O Dr. Antony Levatino testemunhou em uma audiência do Comitê Judiciário da Câmara sobre os procedimentos médicos da Planned Parenthood.

A Planned Parenthood – Maior rede de clínicas de aborto dos Estados Unidos – tem estado na mira depois que vários vídeos foram divulgados mostrando como essa grande indústria de abortos lucrava com a venda de tecido fetal a pesquisadores.

O Dr. Levatino deu este testemunho – como especialista no assunto- em 2015.

O aborto provocado — qualquer que seja o pretexto para perpetrá-lo — acarreta a morte cruel e injusta de um ser humano inocente, e por isso constitui grave violação da Lei de Deus.

Desde o século I, a Igreja afirmou a maldade moral de todo aborto provocado. Este ensinamento não mudou. Continua invariável. O aborto direto, quer dizer, querido como um fim ou como um meio, é gravemente contrário à lei moral: Não matarás o embrião por aborto e não farás perecer o recém-nascido.

Deus, senhor da vida, confiou aos homens o nobre encargo de preservar a vida, para ser exercido de maneira condigna ao homem.

Por isso a vida deve ser protegida com o máximo cuidado desde a concepção. O aborto e o infanticídio são crimes nefandos.

Vídeo originalmente publicado pela TFP Americana – Associação co-irmã do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira.

Deixe uma resposta