03 de julho

987: – Na França, Hugo Capeto é coroado rei, o primeiro da dinastia Capeto, que governará esse país até a Revolução Francesa.

1620: – É assinado o Tratado de Ulm entre os representantes da Liga Católica e da União Protestante. Por esse acordo, a União Protestante declara sua neutralidade, e abandona o apoio a Frederico V, do Palatinado.

1778: – O reino da Prússia declara guerra ao Sacro Império Romano Germânico.

A última fotografia feita de Napoleão III (1872).

1849: – Os franceses entram em Roma para restabelecer o papa Pio IX no poder, o que se torna o maior obstáculo à unificação italiana. É assim esmagada a República Romana maçônica, que depusera o Beato Pio IX.

1863: – Último dia da Batalha de Gettysburg, durante a guerra de Secessão americana, com a derrota dos sulistas.

1886: – Karl Benz patenteia oficialmente o Benz Patent Motorwagen, o primeiro automóvel auto-propulsionado.

1905: – Vota-se na França a lei da separação da Igreja e do Estado.

1919: – A Assembléia Nacional alemã elege o conjunto “negro-vermelho-ouro”, cores da revolução de 1848, como bandeira do Reich.

1927: – Na localidade de Cerro Chato, no Uruguai, em um plebiscito, sufragam as mulheres, pela primeira vez na América do Sul.

1962: – O presidente da França, Charles de Gaulle, reconhece oficialmente a Argélia como Estado independente, depois de oito anos de conflitos. Assim termina a Guerra de Independência do país.

1967: – O Prof. Plinio telegrafa ao embaixador soviético em Brasília, pedindo que a URSS abandone os países ocupados.

1969: – O foguete espacial soviético N1, o maior já construído, explode e destrói a plataforma de lançamento.

1979: – No aeroporto de Entebbe, cerca de Kampala, em Uganda, as Forças de Defesa de Israel realizam a Operação Entebbe, na qual matam quatro terroristas palestinos que mantinham 105 reféns israelenses, e os libertam.

1978: – É assinado em Brasília o Tratado de Cooperação Amazônica entre o Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guyana, Peru, Surinam e Venezuela.

1979: – Legalizada a maçonaria na Espanha por sentença do Tribunal Supremo.

1988: – A Armada americana derruba, por um erro, um Airbus civil iraniano, morrendo seus 290 passageiros.

2003: – O presidente Lula põe boné do subversivo Movimento dos Sem Terras, desencadeando a maior crise do PT até o momento

2005: – Entra em vigor na outrora catolicíssima Espanha, a legislação que permite o matrimônio entre pessoas do mesmo sexo.

2013: – No Cairo, as Forças Armadas derrubam o presidente Mohamed Morsi, depois de quatro dias de protestos populares. Adly Mansour, presidente da Corte Suprema, é declarado presidente.

2016: – Um atentado com carro bomba numa zona comercial de Bagdá, mata pelo menos 180 pessoas e fere 230.

Deixe um comentário!