Estamos às voltas com um eco-terrorismo — que chega ao cúmulo de pregar a redução drástica da população mundial — em nome de uma hipótese contestada por inúmeros cientistas: o aquecimento global.

Bafejada pela Midia, uma adolescente fala na ONU, em Davos e se lhe abrem outras tubas da publicidade; não fala, grita, gesticula, impugna — ela acredita que a Terra tem apenas alguns poucos anos de vida! Qual a origem dessa fermentação emocional?

Há lições da História, muito semelhantes, de terrorismos-alarmistas

Comenta o Dr. Plinio: “Os que estudam a história da Revolução Francesa, deparam-se logo de início com um episódio incrível, desconcertante, mas profundamente significativo, que é conhecido pelo nome de “La grande peur”, o grande medo.

“Logo após o motim de 14 de Julho [de 1789], que teve por consequência a queda da Bastilha, a célebre prisão — onde jamais poderiam ser presas outras pessoas que não as da nobreza –, espalhou-se por toda a França um pânico absurdo, que agitou loucamente todas as camadas da população.

“Foi assim que, simultaneamente, em todas as cidades, vilas, aldeias, e até no menor burgo do território francês, ganhou corpo o boato de que nas imediações se achavam grandes bandos de salteadores armados, que em breve iriam iniciar o saque e a destruição.

“O terror foi enorme, embora não pudesse ser mais tolo e irrefletido. Os habitantes dos campos buscavam refúgio nas cidades e, inversamente, os das cidades fugiam para os campos. Além disso, estas turbas, tangidas pelo medo, invadiam os quartéis e tomavam as armas que encontravam, a fim de se defenderem contra os bandidos.

Uma comoção coletiva acelera o curso da Revolução Francesa

“É fácil de serem calculadas as consequências desta tremenda comoção coletiva para o prosseguimento da Revolução. Em primeiro lugar, a desordem social e a perturbação dos espíritos, que forneciam campo fecundo à atividade dos demagogos e arruaceiros; depois, o desarmamento das guarnições e, pelo contrário, o armamento do povo amotinado. Não poderia haver início mais auspicioso para uma revolução.

Por fim, o Prof. Plinio conclui: “Há uma circunstância de transcendental interesse: a França de 1789 contava com escassos meios de comunicação. Como foi possível o alastramento geral e simultâneo de um boato tão inverosímil?”  https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG_401020_grande_peur.htm#.XjDxKGhKguU

No Século XXI, nas Tubas da Publicidade, o slogan eco-terrorista do aquecimento global

A “grande peur” de nossos dias é o aquecimento global.

Nosso site tem publicado a opinião de abalizados cientistas, destruindo com sólidos argumentos, o slogan eco-terrorista do aquecimento global. Assista ao vídeo https://ipco.org.br/em-roma-cientista-do-brasil-quebra-os-mitos-ecologicos-do-sinodo-da-amazonia-prof-dr-molion/

ONU é posta à prova: 500 cientistas pedem debate de alto nível sobre aquecimento global

A tática da Revolução Gnóstica e Igualitária é velha de centenas de anos. A estratégia de criar pânicos acelera os desígnios do neo-marxismo incubado na nova roupagem do eco-terrorismo.

E, note-se, esse importante pormenor: a campanha eco-terrorista só ataca o Ocidente. A China, maior poluidora da Terra, — mais do que EUA+Ìndia+Rússia+Brasil juntos — nunca é mencionada ou atacada.

Quem fala contra  a China, o maior poluidor do Planeta?

Emissão de CO2 em megatoneladas — 1998 a 2018 —  Fonte: Global Carbon Atlas
China —————————– 10.065
EUA ——————————    5.416
Índia ——————————    2.654
Rússia —————————    1.711
Japão —————————-    1.162
————————————————
Brasil ——————————–  457

* * *

Os números falam por si. A China sozinha emite mais CO2 do que EUA+India+Rússia+Brasil juntos.

A China emite quase 25 vezes mais CO2 do que o Brasil.

E ainda tem ONGs, ambientalistas, eco alarmistas gritando contra o Brasil.

Eles se esqueceram da China? Ou será que Xi Jinping é intocável?

Paralisar o Ocidente e enriquecer a China?

Não julgamos aqui as intenções; mas a prática mostra que o trabalho de tantas ONGs ambientalistas, Greenpeace e (financiadores e mentores de) Greta debilitam o Ocidente e fortalecem a China. https://ipco.org.br/que-fazem-ongs-greenpaece-e-greta-contra-o-maior-poluidor-a-china/

É muito simples: denunciem a China como o maior poluidor da Terra!

Observou o leitor que, na foto acima, é o Continente Americano que  está em chamas? Mais um indício de que o terrorismo eco-ambiental visa criar pânico nas Américas! A China é poupada.

Deixe uma resposta