Presidente Bolsonaro cita livro do Príncipe D. Bertrand, ‘Psicose Ambientalista’ no G20

No dia 26, a chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou no Parlamento alemão:

“Assim como vocês, vejo com grande preocupação a questão das ações do presidente brasileiro (em relação ao desmatamento) e, se ele se apresentar, aproveitarei a oportunidade no G20 para ter uma discussão clara com ele”. “Percebo como dramático o que está acontecendo no Brasil” – concluiu a chanceler, possivelmente iludida por ONGs ambientalistas que atuam no país.

No dia 28, em conferência de imprensa, o Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse ter tido uma conversa com a Chanceler Merkel.

Veja o vídeo acima

Capa do livro Psicose Ambientalista citado pelo Presidente Jair Bolsonaro

“Conversei com ela, foi uma conversa tranquila. Em alguns momentos, ela arregalava os olhos. Mas de maneira bastante cordial mostramos que o Brasil mudou o governo, e é um país que vai ser respeitado. Falei para ela também da questão da psicose ambientalista que existe para conosco”

No final da coletiva, um repórter perguntou o que era a psicose ambientalista que o Presidente se referiu. Ele respondeu:

“Cadê o livro, está aí? Tem o livro do Príncipe D. Bertrand de Orléans e Bragança.[Tem uma psicose ambientalista] aquele cara que acha que o meio-ambiente está acima de tudo. Nós temos como conviver com o meio-ambiente casado com o progresso e o desenvolvimento.”

Caso queira adquirir o Psicose Ambientalista acesse:

http://www.livrariapetrus.com.br/Produto.aspx?IdProduto=248&IdProdutoVersao=251

Deixe um comentário!