FARC, Nicarágua, Venezuela (versus) Ocidente: o roteiro da cocaína

0

Não há como separar esquerda, drogas, corrupção.

Informa Panampost: “El Salvador apreendeu 1,5 tonelada de cocaína da Nicarágua. A remessa pertenceria ao regime de Nicolás Maduro, segundo o Primeiro Relatório.”

“A remessa, avaliada em cerca de 38 milhões de dólares, confirma que sob o regime de Ortega, a Nicarágua se tornou um território onde a cocaína viaja livremente no seu caminho da América do Sul para os Estados Unidos”, diz o portal de notícias.

Segundo investigações de órgãos federais dos Estados Unidos, parte significativa do tráfico de cocaína do Cartel de los Soles e das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) viaja da Venezuela para a Nicarágua. De lá, parte para o México ou para os Estados Unidos.

Venezuela: o bunker das drogas

Craig Faller, chefe do Comando Sul dos Estados Unidos, afirma que “todos os cartéis latino-americanos têm uma conexão com o regime ilegítimo de Maduro”. Os Estados Unidos lançaram uma operação antinarcóticos no Mar do Caribe e no Oceano Pacífico, liderada por Faller, em abril, considerada a maior do Ocidente.

O almirante Faller indicou que Maduro é o elo direto com os cartéis e grupos criminosos na América Latina. Essas organizações ilícitas usam a Venezuela como plataforma para armazenar e mobilizar remessas de drogas.

A Venezuela é um ponto onde se acumula uma grande quantidade de cocaína e de onde se distribui para todos os países do mundo. Segundo o comissário Santos Bernal Uceda, chefe da Unidade de Cooperação do Corpo de Polícia Nacional vinculado à Comunidade de Madrid, Espanha, os carregamentos de drogas que chegam à Europa e aos Estados Unidos vão da Colômbia à Venezuela e ficam armazenados no delta do Orinoco:

Eles têm até alguns laboratórios de transformação e de lá estão sendo distribuídos para os Estados Unidos e México e Europa.

***

Maduro tem apoio da Rússia, China e proteção do Vaticano

Os protetores de Maduro são a Rússia, a China. Seus poderosos aliados na ONU, vetam no Conselho de Segurança as justas medidas contra o regime socialista de Maduro.

Nosso Site tem mostrado a íntima conexão Venezuela-Rússia-China-Irã.

O que chama a atenção é a posição do Vaticano. Recentemente, declarações do Papa Francisco, citavam a Venezuela como um país que deve resolver seus problemas (sua miséria, diríamos nós) sem intervenção estrangeira.

Mais uma contradição do Vaticano quando assume, face à Pandemia, o discurso de uma solução global para a crise da covid-19. Dois pesos e duas medidas … quando convém à política da esquerda.

***

A notícia de Panampost vem, mais uma vez, mostrar a clara relação entre FARC, esquerda, Maduro e narcotráfico. Será que a saúde no planeta não fica afetada com esse narcotráfico? Ou a Venezuela é intocável?

Fonte: https://panampost.com/sabrina-martin/2020/10/14/el-salvador-decomisa-cargamento-de-cocaina-vinculado-a-maduro-y-las-farc/

Deixe uma resposta