Zumbi 3

Vejam as seguintes notícias.

1 — Cerca de 20 mil zumbis invadiram as ruas centrais de Santiago, no Chile, na 6ª edição da “Zombie Walk”, realizada anualmente na capital chilena. Os “mortos vivos” percorreram dois quilômetros da Alameda Bernardo O’Higgins, a principal avenida da capital (Portal UOL, 19-10-13).

2 — Os zumbis invadiram Buenos Aires. A tradicional reunião de fanáticos dos mortos vivos juntou mais de 30.000 pessoas na Capital Federal. Em Tucumán se realizará em 3 de novembro (La Gaceta, Argentina, 14-10-13).

3 — Zombie Walk ao redor do mundoZombie Walk é um evento realizado em várias cidades do mundo, no qual pessoas se disfarçam de zumbis e realizam uma caminhada por áreas urbanas  (Hoy, Paraguay, 24-10-13).

“Marchas dos zumbis” realizam-se pelo mundo todo.

O que significa isso? Vamos por partes.

*                                 *                                 *

É próprio da natureza humana ordenada tender para a perfeição. Mesmo que não se consiga alcançá-la na sua plenitude, deve-se sempre estar à procura da verdade, do bem e da beleza. Em escala social, uma magnífica realização histórica nos foi legada pela Idade Média. Basta olhar para as imponentes catedrais góticas, para a harmonia entre as classes diferentes, para a beleza do canto gregoriano. Foi a civilização cristã. Com as limitações, é claro, de tudo quanto é terreno, algo de celeste foi ali realizado, com a ajuda da graça divina. Daí os tão grandes elogios feitos à Idade Média pelo Papa Leão XIII.

Zumbi 2

Se, como diz Tertuliano, a imitação da pessoa sagrada de Nosso Senhor Jesus Cristo faz do indivíduo um alter-Cristo, também a busca ordenada da perfeição faz da sociedade um alter-Céu.

Pelo contrário, quando as pessoas não buscam a perfeição mas a si mesmas e aos prazeres fugazes, elas vão descambando, ainda que insensivelmente e por degraus, para as piores abominações, até chegar a formar uma anti-civilização, em que os parâmetros não sejam mais a verdade, o bem e o belo, mas sim a mentira, o mal e o horrendo.

Parafraseando Tertuliano poderíamos dizer que a imitação do demônio vai fazendo da pessoa um alter-demônio; e da sociedade, um alter-inferno.

É esta sociedade que as marchas dos zumbis buscam representar e, talvez, de algum modo iniciar. O pretexto para atrair os incautos é divertir-se e brincar, ceder à apetência de extravagância total, sem levar em conta que o homem se assemelha àquilo em que se compraz.

Figuras horrendas, monstruosas, repugnantes, em atitudes criminosas ou de demência, saídas não dos túmulos mas dos infernos. Um olho que cai da órbita e fica pendurado, uma boca inchada e apodrecida, uma criancinha servindo de alimento a um monstro e vai por aí afora.

Os organizadores fazem uma espécie de proselitismo, pois em algumas dessas marchas colocam à disposição de quem queria se tornar zumbi cabines de maquiagem para ganharem a aparência de recém saídos da tumba.

*                                 *                                 *

Como se chega a isso. Evidentemente, por etapas. Começa-se a ser indiferentes em relação ao belo; depois vem o rock, acompanhado de outros sons desvairados; o gosto de usar roupas rasgadas e amarrotadas, não por pobreza, mas por prazer; o sentir-se bem na sujeira; a imoralidade ostentada de modo despudorado e a conivência com atos contra a natureza; o modo degradado de apresentar-se em público; a linguagem habitualmente chula e imoral; habituar-se a comer baratas e outros bichos repugnantes.

Zumbi 1

Nessa linha, o mais recente de que tenhamos notícia é um restaurante nos Estados Unidos em que não só as cadeiras imitam vasos sanitários, mas os próprios pratos e travessas têm esse formato, ou então formatos de urinóis. Aí as pessoas comem! E ao que dizem, em Taiwan tais restaurantes são freqüentes.

Tudo isso não é indiferente, produz um reflexo profundo nas almas, fazendo-as adquirir traços semelhantes aos do pai da mentira. Já advertiu o Profeta Oséias (9,10): tornaram-se tão abomináveis como as coisas que amavam”.

Em meio a uma passeata de zumbis, se um demônio de verdade nela se infiltrasse, provavelmente nem seria notado, tal é a semelhança. Em outros termos, tais demonstrações de horror, tomadas como naturais e até engraçadas, preparam as almas para um convívio com Satanás.

Para onde está caminhando nossa civilização ex-cristã?

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 
COMPARTILHAR
Artigo anteriorUm fioretto inédito
Próximo artigoIII Peregrinação Nacional Tradicional ao Cristo Redentor
Gregorio Vivanco Lopes

Advogado, formado na Faculdade de Direito do Largo São Francisco. Autor dos livros “Pastoral da Terra e MST incendeiam o Brasil” e, em colaboração, “A Pretexto do Combate Á Globalização Renasce a Luta de Classes”.

