs, na Avenida Paulista, em 25 de outubro p.p. Desta vez o conferencista convidado foi o Pe. Paulo Ricardo, que proferiu a brilhante palestra “Reforma do Código Penal – Início da perseguição religiosa no Brasil”.

Clique aqui para assistir aos vídeos da conferência.

O Pe. Paulo Ricardo pertence ao clero da Arquidiocese de Cuiabá (MT). É licenciado em Filosofia pelas Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso – FUCMAT, Campo Grande, MS (1987); bacharel em teologia (1991) e mestre em direito canônico (1993) pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma).

O público superlotou o auditório, sendo necessária a utilização de um telão na sala anexa, para que todos os presentes pudessem acompanhar o evento. O experiente palestrante iniciou fazendo um resumo do projeto de novo Código Penal, mostrando como ele impõe aos brasileiros uma nova “moral”, que constitui a negação radical de todos os princípios católicos, em particular os “princípios não-negociáveis” citados recentemente pelo Papa Bento XVI. Entre os princípios mais atacados estão especialmente a defesa da vida humana inocente desde a fecundação até a morte natural e a família monogâmica e indissolúvel entre um homem e uma mulher.

O novo Código Penal legaliza o aborto até a 12ª semana de gestação, abre as portas para a eutanásia e o infanticídio, promove a prática homossexual e persegue por “discriminação” todos que, ainda que pacificamente, se oponham a tal pecado. Esse projeto legislativo dá mais um passo rumo a um estado socialista que dita leis iníquas e as impõe com mão de ferro.

O conferencista sublinhou o caráter persecutório que terá a nova lei, se aprovada. Ressalvou que não julgava as intenções mas mostrou como os autores do projeto pareciam ter agido de má fé, colocando parágrafos e mais parágrafos aos quais o público dificilmente terá acesso. De uma hora para outra cairá sobre o País um conjunto de leis com caráter totalitário e anticristão, de onde a necessidade de estudarmos o mencionado projeto a fundo e denunciar seus objetivos.

Ao final da palestra, o Pe. Paulo Ricardo respondeu a diversas perguntas dos presentes, e conclamou o auditório a unir esforços, fazer frente aos projetos iníquos que aparecem daqui e de lá, e se prepararem para a batalha, revestidos da graça de Deus.

Dr. Adolpho Lindenberg, presidente do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira, encerrou a sessão confirmando a necessidade de que todos os católicos se unam para combater o inimigo comum, que quer jugular todos os bons.

 

16 COMENTÁRIOS

  1. Se todos que professam a fé em nosso Senhor Jesus Cristo, buscarem e alcançarem a santidade de vida, posso afirmar sem medo de errar, independente de qual seja a dificuldade que exista, já somos mais que vencedores, porque será o próprio Cristo agindo em nós, e Palavra nos garante, agindo Deus quem impedira.

  2. Parabéns ao I P C O, e ao prezado Padre Paulo Ricardo
    por sua coragem e determinação. Mas uma voz profética nesse Brasil tão ludibriado por futebol, novelas, bigbro… Porcaria, a fazenda outra porcaria, em fim, e por tantos outros lixos, que cegam as massas, fazendo com que deixem de ver a realidade do mundo onde vivem, as reais intenções dos seus governantes em fim. Se por um momento protestantes e católicos se unissem com o objetivo de lutar contra toda essa podridão que esta sendo tramada com o objetivo de banir, de amordaçar, de coibir o cristianismo, com certeza a situação seria outra. Mas ao invés disse preferem amar aquilo que Deus odeia, e ate patrocinam emissoras de TV com sua audiência, é de dar nojo o numero de evangélicos e católicos que deixaram de ir ao culto ou a missa pra assistir a ultima novela da globo, muitos ate choraram e chegaram a dizer: “eu aprendi muito com essa novela”. Eu ironizando digo o que estava sendo ensinado ali foi tão edificante. Ai depois vão a igreja pedir o favor de Deus e “adorá-lo”, acredito que Deus diz: esse povo me honra com os lábios, mas seu coração esta distante de mim. Eu oro para que Deus proteja e livre o prezado Padre, e levante tantas outras vozes como a dele que denunciam a mentira que esta sendo veiculada como verdade.

  3. “Pois se te calares… as próprias pedras falarão” – ESTAMOS EM UM MOMENTO ÚNICO, como disse o amado papa JOÃO PAULO II – Esta sendo travada uma imensa batalha entre a Igreja e a Anti Igreja, e nós como soldados, devemos SIM NOS ALISTAR E SERVIR AO PAI, críticas, ouvimos aos montes, mas poucos podem de FATO VER A VERDADE QUE NOS RONDA, UM MUNDO QUE JAZ NO MALIGNO, MAS QUE NÓS DEVEMOS SER LUZ EM MEIO A ESTAS TREVAS, POIS SABEMOS QUE O OBJETIVO DOS QUE USAM SAIAS COM COMPASSOS E ESQUADROS É COLOCAR UM FALSO PAPA NO TRONO, MAS, COMO ESTA ESCRITO: AS PORTAS DO INFERNO JAMAIS PREVALECERÃO SOBRE A IGREJA SANTA FUNDADA COM O SANGUE DO FILHO DO DONO DO MUNDO! MARANATA

  4. A IGREJA COMO DISSE O PADRE PAULO RICARDO – SOMOS TODOS NÓS NA COMUNHÃO DOS SANTOS – Mas estamos, digamos que acomodados, talvez até pelo erro dos próprios sacerdotes que a conduzem e NÓS SABEMOS O PORQUE, ORA SE SABEMOS DO LIVRO, A CASA VARRIDA PELOS VENTOS, então cabe de FATO A NÓS, GRITAR, isto PARA QUEM TEM OUVIDOS PARA OUVIR, OLHOS PARA E VER, ENTÃO GRITAMOS, AO MENOS EM NOSSO CÍRCULO, CUSTE O QUE CUSTAR POIS: ACASO NOS FAREMOS INIMIGOS DE QUALQUER UM POR DIZER A VERDADE?

  5. esta é uma luta que tem de ser travada por todo o cristão, em toda a face do globo, porque em qualquer parte que estejamos, somos atacados por esta classe de inuteis, cujos projectos anti-humanos e contrarios aos principios legados pelo criador, tentam dominar as nossas instituições. Depois de as corromprem… mais um passo e todo aquele que não se queira misturar será exterminado. Este é seu objectivo. Que deus fortaleça a todos os lutadores.

  6. O trabalho tem que ser lento, precisamos ao pouco fazer com que o povo se adere a este movimento.Pois eu bem sei não é fácil, porque foi inserida na mente humana uma mentalidade hostil.

  7. A reação ou contra-revolução não será feita , está sendo feita. Mas para o sucesso é preciso mais do que conversa, é previso conversão. O primeiro passo é a nossa própria conversão, que ninguém pode fazer por nós. Uma vez feita sempre agiremos na direção dos princípios adotados. Será a partir de então nossa própria vida a evidência de que vivemos exatamente o que pregamos. Um Cristianismo sem esperança é vão. O mal está de tal forma disseminado no mundo que não será no tempo da minha jornada que a vitória ocorrerá. Precisamos retornar às práticas das Virtudes todas, para que elas se tornem visíveis. O Dr. Plínio nos deixou um grande legado e o Pe Paulo faz das tripas coração, mas eles juntos a um bom número de páginas Católicas e Cristãs de outras denominações não obterão êxito se nós, os seguidores, nãos nos tornarmos militantes mais tenazes que o inimigo.

  8. Olá, queria saber se será disponibilizada a gravação da palestra do Pe.Paulo Ricardo, de fato, seria muito útil para compreensão da nossa atual realidade política.

    pax et bonum

  9. @Soares
    Não te entendo Soares. Parece que você põe toda a responsabilidade da Contra-Revolução nos ombros do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira e se exime de responsabilidade na luta pelo estabelecimento dessa ordem cristã que Plinio Corrêa denominava Contra-Revolução. O que você – suponho que seja do povão – tem feito?

  10. Eu tive a feliz oportunidade de participar desta excelente iniciativa do Instituto. Eu gostei mesmo é do público que compareceu lá. O que me parecia mais importante é que todos estavam congregados por causa de um ideal. Acho que todos nós estavamos ou estamos a procura de uma forma de atividade cada vez mais atuante e como disse bem Dr. Adolpho Lindenberg é preciso uma nova Cruzada. E o padre Paulo Ricardo deu a substância da legitimidade de nossa luta: a doutrina do direito natural como um dos fundamentos dessa legimidade.

  11. Vs. são os únicos a promover um programa de eventos e de alta qualidade. Meus parabens! Estou esperando o video e precisamos viralizá-lo ao máximo.

  12. Parabéns ao I P C O por essa cruzada contra o nosso inimigo comum, em especial, contra os comunistas da extinta e sepultada NOMENKLATURA soviética … Tenho insistido numa NOVA CRUZADA adaptada aos nossos tempos e às nossas necessidades, alertando ao povo em geral sobre as falácias desses políticos comunistas e ateus, incentivadores da morte de indefesos inocentes ainda no ventre materno … ….

  13. O que eu ñ entendo, é como um instituto tão balizado e tão cheio de adeptos influentes e importantes, além de promover excelentes debates como esse, ñ mobiliza as massas a exemplo do que aconteceu nos anos 60, quando havia-se uma situação de menor perigo do que estamos agora e tinha-se uma Forças Armadas mais cônscia de seu dever e patriotismo. Ao se ver algo acontecendo pelas ruas, são jovens da TFP colhendo aqui e ali assinaturas a ser entregues aos vendilhões deputados e senadores.

    Por mais que seja importante tais encontros, promovam-os menos e voltem-se mais para o povo, para as massas; que há muito foram sequestradas pelos esquerdistas, em razão do vácuo deixado entre a mentirosa redemocratização e os dias hodiernos.

    Onde está a verdadeira Contra-Revolução?

  14. Se tivéssemos em todas as nossas igrejas vozes como a do Pe Ricardo, que denunciassem as leis imorais e não hesitassem a enfrentar a corrente e prevessem a perseguiçao que vira aos que se manterem fiéis à Lei de Deus, outra seria a situação do Brasil e com ele a de toda a América.

Deixe uma resposta