Foi-se o tempo do laicismo e do positivismo imperante no século XIX e algum tanto do século XX. Naquele malfado tempo a separação Igreja-Estado era considerada uma “conquista” do positivismo que impregnou nossa vida pública desde a Ia. República.

Não é nosso objetivo tratar aqui da união Igreja-Estado. Muitos olhos se abriram na opinião pública quando a Teologia da Libertação introduziu o marxismo na Religião ou tentou “batizar” o marxismo.

E, note-se, a reação conservadora que derrubou o PT, também ela vai percebendo que os Valores Morais, a Lei Natural são o fundamento do novo Brasil. Os laicistas ficarão à margem do caminho.

Ex frei Boff e Lula afirmam a união entre TL e PT

Livro sobre a CEBs publicado pela TFP em 1982

“Em recente video conferência transmitida pela internet, o ex-presidente brasileiro Luis Inácio Lula da Silva garantiu ao “ecoteólogo” e ex-padre Leonardo Boff que seu grupo político pró-aborto, o Partido dos Trabalhadores (PT) “não existiria” sem a controversa teologia da libertação.”

É o caso de acrescentar que Lula fala a verdade, é um fato histórico.

“O encontro entre Boff, cujo trabalho foi condenado pela Santa Sé na década de 1980, e Lula da Silva, cujo partido apóia institucionalmente a causa do feminismo e do aborto, foi realizado no dia 1º de julho e está disponível no YouTube.
Durante o diálogo, Boff lembrou que quando ainda era padre, Lula da Silva ocasionalmente “dava homilias”.
O agora “ecologista” disse que o ex-presidente do Brasil, sobre o qual ainda pesa uma sentença de 17 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, é um “líder político e religioso“.
Por sua parte, Lula da Silva garantiu que “o PT não existiria se não fosse pela teologia da libertação”.
O PT não existiria como existe se não fosse pelas comunidades eclesiais de base. Eu, que viajei pelo Brasil para construir esse partido, conheço o valor de um padre progressista “, afirmou o político brasileiro, acrescentando que “as comunidades eclesiais de base (CEBs) não aderiram ao PT, as CEBs fundaram as células do PT “.

O livro CEBs difundido pela TFP, em 1982

As declarações do ex frei Boff e Lula da Silva dão atualidade ao livro difundido pela TFP, em 1982 “As CEBs … Das quais muito se fala, Pouco de conhece – A TFP as descreve como são”.

 

 

 

“Lula da Silva também garantiu que seu relacionamento com Leonardo Boff e membros do episcopado brasileiro nas décadas de 1970 e 1980 era importante para a gênese de seu partido (PT).

“Foi o relacionamento com vocês e com outros ‘companheiros da Igreja’, como sacerdotes … Foi o relacionamento que tive com Dom Claudio Hummes (Presidente da REPAM, rede eclesial pan amazônica), Dom Angélico, que tive com os bispos do Acre, de Rondônia, Dom Evaristo Arns, Dom Luciano Mendes e milhares de movimentos sociais que me fizeram quem eu sou ”, afirmou o ex-presidente condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.”

***

TFP divulga o livro CEBs no centro, São Paulo – 1982

Quão acertada foi a campanha da TFP contra o progressismo e a Teologia da Libertação. Os dados estão disponíveis no site pliniocorreadeoliveira.info

Transcrevemos um trecho da Introdução do Livro sobre as CEBs.

“Uma corrente teológica dita ”da libertação”, explicitada pelos teólogos Gustavo Gutiérrez e Hugo Assmann e impulsionada pela Conferência do Episcopado Latino-americano de Medellin, em 1968, se expandiu largamente em círculos teológicos de todo o mundo.

Ela procura fundamento na Sagrada Escritura para erros veiculados por duas correntes doutrinárias distintas, mas intimamente conjugadas entre si: uma constituída pelo progressismo  no campo da Teologia, da Filosofia e da Moral, com os consequentes reflexos entre os estudiosos do Direito Canônico, da História Eclesiástica etc.

“E a outra pelo esquerdismo no campo da sociologia católica, também com reflexos consequentes nos estudos de Economia e de Política promovidos sob a influência católica, bem como na vida, no pensamento e na ação das correntes políticas denominadas democratas-cristãs , socialistas cristãs , socialistas católicas , etc.”  https://www.pliniocorreadeoliveira.info/1982_CEBs_o_que_sao_LIVRO.htm

A História deu razão à denúncia feita pelo Prof. Plinio, Sr Gustavo Solimeo e Sr Luis Solimeo no livro sobre a CEBs.

Fonte: https://www.aciprensa.com/noticias/lula-da-silva-dice-que-su-partido-pro-aborto-no-existiria-sin-la-teologia-de-la-liberacion-64988?utm_campaign

Deixe uma resposta