Informa o panampost: “22 de abril marca 150 anos desde o nascimento de Lênin, e a Rússia comemora este dia apesar do legado sangrento de Lênin (EFE).”

O Partido Comunista é proibido na Ucrânia, e na Polônia proibida a bandeira da foice e martelo, por causa dos massacres e fomes perpetrados em nome da ideologia comunista.

22 abril de 2020: homenagem a Lenine em Moscou

Continua: “Mas na Rússia de Vladimir Putin, bandeiras comunistas são hasteadas em homenagem ao 150º aniversário de Vladimir Ilyich Ulyanov, Lênin. Apesar do legado sangrento de Lênin, seu aniversário é comemorado em 22 de abril, enquanto Putin busca ressuscitar o líder bolchevique como um herói.

Um histórico na KGB e defesa de Cuba e Venezuela

“Não é um pequeno detalhe que Putin era um membro da KGB, a polícia política da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, e que ele também serviu como um membro da Stasi, a polícia secreta da Alemanha Oriental.

“Assim, sua cumplicidade com o socialismo vem acontecendo há décadas, e nas Américas, temos visto evidências claras de suas ligações com Cuba e Venezuela, tanto que os Estados Unidos afirmaram que “o verdadeiro apoio ao regime de Nicolás Maduro vem da Rússia”.

O objetivo de Marx: destronar Deus e destruir o capitalismo

“O próprio Marx disse o seguinte: “Meu objetivo na vida é destronar Deus e destruir o capitalismo.” Não é por acaso que a primeira lei da revolução bolchevique, liderada por Lênin, foi a redistribuição da terra”.

“Putin mostra tantas contradições em seu discurso quanto Lênin, a quem ele procura celebrar hoje como parte da ideologia que reivindica a glória do passado.”

Fonte: https://panampost.com/mamela-fiallo/2020/04/27/putin-russias-communist-lenin/?cn-reloaded=1

  •  * * *
  • Os Papas condenaram reiteradamente o socialismo e o comunismo como incompatíveis com a doutrina católica.
  • PIO IX (1846-1878):
    Papa Pio IX

    “Transtorno absoluto de toda a ordem humana”
    “… tampouco desconheceis, Veneráveis Irmãos, que os principais autores desta intriga tão abominável não se propõem outra coisa senão impelir os povos, agitados já por toda classe de ventos de perversidade, ao transtorno absoluto de toda a ordem humana das coisas, e entregá-los aos criminosos sistemas do novo socialismo e comunismo”[2].

    LEÃO XIII (1878-1903):

    “Monstro horrendo”
    “… o “comunismo”, o “socialismo”, o “nihilismo”, monstros horrendos que são a vergonha da sociedade e que ameaçam ser-lhe a morte”[3].

    “Ruína de todas as instituições”
    “… suprimi o temor de Deus e o respeito devido às suas leis; deixai cair em descrédito a autoridade dos príncipes; dai livre curso e incentivo à mania das revoluções; dai asas às paixões populares, quebrai todo freio, salvo o dos castigos, e pela força das coisas ireis ter a uma subversão universal e à ruína de todas as instituições: tal é, em verdade, o escopo provado, explícito, que demandam com seus esforços muitas associações comunistas e socialistas”[4].

    Seita destruidora da sociedade civil
    “… esta seita de homens que, debaixo de nomes diversos e quase bárbaros se chamam socialistas, comunistas ou nihilistas, e que, espalhados sobre toda a superfície da terra, e estreitamente ligados entre si por um pacto de iniqüidade, já não procuram um abrigo nas trevas dos conciliábulos secretos, mas caminham ousadamente à luz do dia, e se esforçam por levar a cabo o desígnio, que têm formado de há muito, de destruir os alicerces da sociedade civil. É a eles, certamente, que se referem as Sagradas Letras quando dizem: ‘Eles mancham a carne, desprezam o poder e blasfemam da majestade’ (Jud. 8)”[5]. https://ipco.org.br/os-papas-e-o-socialismo-lula-no-vaticano/

 

Deixe uma resposta