Todos se lembram do conto em que dois falsos alfaiates prometem a um rei vaidoso um belíssimo e precioso traje real, mas que apenas pessoas inteligentes e astutas poderiam vê-lo, por se tratar de uma roupa “invisível” para os simples mortais. Sua Majestade poderia assim saber quem em seu reino era digno das funções que exercia. O rei logo mandou confeccionar e encheu os impostores de riquezas. A notícia correu por todo reino… e todo que não visse o traje estaria demonstrando que não era digno do cargo que ocupava.

Mas os dias dos falsários estavam contados. Na ocasião anunciada o rei estrearia o traje “invisível” em um desfile diante de todo seu reino. Quando o dia chegou e o rei saiu às ruas, a multidão gritava ao avistá-lo “com” o traje: ‘Que lindas vestes!’, ‘Que cores magníficas!’, ‘Deslumbrante!’. Todavia, ninguém tinha coragem de dizer a verdade da nudez do rei, para não passar por tolo, até que uma criança entre a multidão, em sua singeleza e inocência, achou aquilo estranho e gritou atônita: “Coitado!!! O rei está nu!!” A população, convencida pela coragem e candura daquela criança enfim gritou: “O Rei está nu!…” O Cortejo continuou… e o rei percebeu que foi enganado pelos falsos alfaiates e pela sua vaidade descomedida. Prometeu então a si e aos seus súditos de não ser mais vaidoso.

***

Pois bem, caro leitor. Assim como os falsos alfaiates por uma guerra psicológica conseguiram convencer o rei de ter vestido um traje verdadeiro, e a população de estar vendo tal traje, assim também o ativismo homossexual faz uma guerra psicológica, convencendo pessoas que têm tendência homossexual a vestirem uma “camisa de força”, como se sua tendência não pudesse ser curada ou ao menos neutralizada. A medicina terapêutica vem mostrando o contrário e com resultados formidáveis.

Para o movimento homossexual estes resultados são devastadores, pois não há mais fundamento para se alegar que a homossexualidade é genética, dominante e irreversível. Por isso o lobby homossexual é tão furioso com quem diga ao contrário.

Um exemplo deste antagonismo foi a represália feita na Espanha por este lobby contra a livre circulação da tradução do livro intitulado: “Comprender y sanar la homosexualidad” (“Compreender e curar a homossexualidade”, em tradução literal), de autoria do psicoterapeuta norte-americano Richard Cohen. A obra foi retirada de uma grande cadeia de livraria virtual mediante um protesto via e-mails. Assim relata o portal Globo, em 27/12/2011.

Cohen como psicoterapeuta afirma de ter curado, durante os últimos quinze anos, a milhares de homens e mulheres que sentiam atração por pessoas do mesmo sexo. A razão de escrever este livro foi a ‘sua própria experiência pessoal, já que garante que, após ser homossexual “durante décadas”, voltou a ser heterossexual’.

Em uma entrevista no site da editora Libros Livres, Richard Cohen demonstra os seus verdadeiros motivos para deixar a homossexualidade: ‘Se estamos decididos, contamos com o amor de Deus e o apoio de outras pessoas, a cura é possível’.

Para a Federação Andaluza de Associações LGTB, a retirada mesmo que restrita do livro é uma ‘vitória do ativismo’. Contudo, ressalta que um grande perigo deste livro é que ele provoca ‘não só a desinformação radical sobre a própria classe LGTB, mas uma clara ameaça para os jovens homossexuais e transexuais e suas famílias baseada nos tão condenados e temidos tratamentos reparadores’.

Por aí vemos com que tipo de camisa de força tal lobby homossexual veste as pessoas com tendência ao homossexualismo, principalmente os jovens! Uma vez entrando neste vício, quão difícil é sair dele…

O que nos resta é que apareça no horizonte brasileiro pessoas que desmascarem esse lobby, assim como aquela criança o fez, gritando: ‘Não se nasce homossexual!’ Opa! Desculpe, quis dizer: ‘O Rei está nu!’…

 

7 COMENTÁRIOS

  1. Isto so me faz pensar na piada contada em Portugal: Dois amigos conversavam enquanto um lia o jrnal e via as resoluções, novas leis em Portugal permitindo o famigerado “casamento” gay.
    Ao ler isto ele se despede do amigo e diz que vai embora do país e irá residir no Irã ao que o amigo lhe pergunta se havia enlouquecido lendo aquele jornal para tomar tal decisão de ir morar no país islamico onde nem se pode beber um vinho e ele prontamente responde que leu tal noticia e que vai embora antes que façam nova lei obrigando que casamento seja entre pesoas do mesmo sexo.
    Ora, deste modo so nos resta resistirmos de forma mais organizada que esses endemoinhados ou cruzarmos os braços esperando pelo Arrebatamento.
    Acho melhor iniciarmos a nossa Cruzada Pro Familia, já!
    Imagino que se cruzarmos os braços, pode ser forma de pecado e iros para o fogo.
    Acho que poderiamos criar um simbolo e coloca-lo nas portas das casas em que não aceitamos isso, do mesmo modo que as portas foram marcadas com sangue para que o anjo da morte não visitasse o povo de Deus.
    Vamos lá?

     
  2. Concordo com Lauro Coelho.E enfatizo: além dos caminhos naturais de cura,basicamente psicoterápicos,scocioterápicos e pedagógicos, existe, como em tudo,o papel da Graça, que não precisa ser maior do que aquela Graça geral, decorrente do fato de Deus ser Amor,podendo-se fazer a hipótese filosófico/teológica de que Deus possa,digamos, “adicionar”alguma Graça específica,nos casos em que Ele julgue conveniente como,por exemplo,para reforçar o fluxo de Liberdade Santa, Ele foi a origem necessária,suficiente e providente da cura do Dr.Cohen.

     
  3. Sou psiquiatra,faço psicoterapia de base Junguiana/cibernética ( cibernética aí como teoria geral da regulagem dos sistemas, sem o significado popular de uso de aparelhos eletrônicos) e sei,pela prática,que se pode curar anomalias homossexuais( e outras,como necrofilia,etc) em homens e mulheres.
    O homossexualismo é desregulagem( doença: todas desregulagem num sistema BIOLÓGICO autorregulável é uma doença), de base softwariana( não tem base orgânica determinante ou regente),descrito na classificação internacional de doenças mentais,o DSM-IV, como transtorno de identificação de gênero,sendo uma espécie de vírus informático,como outras doenças mentais, e produzindo alteraçòes na conduta normal, isto é,naquela conduta que se baseia na norma genética,nos pacotes de programas inatos chamados arquétipos. Não entendo porque grandes e honestos grupos libertadores,quase todos de inspiração religiosa,o que é bom, não insistem na grande articulação internacional de estimular o homossexualismo como instrumento para o controle mundial de rercursos estratégicos,eleições,finanças, etc, diminuindo a população mundial( juntamente com o estímulo ao aborto provocado),reforçando o “espírito de massa”( transformando povos,que são entidades organizadas, em massas, que são ajuntamentos de pessoas sem norte nem estrutura,facilmente manipuláveis). O homossexualismo é curável( às vezes, facilmente), é controlável pela vontade,quando o viciado não tem condições de pagar tratamento mas tem desejo de ser normal,alegre,livrre, ao igual que outros vícios como alcoolismo e, não houvesse a orquestração internacional através da mídia,opressões várias,”estrondos publicitários”, etc, não seria o aparentemente grande problema que é hoje.Por que as dignas associações religiosas,principalmente católicas,não falam e repetem sobre o Grupo de Bildeberg, o Skull and Bones, a Fundação Ford, o sionismo,etc, que são conhecidos grupos internacionais coordenando a glamurizaçào do homossexualismo e o encurralamento dos lúcidos e livres?

     
  4. Obrigado SENHOR, por ter agido na vida do Marcio de Sousa Coutinho, e pelas tuas graças ele ter nos mostrado o relato acima. Continue derramando muitas graças em todo o pessoal do Instituto, que eles nos mostre através de notícias, a verdade que reje o mundo que é JESUS.Aproveito para pedir a intercessão da nossa mãe MARIA, que ela esteja com toda a equipa do instituto, apresente ao seu filho JESUS as súplicas, e peça a proteção dos anjos, pois vocês são e serão muito atacados, correndo inclusive risco de morte. Rezo sempre por todos vocês. Que DEUS sempre os abençõe. Matéria muito boa e inteligente, inclusive a manifestação da verdade através de uma criança, como um dia foi também com o menino DEUS.Termino aqui pedindo que DEUS toque nos corações das pessoas que seguem o caminho que não levam a DEUS.

     
  5. A cada dia que passa minha preocupação é maior quanto a essa invasão de privacidade psicológica,o que estão tentando mostrar aos jovens e crianças é totalmente absurda!!!
    Querido DEUS…Pela tua ressurreição,pela ”TUA vitória sobre a morte,eu te peço,tem misericórdia de todos (as ) envolvidos nesta luta que não dignifica nem exalta a ”TUA” grandeza,a ”TUA”vitória!!! Perdoa e converte os corações doentes por essa preferencia que bem sabemos não é sadia. Amo tanto a cada um deles,gostaria de fazer mais para acorda-los,para mostrar a eles que estão errados,mas parece Senhor que eles não querem ver,perdoa-me se as vezes sou omissa e não consigo mostrar a eles que estão longe do caminho da salvação,amém!!!!

     
  6. Não se nasce homossexual como não se nasce ladrão ou mentiroso. Pessoas podem ter tendência para cair em qualquer vício, porém, combatendo-o com o auxílio da graça alcança-se a vitória sobre ele. A vuda é uma luta contínua contra as más tendências.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here