Nova Ordem Mundial ou velheira dos anos 40?

Nosso site tem abordado os erros da Quarentena socialista de tantos de nossos governadores petistas ou do falso Centrão e a tentativa da Revolução (*) de implantar a chamada Nova Ordem Mundial. https://ipco.org.br/o-brasil-pos-coronavirus-organicidade-sim-quarentenas-socialistas-nao-iii/

E, como “um abismo atrai outro abismo”, as forças da Revolução pretendem se servir da pandemia para cavar novo precipício: a nova ordem mundial mais socialista, mais dirigista, mais ateia e igualitária.

Uma velheira que vem dos anos 40: a nova ordem mundial

O que a Revolução (*) tem de novo? Ele repete seus erros. Nos fins da Segunda Guerra já se esboçava a ideia de uma nova ordem mundial. Também ela, socialista, igualitária e anticristã.

Ernest Bevin, ministro socialista inglês, 1941

Publicou o Legionário em 1941: “Agora, na Inglaterra, o sr. Ernest Bevin, chefe socialista e ministro do trabalho, afirmou que os ingleses se devem preparar para uma “nova ordem mundial”, de caráter proletário e sem distinção de classes, devendo desaparecer, portanto, a tradicional organização social inglesa, o que é a mesma coisa que augurar a morte do “gentleman”.”

“Diante deste desregramento de espírito universal, que almeja destruir toda a estrutura viva da sociedade, para transformá-la em massa homogênea e plástica, que possa ser colocada, sem resistência, numa organização mecânica e inumana, governada, por um poder frio, implacável e diabólico…”  https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG_420208_UMREMEDIOQUEAGRAVARAOMAL.htm#.Xu6RUWhKhPY

Perguntamos: Em essência a Nova Ordem Mundial preconizada por Soros, Joe Biden e outros “astros” não repete os erros do Sr Bevin, ministro socialista inglês, em 1941? Restringir direitos individuais, fazer avançar o Estado sobre as liberdades individuais, tirania socialista. https://ipco.org.br/coronavirus-a-ponta-do-iceberg-joe-biden-soros-vem-a-ocasiao-para-esquerda/

A Ordem Internacional tem que se basear na Civitas Dei

Ainda o Prof. Plinio, 1942: “A ordem internacional (nova ordem mundial) tem de se basear necessariamente no amor do próximo. Enquanto os povos não se amarem, não souberem pôr um freio a suas ambições ilegítimas e suas vaidades nacionais, não haverá ordem internacional.”

“E como o amor do próximo não é uma dessas insípidas e vagas ficções […], mas uma realidade vivaz e profunda que brota do amor de Deus; como não é possível ter verdadeiro amor de Deus quem não ama a Nosso Senhor Jesus Cristo; e como não pode amar verdadeiramente a Nosso Senhor Jesus Cristo quem não está na Igreja Católica, enquanto a Igreja não for reconhecida como a base do edifício internacional, a alma das relações entre os povos e a guardiã de toda a moral, não poderá haver na esfera internacional, para os povos, paz verdadeira.

“Em outros termos, ou o mundo se converte e reproduz fielmente a visão agostiniana da Civitas Dei, em que cada povo leva o amor de Deus a ponto de renunciar a tudo quanto lese aos outros povos; ou, pelo contrário, o mundo será aquela cidade do demônio, em que todos levam o amor de si mesmos a ponto de se esquecer de Deus, calcar aos pés a moral, e fazer da violação dos direitos dos povos fracos a norma habitual de sua conduta.”  https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG_410316_nova_ordem.htm

***

Publica a FSP, 8 de abril de 2020, que num artigo no Wall Street Journal, o ex-secretário de Estado Henry Kissinger proclama, já no título, que “A pandemia do coronavírus vai mudar para sempre a ordem mundial”.
***
Posta a intenção da Revolução (*) de implantar a Nova Ordem Mundial (socialista, igualitária, ateia), servindo-se da ocasião criada pela pandemia do Coronavírus, pode-se perguntar se a Civitas Dei, de Santo Agostinho é a solução para as Nações ou uma Quimera?

Alegar princípios de ordem sobrenatural para estabelecer a Ordem Mundial?

Que relação tem tudo isso com a Reconstrução do Brasil?

Pretendemos mostrar, no próximo artigo, que a Reconstrução nacional e a organização mundial têm um fundamento racional, baseado na natureza humana e nas leis postas por Deus para o governo dos povos.

(*) Baixe o pdf gratuitamente https://pliniocorreadeoliveira.info/RCR01.pdf

 

Deixe uma resposta