Vai ficando cada vez mais claro que a industrialização político-ideológica da pandemia tem como meta “mudanças sociais anteriormente consideradas impossíveis”. O candidato presidencial Joe Biden (democrata) foi claro: aproveitar a ocasião para mudar a mentalidade.

Soros, o bilionário das causas de esquerda, confessa

“O bilionário de esquerda George Soros indicou que a pandemia de coronavírus abre o caminho para mudanças sociais anteriormente consideradas impossíveis, chamando-a de “a crise da minha vida”. Soros viveu a Segunda Guerra Mundial ainda jovem.” (1)

Featured ImageSoros é um financiador prolífico de causas de esquerda nos Estados Unidos e em todo o mundo, incluindo aborto, eutanásia, controle populacional, “casamento” do mesmo sexo, transgênero e muito mais.”

Também Joe Biden havia afirmado: O pânico midiático do coronavírus cria condições para a esquerda

Continua: “Acho que agora temos uma oportunidade de mudar significativamente a mentalidade do povo americano”, disse Biden – “coisas que eles não estavam prontos para fazer nem dois, três anos atrás”.
“O candidato presidencial democrata Joe Biden voltou a falar sobre a pandemia de coronavírus em relação à ação política sobre as mudanças climáticas, desta vez durante um evento de arrecadação de fundos em 23 de abril”.

Servir-se da pandemia para impulsionar a Revolução

“Edward-Isaac Dovere, que escreve para o The Atlantic, citou Biden dizendo: “O COVID está lançando uma luz brilhante sobre o racismo estrutural que atormenta nossas leis, nossas instituições e nossa cultura. E é um alerta, um alerta para ações contra as mudanças climáticas em geral e a justiça climática.”

Anteriormente, Biden havia identificado a recuperação necessária após a pandemia do COVID-19 como uma “oportunidade” de “mudar fundamentalmente a ciência relacionada ao aquecimento global”.

” … uma presidência de Biden levaria a mudanças de longo alcance no modo de vida americano. “Acho que agora temos uma oportunidade de mudar significativamente a mentalidade do povo americano”, disse Biden – “coisas que eles não estavam prontos para fazer nem dois, três anos atrás”.  https://ipco.org.br/joe-biden-confessa-usar-do-panico-coronavirus-para-impulsionar-a-revolucao/

Feitiço contra o feiticeiro: China no banco dos réus

O feitiço voltou-se contra o feiticeiro. A China julgando dar um golpe de mestre com a pandemia do coronavírus — oferecendo sua solução, seu método, seus produtos médicos defeituosos para o mundo — caiu no laço que ela mesma armou.

Por uma ajuda da Providência o Mundo Livre começa a despertar de uma paralisia que vem desde a trágica viagem de Nixon à China (1971) seguida de investimentos bilionários, know how ocidental e transferência de fábricas.

Quando Xi Jinping pretende enforcar o Ocidente surgem reações vigorosas no Japão, na Austrália, nos EUA. O Mundo Livre acordou, coloquemos agora o PCCh no banco dos réus.

***

A Revolução quer tirar um proveito da pandemia mudando a mentalidade do Ocidente. Enquanto isso a rejeição a Pequim cresce vigorosamente no Mundo Livre. Processos internacionais trilhionários movidos contra Pequim.

Hora providencial para o Brasil se afirmar como Nação católica, anticomunista, líder dos Valores Morais. Nossa Senhora Aparecida nos ajude nessa gloriosa missão.

(1) https://www.lifesitenews.com/news/george-soros-were-now-in-revolutionary-moment-that-allows-us-to-achieve-the-inconceivable

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta