Em contraposição às provocações da China (PCCh), que reeinvidica ilhas controladas pelos nipônicos, os EUA e o Japão iniciaram a manobra militar “A Espada Afiada”, incluindo treinamento de guerra cibernética, conforme crescem as preocupações com a China.

Informa scmp.com: “O Japão e os Estados Unidos iniciaram na segunda-feira exercícios aéreos, marítimos e terrestres ao redor do Japão em uma demonstração de força em face do aumento da atividade militar chinesa na região.

“O exercício da Espada Afiada é o primeiro grande exercício desde que Yoshihide Suga se tornou o primeiro-ministro do Japão no mês passado, com a promessa de continuar o aumento militar destinado a combater a China, que reivindica ilhas controladas pelos japoneses no Mar da China Oriental.

“The Keen Sword, realizada a cada dois anos, envolve dezenas de navios de guerra, centenas de aeronaves e 46.000 soldados, marinheiros e fuzileiros navais do Japão e dos Estados Unidos. Em execução até 5 de novembro, incluirá treinamento de guerra cibernética e eletrônica pela primeira vez.”

***

“Se queres a paz, prepare-se para a guerra”. A resposta à palavra de ordem de Xi Jinping — preparar para a guerra – não se fez esperar. Vamos negociar a partir de uma posição de força.

Nosso Site já publicou o aval do presidente Trump à venda de mísseis para a defesa de Taiwan, também ela, cobiçada pelo PCCh: “O governo Trump disse em um comunicado na segunda-feira que notificou o Congresso que apóia a venda proposta de até 100 Harpoon Coastal Defense Systems construídos pela Boeing, que inclui 400 mísseis terrestres.”

A era do entreguismo otimista de Nixon, com suas viagens à China e à Rússia, já passou. Os comunistas chineses precisam entender que o Ocidente acordou: negociar a partir de uma posição de força.

Fonte: https://www.scmp.com/news/asia/east-asia/article/3107148/japan-us-begin-military-exercises-show-force-concerns-over

Deixe uma resposta