Expressão será mantida nas notas de real.

Há dias noticiamos que o Ministério Público Federal (MPF) apresentou um pedido de tutela antecipada para que a União e o Banco Central retirassem, no prazo de 120 dias, a expressão “Deus seja louvado” de todas as cédulas que fossem impressas a partir de então, alegando que a expressão viola os princípios da laicidade e da “liberdade religiosa”.

Em decisão titular da 7ª Vara Federal Cível em São Paulo, a juíza Diana Brunstein indeferiu o pedido, sentenciando que “a menção à expressão Deus nas cédulas monetárias não parece ser um direcionamento estatal na vida do indivíduo, que o obrigue a adotar ou não determinada crença”.

A magistrada assinalou, ainda, que a “alegação de afronta à liberdade religiosa não veio acompanhada de dados concretos, colhidos junto à sociedade”, já que nenhuma instituição laica ou religiosa não cristã manifestou indignação perante as inscrições da cédula.

Entendeu que não há qualquer risco de dano irreparável que justifique o pedido de antecipação de tutela proposto, haja vista que a frase “Deus seja louvado” encontra-se há quase três décadas impressas no papel moeda.

A decisão é a expressão de um profundo descontentamento que retirada da expressão “Deus seja louvado” suscitou em toda opinião pública nacional, em que a mentalidade cristã deitou raízes profundas que ainda teimam em sobreviver.

Que Nossa Senhora Aparecida, Rainha do Brasil, preserve os princípios católicos na alma do brasileiro, e os proteja do ataque da cristianofobia.

Fonte: Juíza mantém ‘Deus seja louvado’ nas cédulas de real http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,juiza-mantem-deus-seja-louvado-nas-cedulas-de-real,967605,0.htm

17 COMENTÁRIOS

  1. DEUS seja louvado!!!

    E que tudo se submeta ao Altíssimo, inclusive o dinheiro! O dinheiro, em si, não é um mal, porém é de todo conveniente a inscrição DEUS SEJA LOUVADO nas cédulas, exatamente para lembrar-nos que só DEUS é digno de adoração.

    E a Constituição foi EXPRESSAMENTE “promulgada SOB A PROTEÇÃO DE DEUS”!

    Ponto. Final.

  2. @HELIO FLORENCIO PINTO
    Hélio, devo entender que para você não importa que se colocassem na cédula ou em praça pública a inscrição saudando o demonio para você não tem importancia. A glória a Deus que devemos dar em tudo e por tudo não lhe importa? A manifestação pública é sim importante sem descuidar é claro a interior que cada indivíduo deve prestar a Deus.

  3. @Sergio Peffi
    O que não dá para entender é tendo Jesus querido vir ao mundo através de uma Virgem e ter obedecido a Ela durante trinta anos, deixa eu repetir, trinta anos e ter didicado aos demais homens só tres anos – tres anos – você se ache no direito de fazer o contrário. Quem é que é contra Jesus? Obedeça a Jesus obedecendo a Maria Mãe do Divino Salvador e Nossa.

  4. É incrível o que o camarada fica pensando, quando não tem nada para fazer.

    Parabéns Juíza!

    É um cara DESOCUPADO.

    Só não pensa em trabalhar…

  5. Entendemos que consequentemente DEUS PAI DE JESUS está em todos os lugares é unipresente ,e porque esta dIscriminação tirar ” DEUS SEJA LOUVADO ” ESTA EXPRESSÃO É DE LOUVOR PELO NOSSO TRABALHO, AJUDA AOS NECESSITADOS QUANDO ALCANÇAMOS ALGUNS REAIS A QUEM NOS PRESTA ALGUM TRABALHO COM O SUOR , CARIDADE, PAGAMENTO DE CONTAS MANTENDO NOSSA SAÚDE ALIMENTAÇÃO ,COMODIDADES , PARA VIVERMOS NESTA TERRA ABENÇOADA GRAÇAS A ELE QUE NOS MANTÉM FORTES E SAUDÁVEIS PARA USAR NOTAS COM SEU LOUVOR E GRAÇA DEVERIA ACRESCENTAR MAIS:”PARA LOUVOR GRAÇA E GLÓRIA DE DEUS AMÉM!”

  6. para todo o povo de fundamentos cristaos, este é um exemplo que devemos tomar. os dias de hoje não são para dormir, mas para estarmos vigilantes. isto não é só para o Brasil, mas para toda a sociedade ocidental. devemos louvar a e rogar a Deus para que em todas as lideranças de uma sociedade ponha e conserve lederes como esta juiz que sabe do que uma sociedade necessita. Sim toda a sociedade necessita de um só Deus absolutamente todo poderoso, e que tudo faz por todo aquele lhe pede, para que possa viver em paz e justiça. por tudo isso, seja ELE louvado

  7. Falo por mim e sob a luz do Espírito Santo. Se dependesse de mim a expressão sairia. Explico: Quantas gente não morrem por causa do maldito dinheiro, atrás vem a ganância, orgulho e tudo o mais que pertence ao mundo e ao diabo. DEUS é um nome sagrado que primeiramente ao meu ver não é qualquer um que tem o merecimento de pronuncia-lo, haja vista nossos pecados. O dinheiro foi inventado pelos homens como moeda de troca, permuta, escambo, etc…, e quase tudo que o homem inventa sempre é para sua própria perdição. Deveríamos sim ter essa frase em nossas casas, em nossas roupas tipo camiseta, para nunca esquecer que ele não só deve ser louvado como ADORADO.Se conseguissemos falar com DEUS, tenho certeza que ele pediria para tirar essa frase das notas, instrumento de perdição dos homens.

