O MST faz verdadeiro terrorismo por todas as partes, mas o governo prefere não “criminalizá-lo”

Edson Carlos de Oliveira

De acordo com a Folha de S. Paulo (30/11), o governo brasileiro tem resistido à pressão da diplomacia americana para tipificar o terrorismo em sua legislação.

Segundo o GSI (Gabinete de Segurança Institucional), o governo tem um conceito diferente dos EUA sobre terrorismo. Para o presidente Lula, uma tipificação poderia enquadrar e criminalizar “movimentos sociais” como o MST.

O Brasil é visto como leniente no combate ao terror pelo governo americano, que se preocupa com a Tríplice Fronteira. O GSI informa que não há nada de “anormal” na região. Só nos resta saber se a constatação dessa “normalidade” tem presente o conceito americano ou petista de terrorismo, já que ambos são diferentes.