Perfeição moral dos homens e povos

0

Os indivíduos e os povos podem se regenerar. Não há abismo do qual cada homem ou cada povo não possa sair e se santificar. A correspondência à graça de Deus fará a grandeza de nosso Brasil. Vejamos o ensinamento do Prof. Plinio, publicado no Legionário:

“Todos os homens foram criados por Deus para a salvação eterna, e todos eles são capazes de corresponder à graça de Deus e adquirir as virtudes pelas quais se chega à salvação eterna. Pretender que haja algum homem necessária e irremediavelmente mau, e como tal incapaz de adquirir virtudes e salvar-se é heresia. Pelo mesmo motivo, é heresia pretender que haja algum povo perpétua e necessariamente mau, incapaz de virtudes, e incapaz de se salvar.

A fisinomia moral dos homens e dos povos

“Todos os homens, como todos os povos, depois do pecado original, possuem um conjunto de virtudes e defeitos que caracterizam sua fisionomia moral. A todos eles – homens e povos – cabe a tarefa de retificar e aprimorar sua fisionomia moral, prejudicada em conseqüência dos efeitos do pecado original e dos pecados atuais. Todos têm livre arbítrio para isso, e a todos visita Deus por sua graça.

“Aplicados estas verdades mais especialmente aos povos, podemos dizer que geralmente, nas nações numerosas, por mais que o povo seja virtuoso, existe sempre uma minoria que se degrada e dá largas em si aos piores defeitos nacionais. Ao mesmo tempo, nas nações mesmo as mais degradadas existem freqüentemente algumas pessoas que pairam acima da corrupção geral, e conservam vivas em si as virtudes mais características da nação.

“Esta última verdade é praticamente tangível nas nações católicas, ou nas nações em que há católicos. A Igreja é santa e engendra almas santas em todas as partes da terra, em todas as épocas da história, e isto ainda mesmo nas nações ou nos séculos de maior decadência. Assim, a Igreja produz muitas vezes seus maiores santos precisamente nas épocas de maior corrupção. E como a “graça não destrói a natureza, mas a eleva e santifica”, é comum que a ação do Espírito Santo encontre na alma dos santos virtudes naturais características do povo a que pertencem. E, na ascensão espiritual dessa alma, a graça de Deus conserva e sobrenaturaliza, estimula, eleva à perfeição estas virtudes.” https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG%20450506_OCREPUSCULODOSJUNKERS.htm

Deixe uma resposta