Sendero Luminoso, narcotráfico sofrem derrota no Peru

0

O grupo terrorista que sitiou o Peru até algumas décadas atrás ainda está vivo. O Sendero Luminoso intensificou suas operações desde a campanha presidencial, matando uma família de camponeses e depois lançando um sangrento alerta contra os eleitores de Keiko Fujimori, por ser filha do presidente que enfrentou esses criminosos, comenta Panampost.

Detendo um ataque

No primeiro fim de semana de novembro de 2021, a polícia conseguiu deter a tempo um ataque que este grupo pretendia cometer contra as forças de segurança. Segundo a imprensa peruana, a Diretoria de Combate ao Terrorismo (Dircote) da Polícia e membros do Exército deu um duro golpe no Sendero Luminoso.

Como de costume, as narcoguerrilhas da região também são militantes socialistas / comunistas. Em Vraem existem bolsões do Sendero Luminoso, aliados a máfias do narcotráfico nacionais e internacionais e que se identificam com o nome de Partido Comunista Militarizado do Peru (MPCP).

Entre o material apreendido, a polícia encontrou panfletos e propaganda terrorista. As autoridades esperam que esta apreensão impeça ataques futuros. Entre as armas apreendidas estavam duas pistolas de nove milímetros e centenas de munições para diversos fuzis, além de 148 bananas de dinamite e dezenas de granadas.

***

Narcotráfico, esquerdas, terroristas, guerrilhas andam juntos.

Apreendidas da guerrilha Sendero Luminoso

Faz pensar porque as esquerdas internacionais, ONGs, CIMI querem fossilizar a Amazônia: “Vraem é a abreviatura de Vale dos Rios Apurímac, Ene e Mantaro. Ele está localizado no centro do Peru. É também conhecido como o “vale da droga”. Estima-se que mais da metade da coca produzida no Peru é cultivada ali. El Vraem foi declarada uma “zona de emergência” pelo governo peruano.

Ressalta também a presença de nossas Forças Armadas na Amazônia para defesa de nossa soberania, nossas riquezas e prevenção contra focos de guerrilhas e narcotráfico.

Fonte: https://panampost.com/mamela-fiallo/2021/11/08/golpe-sendero-luminoso-amenaza-terrorista/

Deixe uma resposta