Chineses vacinados contraem a covid-19. Eficácia da vacina?

0

“Segundo relatos, centenas de trabalhadores chineses no exterior foram infectados com COVID-19, apesar de terem sido vacinados com vacinas fabricadas na China. Os especialistas estão dando o alarme ao questionar a eficácia das vacinas.

Chineses vacinados são contaminados em Angola

De acordo com uma matéria de 15 de dezembro na Radio Free Asia (RFA), pelo menos 16 funcionários chineses de uma grande empresa estatal estacionada na província de Lunda Norte, Angola, foram infectados com o vírus CCP. Um cidadão chinês, de sobrenome Gao, disse que todos receberam as vacinas desenvolvidas pela Sinopharm da China. Tomar a vacina era uma exigência para os cidadãos chineses que trabalhavam no exterior.

“A Sinopharm, também chamada de China National Pharmaceutical Group Co., é uma grande empresa farmacêutica diretamente subordinada à Comissão Estatal de Administração de Ativos (SASAC) do Conselho de Estado da China.

Chineses vacinados são contaminados na Sérvia

“O relatório também disse que cerca de 300 trabalhadores chineses da Tianjin Electric Power Construction Company foram diagnosticados com COVID-19 este mês em Pančevo, Sérvia. A maioria dos trabalhadores infectados recebeu vacinas da Sinopharm antes de deixar a China.”

A embaixada chinesa em Uganda divulgou um comunicado em seu site oficial em 5 de dezembro, confirmando que 47 trabalhadores chineses foram diagnosticados com o vírus. A embaixada não disse que recebeu vacinas chinesas, mas é política habitual que todos os trabalhadores chineses tomem as vacinas antes de irem para a África como medida de segurança devido a relatos ou rumores de epidemias locais.”

Especialistas levantam preocupações

“Dr. Sean Lin, ex Microbiologista do Exército dos EUA e ex-diretor de laboratório do ramo de doenças virais do Instituto de Pesquisa do Exército Walter Reed, disse ao Epoch Times que era muito arriscado para a China lançar suas vacinas inativadas prematuramente porque todas as vacinas que o país desenvolveu ainda estão em teste clínico.

“A Dra. Mei-Shang Ho, epidemiologista do Instituto de Ciências Biomédicas de Taiwan da Academia Sinica em Taipei, disse à publicação sobre os problemas das vacinas inativadas. Primeiro, é um processo arriscado cultivar vírus maiores com sucesso, disse ele. Em segundo lugar, o processo de inativação é complicado e pode causar a reprodução de vírus ativos deixados no corpo humano, causando maiores danos à saúde das pessoas. Uma das principais preocupações é como reduzir o impacto dos produtos químicos no corpo durante o processo de inativação.

“Dra. Ho fez parte da pesquisa de vacina contra SARS (síndrome respiratória aguda grave) de Taiwan em 2003 com vacinas de vírus inteiros inativados. No entanto, ela descobriu que os pacientes tiveram o Realce Dependente de Anticorpos (ADE) após serem vacinados, o que significa que as vacinas amplificaram a infecção ou desencadearam imunopatologia prejudicial. Ela disse que Taiwan nunca desenvolverá essas vacinas de vírus inteiros; nem vai usá-los.”

Fonte: https://www.theepochtimes.com/chinese-made-vaccines-under-scrutiny-as-hundreds-of-vaccinated-chinese-workers-get-infected-overseas_3622622.html

***

Não se compreende esse açodamento, essa precipitação no uso de vacinas. Por que não esperar uma comprovação científica? Onde estão aqueles combatentes contra a hidroxicloroquina cujo “grande argumento” era que a HCQ não tinha comprovação científica? Contradição ou má fé?

Também a vacina da Moderna, nos EUA

Featured Image

“WASHINGTON, DC, 21 de dezembro de 2020 (LifeSiteNews) – Documentos oficiais da Food and Drug Administration (FDA) registram que 13 pessoas morreram durante os testes da vacina Moderna, enquanto o FDA também emitiu um novo alerta sobre a paralisia de Bell como um efeito potencial da vacina.”

“Um documento informativo do patrocinador preparado para o Comitê Consultivo de Vacinas e Produtos Biológicos Relacionados (VRBPAC) registrou os vários resultados sobre os participantes do ensaio da vacina Moderna, listando os efeitos daqueles que receberam a vacina e aqueles que tomaram o placebo.”

“A evidência apresentada listou 13 mortes nos ensaios, com 6 mortes sendo pessoas que tomaram a vacina e 7 aquelas que receberam o placebo. Os resultados estavam corretos até 3 de dezembro.”

***

Mais uma vez: por que tanta pressa na vacinação? Será todo esse esforço, essa pressão internacional mais uma amostragem do que é o Great Reset? Nossa liberdade nos será tirada?

Como sugere o Ministério da Saúde vamos investir em tratamento precoce.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/13-people-died-during-modernas-covid-vaccine-trial

Deixe uma resposta