Xerifes não atenderão mandatos (vacina) ditatoriais de Biden

0

Xerifes dizem que não cumprirão os mandatos “inconstitucionais” da vacina COVID de Biden. Ditatoriais, inconstitucionais, violadores da Lei Natural, acrescentamos.
‘Em 11 de setembro (atentado às Torres Gêmeas), enfrentamos o inimigo estrangeiro’, disse o xerife Bo Stallman do Texas. ‘Hoje temos um inimigo interno: o potencial de um governo tirânico e exagerado que ameaça violar os direitos constitucionais de nossos cidadãos.’

E os direitos humanos, liberdade … esquerda tira a máscara e impõe ditadura

Não, à coerção de Biden

(LifeSiteNews) – Os xerifes dos Estados Unidos estão se levantando contra os novos mandatos de vacina de Joe Biden para empresas privadas, jurando que não irão impor requisitos coercitivos de vacinação COVID em seus condados ou para suas forças de trabalho.

“Não vou forçar meus funcionários a serem vacinados”, declarou o xerife Jason Chennault, do condado de Cherokee, Oklahoma, na semana passada, de acordo com o Tahlequah Daily Press. “Não vou forçar o público a ser vacinado. Já me perguntaram isso várias vezes e minha resposta sempre foi não ao longo de toda a coisa. “

Chennault concordou com vários outros xerifes de Oklahoma que prometeram desafiar as ordens de vacinas da administração Biden nos últimos dias. “Estou chocado com algumas das táticas de ditador absoluto que estamos vendo em nosso governo federal e vários outros governos estaduais”, escreveu o xerife do condado de Logan, Damon Devereaux, em um comunicado à imprensa datado de 13 de setembro.

Apoiar e defender a Constituição

“Como policiais, nosso primeiro e principal dever, e o que todos juramos fazer, é apoiar e defender a Constituição dos Estados Unidos”, disse ele. “É nessa defesa e defesa da liberdade religiosa, que o Gabinete do Xerife do Condado de Logan NÃO TEM, E NÃO IRÁ determinar (imposição) a vacina COVID para qualquer um dos nossos funcionários enquanto eu for o Xerife.”

Declarações semelhantes contra os mandatos federais de vacinas foram relatadas em quase uma dúzia de estados. “Nenhum funcionário será obrigado a fazer qualquer intrusão em seu corpo sem seu consentimento total”, anunciou recentemente o xerife do Condado de Hamblen, Tennessee. “NÃO vou exigir que nossos funcionários recebam a vacinação contra sua vontade”, disse o xerife de Iowa Chad Sheehan, “fui eleito pelos cidadãos do condado de Woodbury para defender suas liberdades garantidas pela constituição dos Estados Unidos”.

Mandato de Vacina levanta um problema moral


Ainda segundo a notícia, “Os requisitos da vacina COVID-19 anunciados por Biden em 9 de setembro incluem mandatos estritos para todos os trabalhadores federais e contratados, bem como para trabalhadores de saúde cujos empregadores recebem financiamento através do Medicare ou Medicaid.”

Outra política ainda a ser formalizada imporia requisitos de vacinação ou teste para todas as empresas com mais de 100 funcionários. Essa regra, que deve ser implementada pelo Escritório de Administração de Segurança e Saúde do Departamento de Trabalho (OSHA), pode se aplicar a mais de 80 milhões de americanos e resultar em multas de quase US $ 14.000 por violação.

***

O Estado tem direito de impor uma vacinação compulsória? Os xerifes levantam a questão da violação da Constituição. E o moralistas não têm uma palavra a dizer?

Infelizmente, algumas poucas dioceses nos EUA e Canadá, estão impondo o passaporte sanitário para sacerdotes, diáconos e até voluntários. E a Santa Igreja, guardiã da Moral e Lei Natural não sairá em defesa do seu rebanho?

A propaganda midiática de que só a vacina salva carece de comprovação científica. Ou será que a “ciência” tem mão apenas para favorecer a ditadura sanitária?

Peçamos à Nossa Senhora Aparecida que essa ditadura vacina não entre no Brasil. A posição do governo federal é clara contra a imposição de vacina e passaporte sanitário. Gostaríamos que nossos Bispos também defendessem nosso direito inalienável de decidir nessa matéria.

Fonte: Sheriffs say they won’t enforce Biden’s ‘unconstitutional’ COVID vaccine mandates – LifeSite (lifesitenews.com)

Deixe uma resposta