10 COMENTÁRIOS

  1. O homem afastado de Deus. Ele procura imitar em tudo os demônios. E passa gostar das coisas mais horríveis do mundo. Um dia estes infelizes que promovem estes eventos tão satânicos. Vão encontrar com estes “bichos” que eles aqui na terra passaram a gostar. Caso eles não se convertam. Passarão repudiar eternamente a figura horrenda do demônio. Que lá no inferno, não existem brincadeiras maldosas com estas figuras satânicas. Eles odeiam mutualmente por toda eternidade. Nós devemos gostar do belo, elevado e sobrenatural. Aí, podemos descansar os nossos olhos na beleza das coisas criadas: O mar, as florestas, as montanhas… e sobretudo nas coisas sobrenaturais: Deus, Nossa Senhora, os santos, as virtudes…
    Joelson Ribeiro Ramos.

     
  2. Olha por mim essa onda de zumbis é infernal. Como podem achar bom algo tão horrível? Esses zumbis são a coisa mais horrível que já vi. Se é verdade que comem cérebros acho que vão morrer é de fome. Porque não vão encontrar muitos cérebros para comer.

     
  3. zumbis servem para demonstrar a incapacidade de ter pensamentos coerentes ou civilizados de certos indivíduos ou grupos populacionais.
    Quando o papa Bento XVI iniciou conta no Twitter, logo em seguida o deputado Jean Wyllys postou em seu próprio Twitter que o papa era homofóbico e nazista.
    Fiz, portanto, uma sátira do deputado em meu blog, uma historinha cômica em que ELE VIRA UM ZUMBI!

     
  4. Mais uma para o glossário de barbaridades que assistimos dia a dia portanto é necessário repensar e refletir que são realmente os humanos ? deste tipo e apreender a selecionar a escolher nosso caminho certo, o que eu conheço é DEUS.

     
  5. A frase; o mundo jaz no maligno tem tudo a ver com o mundo atual em que vivemos.O artigo está excelente e coloca de maneira clara uma realidade inegável;JESUS CRISTO ESTÁ VOLTANDO!!!!

     
  6. De fato, tenho chamado a atenção das pessoas do meu convívio para o crescente mau gosto na cultura e na arte, que vem sendo disseminado pela grande mídia.
    Um triste exemplo são os desenhos animados deformados e monstruosos disseminados tanto nas TVs abertas quanto nas TVs por assinatura.
    Cabe chamar a atenção para o aspectos deformado dos personagens, com clara intenção de deturpar o padrão estético das crianças.

     
  7. Artigo impressionante, só faltou acrescentar que nos filmes e seriados que tanto propagam estes “zumbis” eles sempre comem as pessoas que estão vivas caçando-as nas suas casas, diferente dos índios do brasil pagão que primeiro matavam os guerreiros da outra tribo para depois fazer o canibalismo e segundo Hans Staden apesar de repugnante os indios assavam a carne. Será só mais uma passeata inofensiva? Eu creio que não.

     
  8. OS ZUMBIS SÃO UMA DAS MÚLTIS FACES DE INOCULAÇÃO CONCLUÍDA DO SATANISMO!
    A verdade seria essa: os conspiracionistas das ideologias niilistas, como das global-socialistas, a cada dia insistem em provar suas teorias por meios ilícitos, e de certo modo fazendo uma antevisão, uma preparação das mentes para a chegada do novo líder mundial que trará a esperada “paz” a todos; enquanto isso, vai inflamando o povo com mentiras sob disfarce de verdade – acusando tudo que é anterior de obsoleto, discriminador e fechado para o moderno e outros sofismas enganadores.
    … nada há de novo debaixo do sol. Ecle 1,9.
    Assim, nesse mundo em que aparecem a cada hora um invento tecnológico e propagandas maciças de tudo quanto há, as mentes são bombardeadas a se alienarem em particular à fé cristã e se ajuntarem ao “novo”, às atuais gerações do moderno esquema propondo plena liberdade e autonomia às pessoas; só não avisam que cairão num regime servil muito pior; isso ficará para depois.
    E os múltis meios de eles dominarem justamente os mais eficazes são: descristianizando, alienando, massificando e tornando os seres desagregados da família para facilitarem serem escravizados sem dificuldades.
    Assim, os zumbis são os ex hippies em estado de putrefação mais avançado com que nos deparamos por aí; já caíram nas suas redes e estão automatizados para agirem sob controle, dentro das normas que querem toda a população mundial se o povo continuar prestigiando seus agentes: os comunistas, iguais ao escorpião na fábula em que o sapo o ajuda e depois é morto, por dele não mais necessitar.
    Genetica e constitucionalmente os comunistas são e agem assim!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome