As eleições acabaram. E agora?

    Mario Navarro da Costa

    O resultado das urnas mostrou um País dividido, indicando muitas lutas ideológicas pela frente.

    Isso significa que nossa responsabilidade aumentou. Devemos permanecer em alerta.

    Sim, pois as promessas jorram fácil das bocas dos candidatos antes das eleições. O cumprimento delas é uma outra questão…

    Portanto, quem vai controlar isso agora é você, eu, e aqueles que nós conseguirmos arregimentar para engrossar as fileiras alertas do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira.

    E a luta vai se dar em torno do PNDH-3.

    As eleições não cancelaram o Decreto assinado pelo Presidente Lula promulgando o PNDH-3.

    Vai ser lá que os políticos encontrarão desculpas para voltar a debater temas como:

    – o aborto, o “casamento” homossexual, as invasões de terra, a eliminação dos símbolos religiosos, a legalização da prostituição e todos os outros horrores que continuamente estamos denunciando.

    (Veja aqui como alertar o novo Congresso e mostrar que você está de olho neles).

    Vamos nos manter unidos e mobilizados, para acabar com essa história de que brasileiro tem memória política curta.

    Você é ciente da importância de estarmos de olhos e ouvidos bem abertos para tudo o que diz respeito à defesa das raízes cristãs de nossa Pátria.

    Por isso estaremos em Brasília logo que o novo Congresso iniciar seus trabalhos. E levaremos a eles todos os cartões amarelos que o povo brasileiro já assinou em nosso site.

    (Envie aqui um cartão amarelo de alerta contra o PNDH-3 aos Novos Políticos eleitos)

    Você sabia que muitos dos políticos eleitos já deram seu apoio para a liberação do “casamento” homossexual?

    De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, 154 deputados defendem o direito dos homossexuais (sic!).

    E a reportagem segue dizendo que essa bancada pode aumentar, porque os grupos homossexuais estão se articulando em busca de mais adeptos.

    É por essas e outras que precisamos nos fortalecer ainda mais em nossa luta!

    Não podemos deixar que uma minoria tenha mais voz que a maioria que representa o Brasil, a Terra de Santa Cruz.

    E você pode fazer sua parte de muitas formas:

    1) Enviando seu cartão de protesto contra o PNDH-3 ao novo congresso.

    2) Com um donativo que nos ajudará nesta jornada, já que precisamos de sua ajuda para existir de forma independente.

    3) Ou encaminhe este e-mail a todos os seus amigos e familiares e peça para eles ficarem alertas também.

    Não é hora de descansar. É hora de fazermos nossa parte!

    A responsabilidade de fiscalizar o que os políticos querem fazer do Brasil é nossa.

    _________________
    Mario Navarro da Costa é Diretor de Campanhas do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira