Embaixador da UE defende hegemonia da China: renasce a 5a. coluna

0

A China comunista ganhou um novo aliado, ou melhor, um “quinta coluna” externou sua traição ao Ocidente em favor da hegemonia mundial do PCCh.

Churchill, que denunciou com tanto acerto a “5a. coluna” a favor do nazismo, deve estremecer em seu túmulo, ao ver o embaixador da UE ser um paladino do comunismo chinês. “Finis UE”!

Embaixador Jorge Toledo Albiñana quer China no comando mundial

Recordando a traição da 5a. Coluna

Em diversos artigos para o Legionário denunciava o Prof. Plinio a ação da 5a. coluna afirmando ser ela uma arma a favor de Hitler tão poderosa quanto a artilharia, a aviação, os tanques: “… a Noruega, a Dinamarca, a Bélgica e a França, uma por uma, ruíram muito mais sob a pressão tenebrosa da quinta coluna do que pela força armada do III Reich…”

Vejamos, a nova quinta coluna a serviço da China:

(LifeSiteNews) – Em uma entrevista chocante, o ex-embaixador da Espanha no Japão, Jorge Toledo Albiñana, — atual embaixador da UE na China — disse que a União Europeia quer uma “reunificação pacífica” entre China e Taiwan com o objetivo final de que a China “governe o mundo”.

Em entrevista publicada por La Vanguardia, replicada em vários periódicos, o embaixador mostrou-se ardoroso paladino da China comunista, afirmou que a UE “não defende a independência de Taiwan”.

Não param aqui as declarações de Jorge Toledo Albiñana; ele defende que é “essencial e necessário que a China governe o mundo”. Essas declarações e outras (até em nosso Brasil) nos fazem lembrar o triste e traiçoeiro papel da “quinta coluna“.

A China made in USA

A História, diz-se, é mestra da vida. Os erros e traições de tantos no Ocidente, em favor da Alemanha nazista, estão se repetindo nesse século XXI a favor da China comunista.

Para sermos bem exatos, a traição começou com as viagens de Nixon a Moscou e Pequim, em 1971. Em consequência, dólares, know how, investimentos ocidentais e asiáticos choveram sobre a China. A China do século XXI é ‘made in USA”.

Em 1972, a Declaração de Xangai foi comentada pelo Prof. Plinio na Folha: https://www.pliniocorreadeoliveira.info/FSP%2072-03-12%20Yalta.htm

***

D. Helder — outro quinta coluna a serviço de Pequim — pede que a China comunista seja admitida nas Nações Unidas.

Comenta o Prof. Plinio que “Isso constituiria uma imensa vitória diplomática para o regime de Pequim, e favoreceria largamente, por via de conseqüência, a expansão do prestígio comunista no Extremo Oriente, bem como ao longo de todas as fronteiras chinesas no coração da Ásia. Tanto mais quanto, em princípio, o ingresso da China comunista na ONU importaria na exclusão da China Nacionalista, cujo governo, sediado em Formosa, se reputa, a justo título, o representante legítimo do povo chinês naquele organismo internacional.” https://www.pliniocorreadeoliveira.info/1969_218_CAT_O_Arcebispo_vermelho.htm

***

Quinta coluna os há em tantos países. A OMS tornou-se uma agente a serviço de Pequim: nem sequer consegue identificar a origem do coronavírus … porque a China não quer.

Nos EUA, gravíssimas comprovações de cientistas e professores a serviço de Pequim.

No Brasil temos a bancada pró China, o acordo da Band com a midia chinesa.

E até o Vaticano se sente confortado em assinar um Acordo Provisório com Pequim (promete renová-lo pela segunda vez) do qual não se conhecem as cláusulas secretas mas cujo efeito todos sentem … e sobretudo os católicos e clérigos chineses sob a chibata do PCCh

***

A declaração do embaixador Albiñana causou alvoroço entre autoridades taiwanesas e outros políticos da UE, que condenaram fortemente a ideia de que o Partido Comunista Chinês (PCC), que nunca governou Taiwan, deveria assumir o controle da nação insular soberana.

Não basta indignação, é preciso que seja destituído …

Nossa Senhora Aparecida livre o Brasil do comunismo e dos agentes da quinta coluna a serviço de Pequim.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/european-union-ambassador-argues-its-essential-for-communist-china-to-rule-the-world/?utm_source=daily-2022-07-21&utm_medium=email

Deixe uma resposta