“29 de maio de 2020 (LifeSiteNews) – O presidente Donald Trump anunciou hoje que os EUA cortarão laços com a Organização Mundial da Saúde (OMS), que tem sofrido fortes críticas pela forma como lidou com o coronavírus e por ser fortemente influenciada pela China.

 China controla a OMS e paga apenas 40 milhões ao ano

“A China tem controle total sobre a Organização Mundial da Saúde, apesar de pagar apenas US $ 40 milhões por ano em comparação com o que os Estados Unidos estão pagando, que são aproximadamente US $ 450 milhões por ano”, disse Trump.

Trump também desafiou a China pela maneira como lidou com o problema com o coronavírus, informou a CNBC.

A China não tem transparência na origem e combate ao coronavirus

“O mundo precisa de respostas da China para o vírus. Nós devemos ter transparência. Por que a China afastou as pessoas infectadas de Wuhan para todas as outras partes da China? ” ele perguntou. “Não foi a Pequim”, acrescentou o presidente, “não foi a lugar algum, mas eles permitiram que viajassem livremente pelo mundo, incluindo a Europa e os Estados Unidos”.

Redirecionar os fundos (480 milhões) para outros setores de saúde

“Trump disse na sexta-feira que a OMS “falhou em fazer a necessária reforma necessária” e os EUA “encerrarão hoje nosso relacionamento com a Organização Mundial da Saúde e redirecionarão esses fundos para outras necessidades mundiais e merecedoras de saúde pública global urgentes””


Antes tarde do que nunca. A OMS promove também o aborto, favorece a China e nem sequer aceita Taiwan como observadora nas reuniões. Apesar de Taiwan ter tido eficácia 100%, modelo de combate ao coronavirus: de 23 milhões contam-se apenas 7 mortes. E sem a quarentena socialista de Doria, dos governadores-interventores petistas.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/breaking-trump-cuts-ties-with-world-health-organization-depriving-it-of-450m-annually?utm_source=OneSignal

Deixe uma resposta