Carta Aberta aos Bispos da Igreja Católica no Canadá francês, pede Fé, formação tradicional (missa tridentina) e ensinamentos contra o niilismo que invadiu o Ocidente.

Na faixa de 18 a 44 anos (a mesma faixa que reage com muito vigor no Brasil) os signatários da Carta Aberta são universitários e profissionais liberais

O brado de angústia de uma geração que se sente vazia e sem Pastores

A Carta Aberta — não divulgada pela midia sensacionalista e de esquerda — mostra o brado angustiante de fieis católicos que se sentem desamparados por seus Bispos e agredidos pelo vazio da sociedade moderna.

“Todos os dias, estamos testemunhando os efeitos devastadores, sobre os nossos compatriotas, de uma sociedade voltada para o homem e não para Deus. Desde sua concepção até sua morte, o franco-canadense é medido na escala de sua utilidade para a sociedade de consumo, ao invés da do amor ardente a seu Criador divino. Nosso povo vive diariamente em uma cultura de morte que rouba-lhes o desejo de viver e do desejo de transmitir a vida. Nossos irmãos e nossos amigos nascem em famílias quebradas pelo divórcio. Eles crescem sem modelos masculinos”.

A falta de arquétipos na Igreja e na sociedade civil

A Carta Aberta dos jovens canadenses tem muitos méritos e aborda temas de atualidade. Abaixo o link para acessar seu conteúdo.

A crise na Igreja, que tomou seu impulso após o Concílio — “a fumaça de Satanás entrou no Templo de Deus”, afirmou Paulo VI — é, sem dúvida, a principal fonte desse vazio espiritual a que se referem os jovens católicos canadenses.

A Carta Aberta vai além, entra no campo  da sociedade civil: “nossos irmãos e irmãs (…) crescem sem modelos masculinos”.

Comenta o Prof. Plinio — precisamente há 50 anos (dezembro de 1969)–:

“Sem pretender fazer uma tabela de todas as carreiras-chave, quatro há que indiscutivelmente o são: o sacerdócio, as armas, a magistratura e o magistério. Em outros termos, um país que, nessas carreiras, tenha um pequeno contingente de homens exponenciais, está exposto a vegetar sem progresso autêntico nem verdadeira glória, nos períodos tranquilos; e a sucumbir nos períodos tormentosos.

Conclui: “Ora, não são de tranqüilidade os prognósticos para os dias de amanhã…” https://www.pliniocorreadeoliveira.info/FSP%2069-12-21%20Sacerdotes.htm

Têm, portanto, razão os jovens católicos canadenses: faltam-nos Pastores que nos transmitam a Fé, faltam-nos modelos (arquétipos) que nos indiquem o caminho. É um brado de angústia … pede um Sínodo, bem entendido, que não seja o Pan-Amazônico.


Aos jovens canadenses indico o site https://www.tfp.org/

Aos jovens brasileiros, que se levantaram contra a ditadura petista, que defendem os Valores Morais, que anelam por um guia, um arquétipo, um modelo de pensamento, cultura e ação, temos o mais completo acervo doutrinário, baseado em São Tomás e no ensinamento tradicional dos Papas, em https://www.pliniocorreadeoliveira.info

Inscreva-se, também, em nosso site http://ipco.org.br— participe de nossas campanhas, receba diariamente o boletim de notícias.


Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/catholic-young-men-ask-bishops-to-teach-traditional-faith-and-save-them-from-nihilism-despair

Por Julien Bertrand

Deixe uma resposta