  8. Está escrito: “Com a mesma medida que medirdes sereis medidos”. Pois que a Lei se cumpra sobre a cabeça desse cidadão que, não procurando o que fazer, e recebendo alto salário para viver na ociosidade e querendo dar uma de Diocleciano apenas diverte-se perseguindo crentes e/ou cristãos; esse fantasma intruso esqueceu-se que estamos no século XXI, e que não demorará para que ele passe a comer do “fruto da sua boa”, porque “aquele que cava uma cova para o seu semelhante, nela cairá”. Profetizei !!

  9. Que a nobre Magistrada cumpriu apenas o seu dever de ofício porque tradição, o costume de um povo deve ser respeitado e isso está inserido na nossa Constituição; na cristandade.Não devemos deixar que o secularismo adentre no nosso País. A designação religiosa é um direito do cidadão.Ora, se a maioria da sociedade brasileira é cristã, não tem porque o MPF sob o argumento de laicismo propor medida judicial que atenta o povo.Eles
    deveriam sim propor medidas judiciais contra a corrupção que impera nos três níveis:Federal, }Estadual, Municipal. Para eles basta uma publicação no jornal para promoção da ação ( civil, penal) para que pare de sair da burra dinheiro destinados a ações sociais que são disviados diuturnamente, basta abrir os jornais, redes sociais,etc….Sugiro, ainda, que quando deparados com essa omissão, a sociedade pode pedir a inclusão do Parquet, por omissão,porque transcorridos 05 anos do conhecimento do fato, prescreve,podendo denunciar a lide por não cumprir o seu papel. Esta é a sugestão.É o entendimento,S.M.J.

  10. Esse pobre promotor deveria aprender a protestar contra a falta dessas cédulas nos lares paupérrimos desses brasis em fora e contra o excesso delas nas contas bancárias dos corruptos, que a imprensa vem denunciando, e que, para tristeza de todos nós brasileiros, inclui os altos escalões do judiciário. Não seria mais interessante ocupar-se com essa miséria moral, Doutor?

  11. Realmente a nobre juiza DIANA BRUNSTEIN, demonstrou a grandeza de sua sapiência ao negar provimento a uma petição anti-religiosa e porque não dizer eivada de um ateismo inaudito.A frase:DEUS SEJA LOUVADO, não especifica um nome de algum Deus em especial, mas sim pede o louvor ao Criador, mantenedor e protetor de todo o Universo.Os tempos atuais já não teem espaço para personalismos subjetivitas.Portanto repito:DEUS SEJA LOUVADO e que Ele tenha misericórdia destes ignaros que realizaram tal petição.

  12. Não dá para entender vocês católicos. Ficam irados porque o promotor publico quis tirar a expressão “Deus seja louvado” da nossa moeda, mas pedem e agradecem à Nossa (digo, vossa) Sra.Aparecida que preserve os principios católicos no Brasil? Não dá para entender. Se vocês creem em um Deus que por sí só não é poderoso para Ele mesmo conservar tais principios, e precisa de uma Nossa Senhora forjada pelas aguas do Rio Paraiba, então é melhor que se tire a expressão dita de nossa moeda. Pois os verdaedeiros cristãos acreeditam em um Deus todo poderoso que pode tudo e toidas as coisas não precisando da ajuda de uma santa criada pela igreja católica. Louvemos ao Sernhor sem intermediários, Ele não precisa disso, conforme nos ensinou o Seu Filho Jesus.

  13. VENCEMOS A CRISTIANOFOBIA neste PRIMEIRO MOMENTO. Mas temos que continuar nossa vigilância CRISTÃ PERMANENTEMENTE para que o demônio seja vencido e retirado de vez da nossa HUMANIDADE.
    DEUS SEJA LOUVADO para TODO SEMPRE.
    AMÉM.

  14. Devemos parabenizar a nobre juiza Diana Brunstein, pela decisão lucida norteada pela sensatez.
    Nos cidadãos deveriamos ingressar com ação contra o ministerio publico autor da demanda insana e exigir que o responsavel pela iniciativa ressarça o herário publico com recurso pessoal, para passar a valorizar o tempo e recursos utilizados que não lhe pertencem para utilização para fins de foro intimo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome