Denunciado o silêncio do Vaticano sobre Maduro e Ortega

1

A Iniciativa Democrática da Espanha e das Américas (IDEA) — foro internacional não governamental integrado por 37 ex-chefes de Estado e de Governo — emitiu uma declaração sobre a Nicarágua e a Venezuela, considerando graves, sistemáticas e generalizadas as violações dos direitos humanos que sofrem os povos desses países: “Expressamos nossa preocupação pelo silêncio, pela zelosa prudência, ou pelo comportamento de atores fundamentais da opinião mundial, como o Estado do Vaticano, diante das atrocidades que acontecem na América Latina pela mão de governos abertamente ditatoriais”.

1 COMENTÁRIO

  1. Não é só silencio omisso… o que dizer então sobre a presença oficial de um legado ou representante do Vaticano no dia em que “Maduro foi reconduzido para se perpetuar no poder ditatorial”? Enquanto isso, os Bispos da Venezuela clamam, protestando contra a situação de destruição do povo venezuelano…

Deixe uma resposta