Em votação na Comissão de Finanças da Câmara Municipal de São Paulo, o texto do Plano Municipal de Educação foi aprovado sem as menções à nefasta e absurda “ideologia de gênero”!

Essa vitória só foi possível graças à atuação ordeira e pacífica, porém enérgica de diversas associações de católicos, entre as quais estava o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira!

Apesar desta derrota, os detratores da família querem de qualquer modo implantar essa absurda e ridícula ideologia em nossas escolas!

Em outras palavras, eles querem ensinar o seu filho – contra o próprio Deus, a experiência, a natureza, a razão, a ciência e agora, contra a Lei! – que ele não nasce homem ou mulher e deve escolher sua “identidade sexual”, ainda assim podendo mudar quando quiser!

Na votação compareceram diversas associações católicas que marcaram presença em defesa da família!

Ativistas “pró-gênero” também apareceram, mas muito poucos, se comparados à maioria católica e pró-familia! Era uma minoria que – sem argumentos e limitando-se a ofensas e palavras de ordem – tentou vencer no “grito”!

Confira como foi a votação!

Saiba como fazer sua parte!

Envie este artigo para seus amigos e familiares e nos ajude nesta luta em defesa da família! Quanto mais pessoas souberem do fato, mais dificilmente eles conseguirão aplicar este tipo de leis! A força deles está em agir na surdina!

Inscreva-se em nosso site e receba alertas sobre as datas e situação dos projetos em tramitação que visam destruir a família!

Em dois cliques, envie seu protesto contra a Ideologia de Gênero aos vereadores de São Paulo