Abby Johnson: desde a Planned Parenthood (pró aborto) ao Catolicismo pela missa tridentina.
“21 de julho de 2020 (LifeSiteNews) – Três semanas atrás, no Twitter, a guerreira pró-vida Abby Johnson revelou a seus seguidores que havia participado da Missa Latina Tradicional pela primeira vez. Desde então, os católicos nas redes sociais têm se perguntado o que levou Johnson a comparecer (a uma missa tradicional) em primeiro lugar … e o que ela achou disso.
Os males do progressismo: frustrações dos convertidos ao Catolicismo
Abby Johnson, que se tornou católica em 2013, me (*) “disse hoje que houve muitas “frustrações” na Igreja que a levaram a participar da Missa Latina.”
“Nos últimos dois anos, tem sido difícil. Houve momentos em que fiquei perturbada com as coisas que estou vendo na igreja (progressista). ”
“O liberalismo dentro da igreja, [as] diferentes nomeações do papa, até coisas que o papa disse que eu não entendi” me deixaram frustrada, disse ela.
“Eu acho que a agenda pró LGBT meio que penetrou na igreja” também.
Avalie o leitor os males do progressismo: uma denúncia há 60 anos!
As perplexidades dessa católica, convertida em 2003, com os desmandos e a revolução progressista, são fáceis de serem percebidos. Cada um de nós já presenciou — em particular aqui no Brasil — tomadas de posição da CNBB francamente pela esquerda, apoio declarado a Lula, as CEBs a favor da luta de classes.
No terreno espiritual as cerimônias litúrgicas desprovidas de sacralidade.
***
Cena de 1969 …

Em memorável edição (1969) a revista Catolicismo publicou longo e susbstancioso documentário sobre o Progressismo, suas doutrinas, sua meta. Transcrevemos um tópico:

“c . A vida sacramental também muda de conteúdo. Os Sacramentos têm um sentido simbólico meramente natural. A Eucaristia, por exemplo, é um ágape em que confraternizam irmãos em torno de uma mesma mesa. E por isto deve ser recebida como um alimento qualquer, no decurso de uma refeição comum. (comunhão na mão)
d . A condição sacerdotal não mais se deve considerar sagrada, já que a sacralidade morre com a morte de todas as alienações.”  https://www.pliniocorreadeoliveira.info/livros/IDOC%20e%20Grupos%20Prof%C3%A9ticos(3).pdf

Continua a notícia:
“Ela me disse que ela e o marido estavam se perguntando para onde iriam (por causa do progressismo). Anteriormente, ela pensava que os católicos de missa latinos eram “loucos … católicos esquisitos”.
(…) Então, um dia, Abby disse ao marido: “Você vai pensar que isso é loucura, mas eu realmente quero ir à missa latina amanhã”. Ele concordou e eles foram.
“Lembro-me de ficar sentada ali e realmente absorvendo tudo”, disse ela. “Foi uma experiência tão bonita … a música estava fora deste mundo!”
“Ela também disse que também ficou surpresa com outros aspectos da missa.
“No começo, quando me sentei lá … fiquei um pouco ofendida. Como: ‘Por que não faço parte disso?’
“E então pensei: ‘Bem, por que preciso fazer parte? Eu não tenho nada a ver com isso. Isso é entre o sacerdote e Deus. Deus não precisa que eu faça essas orações. ‘E ficou tão claro que Deus não precisa que eu faça parte da Consagração. ”
” … tudo era conduzido por padres. Não era um serviço liderado por leigos.
“Pela primeira vez em algum tempo … me sinto muito revigorada em minha fé”, ela exclamou durante a nossa conversa de hoje. “Estou animada para ir à missa! Eu não me sinto assim há muito tempo … Não parece mais uma tarefa (dever)! ”
Irreverências com a Eucaristia
“Johnson também disse que “há uma falta de reverência à Eucaristia” acontecendo na Igreja e que está fazendo com que as pessoas não acreditem na Verdadeira Presença. “É realmente uma forma de pensar protestante que se infiltrou na missa”, disse ela.
***
Convidamos nossos leitores a acessarem o histórico artigo sobre a infiltração progressista na Igreja. Ali está descrito o processo operado pelo Progressismo para desfigurar a Santa Igreja. Baixe o pdf gratuitamente. https://www.pliniocorreadeoliveira.info/livros/IDOC%20e%20Grupos%20Prof%C3%A9ticos(3).pdf
Continua a Revista Catolicismo, 1969: a) “É óbvio, antes de tudo, que a Igreja-Nova está toda posta na ordem natural. Sua missão salvífica, ela a exerce induzindo os fiéis a se engajarem, a se comprometerem na propulsão do bem-estar terreno.
b . A noção da Igreja como Sociedade distinta do Estado e soberana na esfera espiritual perde, pois, toda a sua razão de ser. A Igreja dessacralizada é, dentro da sociedade
temporal, um grupo privado como outro qualquer, cuja missão é de estar na vanguarda das forças que promovem a evolução da humanidade.” (idem);
O Sínodo da Amazônia foi um eloquente e terrível exemplo dessa “vanguarda das forças que promovem a evolução da humanidade”.
E a recente “bênção” do Vaticano à Nova Ordem Mundial, laica e socialista, que deverá suceder à pandemia do coronavírus …?  https://ipco.org.br/vaticano-batiza-nova-ordem-mundial-laica-e-socialista-global-reset/
(*) The John-Henry Westen Show
Fonte: https://www.lifesitenews.com/blogs/abby-johnson-explains-why-sheattends-latin-mass-and-receivescommunion-on-the-tongue?utm_source=featured&utm_campaign=standard

Deixe uma resposta