Muito oportuna e atual a posição adotada pelo Legionário, então presidido pelo Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, a respeito do combate às ideias e não ao caráter das pessoas.

Como observou nosso Site, fazer críticas a ideias, não se confunde com fake news!

Escrevia em 1937, o Prof. Plinio:

“Lembramos a nossos leitores que esta folha (Legionário) só faz a crítica dos homens e dos acontecimentos de nossa vida política sob o ponto de vista das idéias que eles professam. Atacamos erros. Não atacamos o caráter de ninguém.

“Exatamente por isto, nunca nos rebaixamos a refutar críticas feitas ao “Legionário” que visem não as idéias expendidas por este, mas a sinceridade e honorabilidade dos seus redatores.

“Como também não nos dignaremos de responder a críticas que se firmam em coisas que nunca dissemos.

“A mentira e a difamação são armas que desprezamos, ainda mesmo quando manejadas por algum “figurão”.”

Acrescentamos, fica portanto, bem definida nossa posição a respeito de fake news!

***

Quando fazemos críticas ao PCC estamos defendendo o povo chinês (portanto, a China) contra os agentes do regime maoista, ateu e totalitário. Isso não é xenofobia; defendemos a China autêntica — que desejamos ver fiel aos Santos Evangelhos, à Lei Natural, à Lei Divina — contra seus atuais verdugos. https://ipco.org.br/criticar-o-pcc-e-xenofobia-tambem-os-nazistas-afirmavam-ser-xenofobia-criticar-hitler/

Fonte: https://pliniocorreadeoliveira.info/LEG7_370829_7Dias.htm

Deixe uma resposta